Novidade!

Operação contra pirataria digital faz buscas em 12 estados


Os alvos são 210 sites que transmitem filmes, séries e televisão de forma ilegal, além de 100 aplicativos de streaming ilegal de conteúdo. Três foram presos em SP.


Policiais civis do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic) em operação — Foto: Divulgação



A Polícia Civil realizou na manhã desta sexta-feira (1º) uma operação contra pirataria digital em 12 estados do país. A operação é coordenada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública. O objetivo era bloquear ou suspender 210 sites que transmitem filmes, séries e televisão de forma ilegal, além de 100 aplicativos de streaming ilegal de conteúdo. Três pessoas foram presas em flagrante em São Paulo.

A ação também quer impedir que esses conteúdos ilegais apareçam nos mecanismos de busca, como o Google, e quer remover perfis e páginas de redes sociais. A Polícia Federal tem a lista dos usuários dos serviços piratas.

A polícia cumpre 30 mandados de busca e apreensão nos estados do Amazonas, Bahia, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso, Minas Gerais, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Paraíba, Pernambuco, Santa Catarina e São Paulo.

A operação recebeu o nome de 404, que é a mensagem que a aparece no computador quando um site está fora do ar. Ela conta com o apoio da Ancine, do Conselho Nacional de Combate à Pirataria e Delitos contra a Propriedade Intelectual (CNCP), das associações proteção à propriedade intelectual no Brasil, Embaixada dos Estados Unidos no Brasil (Adidância da Polícia de Imigração e Alfândega em Brasília - US Immigration and Customs Enforcement-ICE) e do Departamento de Justiça dos Estados Unidos da América.
 
Números da pirataria
Os dez websites piratas com o maior volume de tráfego no Brasil receberam, no ano de 2018, 1,3 bilhão de visitas. Esses websites piratas receberam R$ 17 milhões em receitas publicitárias entre agosto de 2015 e agosto de 2016.

A estimativa é que existam cerca de 4,2 milhões de sinais piratas de TV no Brasil, e o prejuízo passa de R$ 9 bilhões ao ano.

São Paulo
No estado de São Paulo, policiais do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic) cumprem nove mandados de buscas e apreensão nos locais em que são vendidos os pacotes de streaming, sendo quatro na capital paulista e cinco no interior. Três pessoas foram presas em flagrante.

Uma equipe de 40 policiais cumpriu mandados nas cidades de São Paulo, Sorocaba, Rancharia, Marília, Botucatu e Catanduva. Foram apreendidos celulares, notebooks, computadores e armas.


 Clique na imagem e faça a sua inscrição!




Imperdível

Publicidade

Não Perca Tempo! Venha para os Cursos 24 horas

Leia também...

Conchal iniciou nesta quinta-feira (21) a vacinação contra a Covid-19

Vagabundo rouba cadeirante e acaba preso em flagrante pela PM em Conchal, SP

Prefeitura de Conchal se prepara para vacinação contra Covid-19 – O F5 entrevistou o diretor do departamento de saúde do município. Wagner Lozano deu mais detalhes sobre esse e outros assuntos relacionados ao setor

Professor pede ajuda após cadelinha ser jurada de morte

Quem são as pessoas que não podem tomar vacina contra covid

Força Tática captura procurado por tráfico de drogas e realiza flagrante de porte Ilegal de arma de fogo durante patrulhamento em Araras, SP

Criança de 10 anos engravida de gêmeos após ser estuprada pelo padrasto, diz polícia

Restaurante Santo Forte faz homenagem à lanchonetes que fizeram parte da história de Conchal

Prefeitura de Conchal inicia obras de manutenção no prédio do Cemec

Governo de SP endurece quarentena, adia volta às aulas e fecha bares, restaurantes e comércio aos finais de semana

Todas as Publicações

Mostrar mais