Saiba tudo sobre a dengue em Conchal


Conheça os tipos da doença, seus sintomas e números de casos por bairro.



Dengue é uma doença febril grave causada por um arbovírus. Arbovírus são vírus transmitidos por picadas de insetos, especialmente os mosquitos. Existem quatro tipos de vírus de dengue (sorotipos 1, 2, 3 e 4). Cada pessoa pode ter os 4 sorotipos da doença, mas a infecção por um sorotipo gera imunidade permanente para ele.


O transmissor (vetor) da dengue é o mosquito Aedes aegypti, que precisa de água parada para se proliferar. O período do ano com maior transmissão são os meses mais chuvosos de cada região, mas é importante manter a higiene e evitar água parada todos os dias, porque os ovos do mosquito podem sobreviver por um ano até encontrar as melhores condições para se desenvolver.

Quais são os sintomas da dengue?

Os principais sintomas da dengue são:

• Febre alta > 38.5ºC.
• Dores musculares intensas.
• Dor ao movimentar os olhos.
• Mal estar.
• Falta de apetite.
• Dor de cabeça.
• Manchas vermelhas no corpo.

São sinais de alarme da dengue os seguintes sintomas:

• Dor abdominal intensa e contínua, ou dor à palpação do abdome.
• Vômitos persistentes.
• Acumulação de líquidos (ascites, derrame pleural, derrame pericárdico).
• Sangramento de mucosa ou outra hemorragia.
• Aumento progressivo do hematócrito.
• Queda abrupta das plaquetas

No entanto, a infecção por dengue pode ser assintomática (sem sintomas), leve ou grave. Neste último caso pode levar até a morte. Normalmente, a primeira manifestação da dengue é a febre alta (39° a 40°C), de início abrupto, que geralmente dura de 2 a 7 dias, acompanhada de dor de cabeça, dores no corpo e articulações, além de prostração, fraqueza, dor atrás dos olhos, erupção e coceira na pele. Perda de peso, náuseas e vômitos são comuns. Em alguns casos também apresenta manchas vermelhas na pele.

Na fase febril inicial da dengue, pode ser difícil diferenciá-la. A forma grave da doença inclui dor abdominal intensa e contínua, vômitos persistentes e sangramento de mucosas. Ao apresentar os sintomas, é importante procurar um serviço de saúde para diagnóstico e tratamento adequados. Não tome nenhuma medicação sem prescrição médica.



Números de casos em Conchal

Casos de dengue do período de 01/01/2019 a 28/11/2019 em Conchal.

Números de casos positivos por bairro:



Fonte: Prefeitura Municipal - Laura Soares Galdino (Coord. secção Vigilância Sanitária e Vetores) - Luciana da Silva Ramos (Coord. secção de Vigilância Epidemiológica)




Comentários

Não Perca Tempo! Venha para os Cursos 24 horas

Leia também...

Dois veículos batem em cruzamento no centro de Conchal

Bilhetes anônimos com acusação de adultério tomam conta de cidade no interior de SP

Postagem de mãe viraliza após filha voltar de festa de fim de ano na escola com bolo inteiro: 'Queriam os mais bonitos e decorados'

Trailer de lanches é destruído por caminhão durante a madrugada

Confeiteira doa bolo para criança e mãe reclama: "dê algo que preste"

Motorista de caminhão que explodiu na SP-330 é identificado e será enterrado em Artur Nogueira

PM reage a assalto e mata dois assaltantes em Mogi Mirim

Caixa espera pagar FGTS de R$ 998 antes do Natal

Advogado aparece de calcinha pedindo cigarro em condomínio em Limeira, SP

Papai Noel chegou na Praça da Fonte trazendo alegria e a magia do Natal em Conchal

Todas as Publicações

Mostrar mais