Novidade!

Coronavírus: Bebê recém-nascido infectado em Wuhan indica possível transmissão no útero


Até agora, a doença matou 490 pessoas e atingiu 26 países; mais de 24 mil pessoas foram infectadas, 99% delas na China.



Médicos da cidade chinesa de Wuhan anunciaram que uma mulher infectada com o novo coronavírus deu à luz um bebê que também contraiu a doença.

Esse caso indica a possibilidade de que o vírus possa ser contraído no útero, relata o correspondente da BBC na China, Robin Brant.
A emissora estatal CCTV informou que dois bebês estão infectados com o novo coronavírus, sendo o mais jovem nascido há menos de 30 horas.

Citando fontes de um hospital pediátrico da cidade, a CCTV afirmou que os sinais vitais da criança são estáveis.

Não há mais informações sobre esses casos.

Até agora, a doença matou 490 pessoas e atingiu 26 países. Mais de 24 mil pessoas foram infectadas — 99% deles na China.

Desde a semana passada, o governo brasileiro investiga casos de suspeitas do vírus no país, mas não houve nenhuma confirmação até o momento.

Desde que a doença surgiu em dezembro, Wuhan passou a ser alvo de medidas cada vez mais restritivas para tentar conter o avanço do coronavírus. Escolas fechadas, ônibus e metrôs parados. Em 23 de janeiro, a cidade foi submetida a uma quarentena completa.

O novo coronavírus tem sinais e sintomas clínicos principalmente respiratórios, como febre, tosse e dificuldade para respirar.
 
Ele é da mesma "família" dos vírus que provocaram epidemias anteriores como as de Síndrome Respiratória Aguda Grave (Sars), de 2002, e a Síndrome Respiratória do Oriente Médio (Mers), de 2012.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) decretou na semana passada uma situação de emergência de saúde pública internacional por causa do surto do novo coronavírus.

Fonte: Terra.com




Imperdível

Publicidade

Não Perca Tempo! Venha para os Cursos 24 horas

Leia também...

Homem é encontrado morto por enforcamento nesta tarde de domingo (29) em Conchal

Após ler matéria veiculada pelo F5. Família identifica homem que foi encontrado morto por enforcamento neste domingo (29) em Conchal.

Conchal registra primeira morte “SUSPEITA” de coronavirus em homem de 80 anos. Outro paciente de 50 anos, também de Conchal, encontra-se internado em estado grave.

30/03/2020 Boletim Coronavirus: Instituto Adolfo Lutz emiti resultado do exame referente a menina de 13 anos e descarta a primeira Suspeita de coronavirus em Conchal

Câmara aprova projeto que prevê R$ 600 por mês para trabalhador informal

Presidente sanciona auxílio de R$ 600 para trabalhador informal

Prefeitura de Conchal cria comitê de crise para enfrentamento à pandemia do novo coronavírus

Mandetta diz que ministério prepara protocolo que vai indicar máscaras também para quem não tem sintomas de coronavírus

Todas as Publicações

Mostrar mais