Pular para o conteúdo principal

90 dias Grátis

Mulher se descontrola e tenta jogar filha pela janela do carro em São Paulo

Uma mulher se descontrolou e tentou jogar a filha pela janela do carro na zona norte de São Paulo. O fato aconteceu na tarde desta segunda-feira (19), na Rua Amazonas da Silva, 737, na Vila Guilherme. As informações são do Matheus Pastori e do Igor Calian, no 1º Jornal .   De acordo com a polícia, um agente civil que estava em uma viatura descaracterizada passava na via quando notou a movimentação.   Durante uma briga entre a mãe e o pai do bebê, de apenas dois anos, a mulher ameaçou jogar a criança pela janela do veículo.   O casal estava no carro quando a moça teria tentado puxar o volante enquanto o marido dirigia.   Policiais civis foram chamados até o local e, junto ao pai do bebê, precisaram usar a força para conter a mulher e impedir o pior. Ela estava visivelmente descontrolada.   Após alguns instantes, finalmente a mãe da criança foi dominada. Socorristas do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) administraram um calmante, a amarraram em uma maca e

OS MELHORES FILMES - BAIXE O APP AGORA!

Câmara aprova projeto que prevê R$ 600 por mês para trabalhador informal



Conteúdo: G1

A Câmara dos Deputados aprovou nesta quinta-feira (26) um projeto que prevê o pagamento de R$ 600 a trabalhadores informais por três meses em razão da pandemia do coronavírus. A mulher que for mãe e chefe de família poderá receber R$ 1,2 mil. A proposta inicial do governo era de R$ 200 para os trabalhadores informais.

Com a aprovação, o texto seguirá para votação no Senado. Ainda não há data definida para a análise pelos senadores. O pagamento do auxílio emergencial é limitado a duas pessoas da mesma família.

Segundo estimativa preliminar da Instituição Fiscal Independente (IFI), ligada ao Senado, o impacto fiscal com o auxílio para a União será de R$ 43 bilhões por três meses. O cálculo não considera ainda as mães chefes de família que poderão receber o auxílio em dobro.

Pela proposta, poderá receber o montante o autônomo que não receber benefícios previdenciários, seguro desemprego nem participar de programas de transferência de renda do governo federal, com exceção do Bolsa Família.



Desde a semana passada, a Câmara e o Senado tem aprovado projetos relacionados ao combate do coronavírus e dos efeitos provocados pela crise.

Em razão das medidas de prevenção contra o coronavírus, a sessão desta quinta foi parcialmente virtual, com a presença de apenas alguns deputados no plenário. Os demais acompanhavam por videoconferência.

Entenda o projeto

O projeto altera uma lei de 1993 que trata da organização da assistência social no Brasil. De acordo com o texto, o dinheiro será concedido a título de “auxílio emergencial” por três meses ao trabalhador que cumprir os seguintes requisitos:

- for maior de 18 anos;

- não tiver emprego formal;

- não for titular de benefício previdenciário ou assistencial, beneficiário do seguro-desemprego ou de programa de transferência de renda federal, ressalvado o bolsa-família;

- cuja renda mensal per capita for de até meio salário mínimos ou a renda familiar mensal total for de até três salários mínimos;

- que não tenha recebido em 2018 rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70.

Outros requisitos para receber o auxílio:

- exercer atividade na condição de Microempreendedor Individual (MEI) ou;

- ser contribuinte individual do Regime Geral de Previdência Social ou;

- ser trabalhador informal, de qualquer natureza, inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal até 20 de março de 2020.

Apesar de a previsão inicial de pagamento do auxílio ser por três meses, o relator da proposta, Marcelo Aro (PP-MG), disse que a validade do auxílio poderá ser prorrogada de acordo com a necessidade.

O projeto estabelece ainda que só duas pessoas da mesma família poderão acumular o auxílio emergencial.

Para quem recebe o Bolsa Família, o texto ainda permite que o beneficiário substitua temporariamente o programa pelo auxílio emergencial, se o último for mais vantajoso.

Inicialmente, o auxílio previsto no parecer do relator era de R$ 500, mas, após a articulação de um acordo com o governo federal, o valor passou a ser de R$ 600. "Foi uma construção do parlamento com o Executivo", disse o deputado Marcelo Aro ao anunciar a mudança.
 
Pouco antes, em uma live realizada pelo Facebook, o presidente Bolsonaro havia dito que, após conversar com o ministro da Economia, Paulo Guedes, que o governo defendia inicialmente que o auxílio fosse de R$ 200, "ele resolveu triplicar". "Deu o sinal verde", acrescentou Bolsonaro.

No plenário da Câmara, o líder do governo, deputado Vitor Hugo (PSL- GO), comemorou o acordo e disse que não se tratava da vitória de ninguém em específico, mas de uma vitória do país.

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), elogiou a construção de um acordo entre Legislativo e Executivo, relação geralmente marcada por atritos. Maia ponderou que, mesmo com divergências, é preciso haver um ambiente de diálogo para buscar soluções para "salvar vidas e encontrar o melhor caminho para que a economia sofra menos".

BPC

O projeto de lei pretende ainda resolver um impasse em relação ao Benefício de Prestação Continuada (BPC), que é pago, no valor de um salário mínimo por mês, a idosos ou pessoas com deficiência de baixa renda.

O Congresso Nacional havia ampliado o limite de renda para ter direito ao pagamento do benefício, que valeria já para este ano. Com isso, mais pessoas passariam a ser beneficiadas, elevando as despesas públicas.

O presidente Jair Bolsonaro vetou o projeto alegando que não havia sido indicada fonte de receita, mas os parlamentares depois derrubaram esse veto.

O governo federal, então, recorreu ao Tribunal de Contas da União (TCU) para que a ampliação do limite valesse apenas a partir do ano que vem.

O ministro do TCU Bruno Dantas atendeu o pedido do governo, mas, no último dia 18, voltou atrás e suspendeu a sua decisão por 15 dias.

O projeto aprovado nesta quinta pela Câmara tenta resolver esse imbróglio. O texto define a partir de quando as novas regras passarão a valer. A proposta, porém, cria exceções diante da crise do novo coronavírus.

Pelo projeto, terão direito ao benefício pessoas com mais de 65 anos ou com deficiência que tenham renda familiar per capita:

- igual ou inferior a um quarto do salário-mínimo, até 31 de dezembro de 2020;

- igual ou inferior a meio salário-mínimo, a partir de 1° de janeiro de 2021.

No entanto, diante da pandemia do coronavírus, o projeto abre brecha para ampliar o critério da concessão de benefício ainda neste ano.

O benefício poderá ser concedido para quem recebe até meio salário mínimo per capita, em escala gradual a ser definida em regulamento, de acordo com uma série de fatores agravados pela pandemia, como comprometimento socioeconômico familiar.

Antecipação

O projeto também prevê a antecipação do pagamento do auxílio para quem ainda está na fila do BPC para pessoa com deficiência e do auxílio-doença. No caso do BPC, o projeto prevê pagamento de R$ 600. Para o auxílio-doença, o valor é de um salário mínimo.

Metas

A Câmara votou ainda um projeto de lei que suspende por 120 dias, a contar do dia 1º deste mês, a obrigatoriedade de manter as metas quantitativas e qualitativas exigidas de entidades de saúde que prestam serviço no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS). O texto vai ao Senado.

Autor do projeto, o deputado Pedro Westphalen (PP-RS) argumenta que, devido à pandemia de coronavírus no país, os hospitais tiveram que redirecionar sua atuação.

Ele pondera que cirurgias marcadas, por exemplo, têm sido canceladas para priorizar o atendimento aos pacientes com Covid. E, por essa razão, os prestadores não têm mais condições de cumprir as metas nesse período.

Como o repasse de recursos é condicionado ao cumprimento das metas, o objetivo do projeto é garantir que as entidades continuem recebendo a verba.

Atestado

A Câmara também aprovou projeto de lei que dispensa o trabalhador que estiver doente de apresentar atestado pelo prazo de sete dias, em situação de emergência de saúde, pandemia ou epidemia quando houver imposição de quarentena.

A partir do oitavo dia, no entanto, o empregado precisará apresentar documento de uma unidade de saúde ou um atestado eletrônico, regulamentado pelo Ministério da Saúde, que comprove seu estado de saúde.




Quer receber notícias gratuitamente via WhatsApp?

Quer receber notícias gratuitamente via WhatsApp?
Clique na imagem e nos envie o seu nome e idade

VEJA TAMBÉM

Polícia persegue criminosos próximo a Conchal e recupera dois veículos Hilux roubados na noite de terça-feira (14)

Três veículos foram roubados em Cosmópolis (SP), na noite de terça-feira (14), no pátio do Detran. Dois veículos foram recuperados pela polícia. Na fuga, houve perseguição pela rodovia Prof. Zeferino Vaz(SP-332), sentido Conchal. Os bandidos que ocupavam um dos veículos, uma Hilux, cor prata, fugiram para o matagal, após abandonarem o automóvel no acostamento próximo ao Km 167. Uma segunda Hilux, também de cor prata, capotou na estrada  que liga Conchal ao município de Araras. O terceiro veículo, ainda não foi encontrado. Até o momento ninguém foi preso.   As melhores séries e filmes você encontra aqui. Role para baixo e clique na imagem da “Prime Vídeo” e veja os melhores pacotes que preparamos para você. 

Governo cria 'fase de transição' e libera comércio e atividades religiosas a partir de domingo em SP - Restaurantes, academias, salões de beleza e atividades culturais podem reabrir a partir do dia 24 de abril. O toque de recolher, das 20h ás 5h, foi mantido.

O governo de São Paulo criou uma nova fase do plano de flexibilização da quarentena, entre a vermelha e a laranja, e autorizou a abertura de comércios e atividades religiosas em horários reduzidos de funcionamento a partir deste domingo (18).   Com a mudança, shoppings e lojas de rua, que só eram autorizadas a abrir a partir da fase laranja, vão poder operar já neste final de semana. O toque de recolher, das 20h às 5h, foi mantido.   Bela é Você! - Loja de Cuidados Pessoais A medida foi definida pela gestão estadual como uma "fase transitória", e prevê a liberação gradual de outros setores da economia até o final de abril. No próximo sábado (24), poderão voltar a operar restaurantes, salões de beleza e academias.   A decisão ocorre após uma leve queda na taxa de internações por Covid-19 no estado, que está em torno de 85% nas UTIs, mas que para especialistas ainda indicam situação crítica do sistema de saúde.   "Para que possamos fazer essa retomada com segur

Detran SP promove mais um leilão online de veículos em Campinas

Campinas terá mais um leilão online em de veículos que estão no Pátio Municipal de Recolhimento e Guarda de Veículos administrado pela Emdec (Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas). Neste leilão, o terceiro realizado em 2021, serão ofertados 439 lotes entre carros e motos com e sem direito à documentação.   Do total de 212 carros, 70 dão direito à documentação, 94 são sucatas (desmanche) e 48 são para usinagem (prensa). No caso das motos, do total de 227, 125 terão documentação, 29 são sucatas e 73 destinadas para usinagem. A organização é realizada pelo Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran/SP).   O primeiro leilão de 2021 ocorreu nos dias 14 e 15 de janeiro e teve 638 lotes. O segundo leilão ocorreu entre os dias 4 e 5 de março e teve 644 lotes.   O interessado deverá acessar o site sumareleiloes.com.br e realizar o cadastramento. Os lances começam a partir das 10h desta quinta-feira (15) e o fechamento ocorre no dia 28 de abril, a partir das

Policia Militar persegue criminosos após roubo de veículos em pátio do DER - os bandidos que ocupavam a Hilux roubada, fugiram para o matagal, após abandonarem o veículo no acostamento da rodovia Prof. Zeferino Vaz (SP-332), próximo ao Km 167, sentido Conchal.

Foto: Gean Mendes (F5) De acordo com a informação preliminares, aproximadamente onze indivíduos adentraram o pátio de apreensão de veículos do DER, vindo a roubar pelo menos 3 veículos, sendo 2 Hilux e 1 Fox, na noite desta terça-feira. Após receberem informação via Copom, a Policia Militar saiu na captura, logrando êxito ao conseguir recuperar um dos veículos. Uma Hilux, cor prata. Houve perseguição e os bandidos que ocupavam a Hilux roubada, fugiram para o matagal, após abandonarem o veículo no acostamento da rodovia Prof. Zeferino Vaz (SP-332), próximo ao Km 167, sentido Conchal. A ocorrência está em andamento, logo traremos mais informações. Esse é o segundo assalto acontecido no mesmo pátio do DER, em menos de trinta dias. No dia 19/03, deste ano, a Policia Militar recuperou 5 veículos roubados do mesmo local.   Na fuga aconteceu troca de tiros, capotamento de veículo e 1 adolescente conduzindo BMW foi apreendido pela Força Tática. Os veículos foram encontrados no Conchal

“Doe quem puder. Pegue quem precisar” - Casal cria barraca de alimentos solidário em Conchal

Uma barraca recheada de produtos alimentícios, com um cartaz escrito, “Doe quem puder. Pegue quem precisar”, foi montada por um casal de comerciantes no dia 04 desde mês, em frente a loja da Honda, próximo ao semáforo da rua Camilo Chagas, em Conchal.   O objetivo é justamente esse, quem puder doar para aqueles que estão passando por necessidade, basta levar o alimento e deixar na barraca. Já, àqueles que estão necessitando de alimentos, basta ir buscar o necessário gratuitamente.   A ideia partiu do casal, Patrícia e Rodrigo, que são proprietários da serralheria Ideal, que também fica localidade próximo ao semáforo da rua Camilo Chagas.   Patrícia contou ao F5, que Rodrigo, seu marido, sentiu que poderia ajudar de alguma forma, ao grande número de conchalenses que passam por necessidade, principalmente neste período da pandemia, provocada pelo coronavirus.   “Na primeira semana fomos ao mercado e compramos aproximadamente R$ 300,00, em alimentos, arroz, feijão, óleo, mac

Já começaram a valer as novas regras nas leis de trânsito. Acesse e veja as principais mudanças

Suspensão da CNH por pontos   Haverá uma escala com três limites de pontuação, para que a CNH seja suspensa:   20 pontos, se o condutor tiver duas ou mais infrações gravíssimas em um período de 12 meses; 30 pontos, se tiver apenas uma infração gravíssima no mesmo período; 40 pontos, se não constar entre as suas infrações nenhuma infração gravíssima nesse intervalo. No caso de motoristas profissionais, a medida foi flexibilizada: eles poderão atingir o limite de 40 pontos independente da natureza das infrações cometidas.   Cadeirinha para crianças   O uso de cadeirinhas ou assento de elevação será obrigatório para crianças de até 10 anos que não atingiram 1,45 metro de altura. O descumprimento continua sendo considerado infração gravíssima, segundo o artigo 168 do CTB, que prevê multa e retenção do veículo até a regularização da situação.   Criança na garupa da moto   Passou de 7 para 10 anos a idade mínima para que crianças possam ser transportadas em moto

Primeira turma dos GCMs de Conchal realiza última etapa de curso de aprimoramento

Aula prática realizada no ginásio de esportes em Conchal. O curso é dividido em três fases, psicológico, teórico e prático. Para evitar aglomeração, por conta da pandemia provocada pelo coronavirus, os GCMs de Conchal foram divididos em duas turmas. A primeira turma iniciou ontem, terça-feira (13), a terceira e última fase do curso. A previsão é que terminem na próxima segunda-feira (19). Já pensou em que vai comprar para a sua Mãe? Clique aqui e veja as melhores opções de presentes Segundo informado pela prefeitura, a primeira turma de GCMs, poderá voltar as atividades normais a partir da próxima semana, após a conclusão e recebimento do laudo que será fornecido por um Agente da Policia Federal.     Ainda na próxima semana, a segunda turma de GCMs, iniciará a terceira fase (prática) do curso. O início está previsto para o dia 20/04. Clique Aqui -  Assista a filmes e séries recomendados para você, incluindo Amazon Originals como The Marvelous Mrs. Maisel, Jack Ryan de Tom Clancy

Polícia apreende 150 pés de maconha em chácara de Artur Nogueira e casal é detido

Aproximadamente 150 pés de maconha estavam na estufa clandestina — Foto: Mariana Avanzzi A Polícia Civil e a Guarda Municipal de Artur Nogueira (SP) apreenderam 150 pés de maconha em uma estufa no condomínio de chácaras Recanto das Palmeiras nesta quinta-feira (15). Policiais chegaram no local após denúncias de vizinhos em decorrência do forte odor.   Um homem de 30 anos e uma mulher de 22 anos foram detidos e encaminhados para a Delegacia de Polícia da cidade.   O casal também estava com um bebê, que será encaminhado para o Conselho Tutelar se familiares próximos não forem localizados. O homem já tem passagem pela polícia por agressão doméstica.   Inicialmente, a informação passada pelas autoridades policiais era de cerca de 140 pés, mas o número de 150 foi confirmado após contagem na delegacia.   Na casa foram encontradas também balanças de precisão para pesagem da droga, além da estrutura com ar condicionado e iluminação artificial para viabilizar a plantação.  

Padrasto agride garoto e câmera de aula virtual flagra violência no RS

Uma criança foi agredida pelo padrasto em Erechim, no norte do Rio Grande do Sul. O ato foi registrado pois o menino assistia a uma aula online e a câmera registrou as cenas de violência. A Polícia Civil e o Ministério Público iniciaram as investigações sobre o caso na semana passada.   Enquanto acompanhava a aula, o menino teve os headphones arrancados com força e foi puxado bruscamente pelo homem, que repete a agressão logo depois. Passados alguns instantes, o garoto retorna ao ambiente virtual chorando.   Depois do enteado voltar a aparecer no vídeo, o padrasto ainda aparece e puxa o cabelo do garoto, além de ofendê-lo.   Como as aulas têm sido gravadas durante a pandemia, escola teve acesso às imagens, enviou-as ao Conselho Tutelar e pediu providências ao órgão.   "Na terça-feira (12 de abril) de manhã, chegamos na escola e tinha um e-mail, com os três vídeos, onde a escola relatava o acontecido e solicitava uma apuração junto à família desse menor. A escola ta

Polícia Militar prende dupla e frustra assalto a um posto de combustíveis em Araras, SP

Na noite de domingo (18), os policiais militares soldado Helson e soldado Mazetto, estavam em patrulhamento pelo município de Araras (SP), e ao passarem pela Avenida Romana Ometto, Jardim Cândida, próximo ao posto Eco Flex, visualizaram dois indivíduos em uma motocicleta, a qual a placa estava com os dois números iniciais homiziados.   De imediato foi iniciado acompanhamento, pela Avenida Ernani Lacerda de Oliveira, no momento da abordagem o garupa dispensou um simulacro de arma de fogo. Realizada revista pessoal nada mais encontrado com os indivíduos. Consultado emplacamento nada constava somente comunicação de venda.   Indagados confessaram que iriam praticar roubo no posto Eco Flex. Diante dos fatos os dois foram conduzidos ao plantão da Central de Polícia Judiciária para maior esclarecimento, onde o delegado presente elaborou auto de exibição e apreensão.   A ação contou com apoio: sargento Ricardo, cabo Santana e soldado Perissato (GCP-2); cabo Murilo e cabo Kirk (viat