Novidade!

Aneel aprova volta de cortes de energia por falta de pagamento de contas



As distribuidoras poderão voltar a cortar a energia de consumidores que deixarem de pagar suas contas a partir de 1º de agosto, decidiu a Aneel (Agêcia Nacional de Energia Elétrica) nesta terça-feira (21).

Apenas usuários enquadrados no programa Tarifa Social, destinado a famílias de baixa renda, terão o fornecimento mantido até o fim do ano mesmo que não consigam arcar com as faturas. 



Com a declaração da pandemia do novo coronavírus pela Organização Mundial da Saúde (OMS), a Aneel havia aprovado, temporariamente, a proibição de cortes por falta de pagamento entre 24 de março e 31 de julho para todos os consumidores. 

Relatora do processo, a diretora Elisa Bastos Silva reconheceu que as dificuldades econômicas e financeiras da população em razão da pandemia continuam, mas ponderou que a principal ferramenta das concessionárias de distribuição para evitar a inadimplência é o corte do fornecimento. A Aneel manteve também o direito das distribuidoras de cobrar taxa de religação após a regularização da situação de inadimplência.



Silva disse ainda que já existem políticas públicas para atender a população mais vulnerável, como o auxílio emergencial. Ainda assim, a Aneel aceitou estender a suspensão de cortes para as 9,5 milhões de famílias de baixa renda enquadradas no programa Tarifa Social até 31 de dezembro — período de vigência do decreto de calamidade pública.

As distribuidoras deverão mandar aviso aos consumidores sobre a retomada dos cortes de fornecimento. A diretora lembrou, porém, que as empresas deverão cumprir uma nova lei aprovada pelo Congresso e sancionada pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido), que proíbe o desligamento de serviços públicos nas sexta-feiras, sábados, domingos, feriados e no dia anterior ao feriado.



A agência decidiu ainda que as empresas devem retomar, a partir de 1º de agosto, o atendimento telefônico humano e também o atendimento físico nas lojas presenciais, caso não haja impedimento determinado pelas autoridades locais. Nos primeiros meses da pandemia, as concessionárias puderam manter apenas atendimentos digitais, por telefone e internet.

*Com informações do repórter Beto Ribeiro.




Imperdível

Publicidade

Não Perca Tempo! Venha para os Cursos 24 horas

Leia também...

Homem armado com pistola reage a abordagem e acaba baleado pela GCM em Conchal, SP

Homem furta ventilador usado e acaba preso em flagrante pela PM em Conchal, SP

Polícia Militar realiza cerco em escola para capturar suspeito no Esperança 3 em Conchal

Polícia Civil apreende drogas e menor no Parque Industrial em Conchal

Conchal realiza ação social: 19 moradores de rua foram atendidos

‘Lugar errado e hora errada’, diz pai de jovem que morreu após carro com amigos bater em poste e capotar

Suspeito de participar de quadrilha que atacou agências bancárias em Botucatu morre baleado

Comerciante é preso por descaminho pela PM de Araras

Fumaça provoca acidente com vários mortos e feridos

FGTS emergencial: Caixa libera novos saques para trabalhadores nascidos em junho nesta segunda; veja calendário

Todas as Publicações

Mostrar mais