Novidade!

Prefeitura de Conchal publica decreto que prevê suspensão temporário de atividades não essenciais no município. O fechamento deverá acontecer a partir do próximo dia 10/08. Leia decreto...

 

D E C R E T O:

 

                            Art. 1º - Fica mantido o Estado de Calamidade Pública no Município de Conchal, nos termos dos arts. 1º ao 3º do Decreto Municipal     n.º 4.262, de 03 de abril de 2020.

 

Art. 2º- Os estabelecimentos comerciais e as atividades consideradas não essenciais citadas abaixo estão suspensas, independente da aglomeração de pessoas, até o dia 21 de agosto de 2020, ficando proibido:

        

I – todos os eventos públicos e privados de qualquer natureza, incluídas excursões, cursos presenciais, missas e cultos;

 

II – visitação em hospitais a pacientes internados e presença de acompanhante(s) nas unidades de pronto atendimento, exceto nos casos previstos em lei;

 

III – todas as atividades em academias, boates, casas noturnas, bares, centros culturais e bibliotecas;

 

IV – atividades em clubes, associações recreativas e afins, áreas comuns como as praças municipais, jardins, playgrounds, salões de festas;

 

V – Feiras livres;

 

VI - Locações de chácaras de recreio e lazer;

 

VII – o funcionamento de salões de beleza, barbeiros, cabeleireiros, manicure, pedicure, podólogos e clinicas exclusivamente de estética; e,

 

VIII – o funcionamento de lojas de roupas, calçados, móveis, colchões, eletrodomésticos e eletrônicos, acessórios, entre outros do comércio em geral.

 

Parágrafo único - Os estabelecimentos comerciais e as atividades consideradas não essenciais constantes no inciso VIII poderão operar pelo sistema de entrega (delivery) e retirada (drive thru), ficando vedadas as atividades presenciais.

 

Art. 3º- Os estabelecimentos previstos como serviços essenciais, pelo Governo do Estado de São Paulo, continuarão com as suas atividades nos termos disciplinados por este Decreto, conforme abaixo:

 

I - Hospital e serviços funerários. Funcionamento normal, sem restrições de dias e horários;

 

II -  Hotéis, pousadas, albergues, lavanderias, serviços de limpeza entre outros. Funcionamento normal, de acordo com a categoria profissional;

III – Clínicas médicas, Clínicas de terapias, estabelecimentos farmacêuticos, veterinários e petshops, e laboratórios de análise clínicas. Funcionamento normal, de acordo com a categoria profissional;

IV - Distribuidoras e revendedoras de água e gás. Funcionamento em horário normal, de acordo com a categoria profissional, com prestação de serviços preferencialmente nas modalidades drive thru e delivery, ficando vedada a venda fracionada de bebidas e o consumo de alimentos no local;

 

V - Postos de Combustível. Funcionamento normal, de acordo com a categoria profissional e, havendo loja de conveniência, esta deverá observar a atividade principal do CNAE;

 

VI – Supermercados, Mercados, Mercearias, Minimercados, Açougues, Peixarias, Hortifrutigranjeiros, Quitandas, Comércio de Produtos Naturais, Produtos Agropecuários, e congêneres. Horário de funcionamento de segunda a sábado até às 20h00, ficando vedada a venda fracionada de bebidas e o consumo de alimentos no local, bem como, vedado o funcionamento aos domingos; 

 

VII – Padarias  - Horário de funcionamento de segunda a sábado até às 20h00, ficando vedada a venda fracionada de bebidas e o consumo de alimentos no local, bem como o funcionamento aos domingos;

 

VIII – Depósitos de bebidas - Horário de funcionamento de segunda a sexta-feira até as 18h00, com prestação de serviços apenas na modalidade delivery, não sendo permitida a venda fracionada de bebidas e o consumo de alimentos no local (sem mesas e cadeiras), ficando vedado o funcionamento aos sábados e domingos;

 

IX – Restaurantes, Lanchonetes, Sorveterias, Cafeterias, fixos e ambulantes, como trailers e afins. Funcionamento de segunda a sábado, com prestação de serviços apenas na modalidade delivery, não sendo permitida a venda fracionada de bebidas e o consumo de alimentos no local (sem mesas e cadeiras);

 

X  - Óticas,  Produtos de Beleza e Higiene Pessoal e Papelarias, de segunda a sexta-feira até às 18h00 e sábado até às 12h00, dando prioridade para prestação de serviços na  modalidade delivery  e drive thru;

 

XI - Estabelecimentos de abastecimento e logística, Material de Construção, Madeireira, Marcenaria e Vidraçaria, Comércio de Peças, Óleos e Lubrificantes Automotivos, que não possuam o serviço de troca ou reparo, Oficina Mecânica, Troca de óleos e lubrificantes, Auto Elétrica, Funilaria e Pintura, Lava-rápido. Horário de funcionamento de segunda a sexta-feira até às 18h00 e sábado até às 12h00, dando prioridade para prestação de serviços na  modalidade delivery  e drive thru;

        

XII - Casas Lotéricas, Bancos e instituições financeiras e Correios - Funcionamento de segunda a sexta-feira em horário normal de acordo com instrução própria;

 

XIII - Serviços de segurança pública e privada - Funcionamento normal, de acordo com a categoria profissional;

 

XIV - Escritórios de advocacia, contabilidade e similares, Imobiliárias, Mercado de capitais e Seguros e qualquer outro serviço administrativo que não implique em venda de produtos. Funcionamento interno de segunda a sexta-feira até às 18h00;

 

XV - Banca de jornais – funcionamento de segunda a sexta-feira até às 18h00 e sábado até às 12h00, dando prioridade para prestação de serviços na  modalidade delivery  e drive thru;

 

XVI - Feira livre para produtores rurais, às quartas feiras, das 15h00 às 18h00, com demarcação de local, medidas de higiene e distanciamento;

 

XVII - Transporte intermunicipal de passageiros  - funcionamento em horário reduzido;

 

XVIII - Telecomunicações e internet, Serviço de call center, Geração, transmissão e Distribuição de energia elétrica e de Gás e  Iluminação Pública. Funcionamento sem restrição de dia e horário;

 

XIX  - Prevenção, controle e erradicação de pragas dos vegetais e de doença dos animais. Funcionamento de segunda a sexta-feira até às 18h00; e,

 

XX -  Velório Municipal -  Funcionamento em horário reduzido e com restrição de acesso.

 

Art. 4º - Os estabelecimentos comerciais autorizados a funcionar estão condicionados ao cumprimento das regras estabelecidas neste Decreto Municipal, dentre elas:

 

I - Adoção de medidas internas, especialmente aquelas relacionadas à saúde no trabalho, necessárias para evitar a transmissão do coronavírus no ambiente de trabalho;

 

II - realização de atendimento preferencialmente com hora agendada;

 

III - estabelecer que as pessoas que acessarem e saírem dos estabelecimentos façam a higienização com álcool gel 70 % (setenta por cento) ou preparações antissépticas ou sanitizantes de efeito similar, disponibilizando em pontos estratégicos como na entrada dos locais;

 

IV - manter todas as áreas ventiladas;

 

V - os funcionários devem utilizar máscaras durante toda a jornada de trabalho, bem como intensificar a higienização das mãos, principalmente antes e depois do atendimento, após uso do banheiro, após entrar em contato com superfícies de uso comum como balcões, corrimões e teclados;

VI - realizar procedimentos que garantam a higienização contínua dos locais de trabalho, intensificando a limpeza das áreas com desinfetantes próprios para a finalidade e realizar frequente desinfecção com álcool 70% (setenta por cento), quando possível, sob fricção de superfícies expostas, como maçanetas, mesas, teclados, mouses, materiais de escritório, balcões, corrimões, interruptores, elevadores, banheiros, lavatórios, entre outros;

VII - os estabelecimentos que possuem mais de 1 (uma) porta, deverão obrigatoriamente deixar apenas 1 (uma) delas aberta, bem como colocar fita zebrada ou caixas para que haja o controle de entrada e saída do local;

 

VIII - seja controlado, orientado e sinalizado, interna e externamente, o acesso e o número de pessoas no estabelecimento;

 

IX - organizar filas com distanciamento de 2 (dois) metros entre as pessoas;

 

X - manter a higienização interna e externa dos estabelecimentos com limpeza permanente, a cada 2 (duas) horas e sempre que necessário;

 

XI - manter os sanitários constantemente higienizados e dispor de sabonete líquido, papel toalha e lixeiras; e,

 

 XII - As empresas deverão adotar o monitoramento diário de sinais e sintomas dos colaboradores/empregados.

 

Art. 5º - Fica determinado, consoante ao disposto nos termos da Lei Municipal nº 2.220, de 09 de julho de 2020, o uso obrigatório de máscaras de proteção facial, preferencialmente de uso não profissional, no interior de estabelecimentos que executem atividades essenciais, aos quais alude o artigo 3º deste Decreto, por consumidores, fornecedores, clientes, empregados e colaboradores.

 

Parágrafo único. Em relação aos clientes dos estabelecimentos mencionados no caput deverá ser obrigatório o uso de máscaras ao adentrar nestes estabelecimentos.

 

Art. 6º - O não cumprimento das determinações previstas no presente Decreto acarretará na lavratura de notificação, multas ou cassação do alvará de funcionamento do estabelecimento, com a consequente interdição e demais cominações legais previstas no Código Municipal de Posturas, Código Municipal Tributário e Código Sanitário Estadual.

 

Art. 7º - Ficam autorizados a aplicar as penalidades os órgãos municipais de Fiscalização da Vigilância Sanitária, Obras e Posturas, Rendas e a Guarda Municipal, podendo outros órgãos da Administração Municipal serem designados por Decreto para esta finalidade.

 

                            Art. 8º - Ficam mantidos os dispostos no Decreto Municipal nº 4.277, de 29 de maio de 2020, na parte que não conflitar com este Decreto. 

 

                            Art. 9º – Este Decreto entra em vigor a partir de 10 de agosto de 2020, revogadas as disposições em contrário.







Imperdível

Publicidade

Não Perca Tempo! Venha para os Cursos 24 horas

Leia também...

Bandido armado assalta comércio no Jardim Santo Antônio em Conchal. O crime aconteceu nesta sexta-feira (18). Câmeras de segurança flagraram toda a ação do criminoso. Assista vídeo...

Indivíduo que traficava há 2 semanas é preso no Parque Industrial em Conchal

Polícia Civil captura menor de 14 anos por tráfico de drogas no Parque Industrial em Conchal

Idosa flagrada dirigindo cadeira de carrinho elétrico em rodovia só queria dar um abraço na filha em Limeira, SP

Força Tática retira drogas de circulação com prisão de traficante denunciado pela população em Leme, SP

Auxílio de R$ 300: nem todos vão receber as quatro parcelas; entenda

Cerca de 15 carros aparecem em pedreira desativada após diminuição do nível de água

Polícia Civil prende em Conchal menor que tinha "depósito de drogas" em casa

SP pode registrar ‘chuva preta’ com chegada de fumaça do Pantanal nesta semana

Detran.SP oferece documento de licenciamento do veículo 100% digital

Todas as Publicações

Mostrar mais