Novidade!

Advogada oferece quase R$ 45 mil a policiais militares em troca de liberdade de 'cliente' e dupla é presa por corrupção ativa




A Polícia Militar recuperou, nesta quarta-feira (16), quase R$ 45 mil em dinheiro que haviam sido furtados de uma casa, em Presidente Prudente (SP). Além disso, duas pessoas foram presas por corrupção ativa após oferecerem dinheiro aos militares em troca de liberdade. Elas foram abordadas em São Paulo (SP).

De acordo com informações da corporação ao G1, o condutor de um veículo apresentou atitudes suspeitas ao se deparar com uma viatura policial, o que motivou uma abordagem pelos militares.



O homem foi revistado, mas nada foi localizado. Porém, os policiais encontraram no veículo ferramentas de arrombamento. Um levantamento de dados feito pelos militares indicou que o veículo teria sido usado em um furto qualificado a uma residência, em Presidente Prudente. Haviam sido levados do imóvel a quantia de R$ 160 mil e aparelhos eletrônicos.

Os policiais questionaram o motorista sobre o furto e, conforme a PM contou ao G1, ele confessou a autoria do crime e ainda ofereceu R$ 50 mil aos militares para que fosse liberado no local. No entanto, na sequência, o homem recebeu voz de prisão por corrupção ativa e acabou conduzido à Delegacia da Polícia Civil.



O preso solicitou contato com sua esposa e, quando chegaram a um estabelecimento comercial da família, no Brás, os policiais foram recebidos por uma mulher que se apresentou como advogada do suspeito. Na ocasião, segundo a PM, ela ofereceu e entregou a quantia de R$ 44.900 em cédulas de R$ 100 aos militares em troca da liberdade do preso.

Porém, a advogada também recebeu voz de prisão pelo crime de corrupção ativa e foi levada à Delegacia da Polícia Civil, de acordo com informações da PM ao G1.

Na delegacia, as prisões foram ratificadas. Com relação à mulher, também foram tomadas providências junto à Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).



A polícia ainda busca um morador da região de Presidente Prudente que também é suspeito de envolvimento no furto.

O G1 solicitou um posicionamento à OAB sobre o caso, mas ainda não obteve retorno.

Furto qualificado

Na última terça-feira (15), foi registrado o furto a uma residência na Vila Boa Vista, em Presidente Prudente. De acordo com informações da PM ao G1, do imóvel, onde reside um casal de idosos, foram levados mais de R$ 160 mil em dinheiro.



As vítimas são comerciantes e disseram que guardavam o dinheiro em casa havia muito tempo para poderem reformar a casa, conforme relatou a polícia.

Quando os moradores chegaram em casa, por volta das 19h, constataram a invasão, que a residência estava toda revirada e que o dinheiro havia sumido.

A Polícia Militar foi em busca de câmeras de segurança pelas proximidades e conseguiu imagens dos suspeitos e de um carro. O veículo era de outro município e constava venda para uma locadora de São Paulo.



Segundo contou a PM ao G1, os dados da placa do automóvel foram inseridos em um sistema e na mesma noite foi identificado que o carro passava por vários pontos da capital paulista. Ainda foi informada a participação em uma ação criminosa.

Nesta quarta-feira (16), então, o veículo foi abordado pela Polícia Militar em São Paulo e houve a prisão de um homem e de uma mulher, bem como a recuperação de parte do dinheiro.

*Com informações de G1.






Imperdível

Publicidade

Não Perca Tempo! Venha para os Cursos 24 horas

Leia também...

Polícia Militar estoura ponto de preparo e distribuição de drogas em Conchal

Conchal Eleições 2020 no F5 – Veja a lista de candidatos a vereador(a) que se inscreveram para participar das entrevistas

Homem procurado da Justiça por estupro é preso em Martinho Prado

Polícia Militar é acionada para conter discussão em um bar de Conchal - Homem carregava duas armas de fogo

Criança de 3 anos vai parar na UTI após levar picada de escorpião no Jardim São Paulo em Conchal

Adolescente convida grupo de sem-teto para sua festa de 15 anos. Eles comeram, dançaram e se divertiram juntos

Lago/Jd das Palmeiras - Após perseguição Polícia Militar prende criminoso e recupera veículo roubado durante patrulhamento em Conchal

Conchal - Ministério Público emite comunicado para que candidatos cumpram as leis de prevenção à disseminação do coronavirus - O Ministério Público Eleitoral alertou que o descumprimento às orientações pode configurar a prática do delito previsto no art.268 do Código Penal

Candidato a vereador é suspeito de matar a mulher no Sul de Minas

Todas as Publicações

Mostrar mais