Pular para o conteúdo principal

Eleitor conta com vários canais para denunciar fake news e outras irregularidades nas Eleições 2020



Com a aproximação da data do primeiro turno das Eleições Municipais 2020, marcado para o dia 15 de novembro, os eleitores passaram a ter mais contato com notícias sobre os candidatos e sobre o processo eleitoral. Algumas são verdadeiras, mas outras são falsas e, geralmente, têm o objetivo de desviar a atenção do que realmente importa: as propostas dos candidatos e a realização de eleições limpas.

Para evitar que a divulgação das chamadas fake news tome grandes proporções nas Eleições 2020, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) alerta o cidadão para um papel fundamental: o de denunciar irregularidades no processo eleitoral. Podem ser feitas denúncias de notícias falsas sobre a realização da eleição, orientações para o dia da votação, resultados e candidatos, entre outros assuntos.



Segundo o juiz auxiliar da Presidência do TSE Marco Antonio Martin Vargas, o cidadão é o maior destinatário do processo eleitoral, na medida em que o seu voto e a sua escolha permitirão o fortalecimento da democracia por intermédio da escolha de seus representantes.

“Com isso, é importante a participação do eleitor no combate à desinformação para que o pleito eleitoral se desenvolva de maneira limpa, transparente e igualitária. A fiscalização por parte do eleitor contribui para que abusos nesse sentido possam ser eliminados de modo rápido e eficaz”, destaca.



Os eleitores têm à disposição pelo menos três meios para denunciar irregularidades, como as notícias falsas recebidas. As denúncias podem ser registradas no Pardal, bem como podem ser encaminhadas ao Ministério Público Eleitoral (MPE) e às Ouvidorias da Justiça Eleitoral.

“O melhor caminho que o eleitor tem é a imediata comunicação do ilícito eleitoral ao Ministério Público Eleitoral, para que esse órgão possa tomar as providências para cessar a irregularidade e acionar a Justiça Eleitoral, se for o caso”, explica Marco Antonio.



Pardal

O objetivo do Pardal é incentivar os cidadãos a atuarem como fiscais da eleição no combate à propaganda eleitoral irregular. O aplicativo possibilita informar tais irregularidades em tempo real.

Após baixar a ferramenta, o cidadão poderá fazer fotos ou vídeos e enviá-los para a Justiça Eleitoral. O estado informado pelo denunciante como local da ocorrência ficará encarregado de analisar as denúncias.



Além do aplicativo móvel, a ferramenta tem uma interface web, que é disponibilizada nos sites dos Tribunais Regionais Eleitorais (TREs) para acompanhamento das notícias de irregularidades.

Entre as situações que podem ser denunciadas, estão o registro de uma propaganda irregular, como a existência de um outdoor de candidato – o que é proibido pela legislação –, e a participação de algum funcionário público em um ato de campanha durante o horário de expediente.



Para este ano, foram implantadas algumas novidades, como a disponibilização de um link específico para que o denunciante possa registrar as denúncias diretamente no Ministério Público Eleitoral de cada unidade da Federação, além de maior rigor na identificação do denunciante.

Ministério Público Eleitoral

Podem ser noticiadas ao Ministério Público Eleitoral (MPE) irregularidades que ocorrem no período das eleições ou fora dele, em âmbito nacional, estadual e municipal. Ao identificar um ato de corrupção eleitoral, o eleitor deve obter provas – podem ser testemunhas, fotos, vídeos, áudios, objetos, documentos e outras – e informá-las diretamente aos procuradores regionais eleitorais ou aos promotores eleitorais.




Ouvidoria

O cidadão que deseja denunciar à Justiça Eleitoral práticas eleitorais ilícitas deve entrar em contato com a Ouvidoria do TSE ou dos TREs. As denúncias dos eleitores podem ser encaminhadas à Ouvidoria, mediante preenchimento do formulário eletrônico.



Para enviar um relato, o eleitor deverá preencher todos os campos obrigatórios do formulário (nome, sexo, ocupação, forma de resposta – por e-mail ou carta –, endereço, cidade, UF e tipo de relato).

Plataformas

O Tribunal mantém, desde agosto de 2019, o Programa de Enfrentamento à Desinformação com Foco nas Eleições 2020, que conta com a parceria de 52 instituições – entre partidos políticos, entidades públicas e privadas, associações de imprensa, plataformas de mídias sociais, serviços de mensagens e agências de checagem. A proposta da iniciativa é que todos possam trabalhar com a Justiça Eleitoral para minimizar os efeitos negativos provocados pela desinformação nas eleições. 



Atualmente, o Tribunal tem uma grande rede de eleitores conectados digitalmente, tanto em redes sociais como nos aplicativos referentes ao processo eleitoral. Os eleitores conectados aos aplicativos vão receber informações precisas sobre as Eleições 2020 e, dessa forma, estarão mais imunes quando receberem informações falsas ou maliciosas em massa.

No entanto, o cidadão que se deparar, nas redes sociais, com conteúdo que contenha informações falsas ou mesmo prejudiciais às eleições, como orientações enganosas ou data de votação errada, também pode denunciar as publicações nas próprias plataformas nas quais viu a divulgação (WhatsApp, Instagram, Facebook, TikTok e Twitter), evitando que ela continue a ser replicada.



WhatsApp

O aplicativo criou um canal específico com o TSE para diálogo e denúncias. Pela primeira vez, nas eleições deste ano, o disparo de mensagens em massa foi expressamente proibido pela Justiça Eleitoral na norma sobre propaganda eleitoral.

Essas mensagens são, geralmente, impessoais e costumam trazer conteúdo alarmista ou com acusações. Os termos de uso do WhatsApp também não permitem a prática. Assim, foi criado um formulário on-line para receber as denúncias.



A Justiça Eleitoral incentiva o eleitor a denunciar se receber mensagens suspeitas, por exemplo, de contatos desconhecidos ou de vários grupos ao mesmo tempo.

Para conversar com o TSE pelo WhatsApp e obter informações corretas sobre o pleito eleitoral, é possível adicionar o número +55 61 9637-1078 na lista de contatos do aplicativo de mensagens.



Facebook e Instagram

Para denunciar qualquer notícia falsa veiculada nessas redes sociais, é preciso clicar nos três pontinhos que ficam no canto superior direito da página, ícone presente nos dois aplicativos. Não há uma opção específica para fake news ou desinformação; no entanto, se o conteúdo violar as regras das plataformas, pode ser denunciado por esse canal.

Para saber mais sobre boas práticas no Facebook, a rede criou uma página chamada Facebook para governo, política e defesa de interesses sociais.



Além disso, desde agosto, qualquer publicidade no Facebook e no Instagram sobre política ou eleições no Brasil precisa ser identificada com o aviso "Pago por" ou "Propaganda Eleitoral".

TikTok

Para denunciar um vídeo considerado danoso às políticas da empresa, incluindo conteúdo com tema eleitoral, é preciso clicar em “Reportar”. No vídeo, o usuário deve clicar no ícone "compartilhar", que aparece no canto inferior direito da página de reprodução. Depois, deve ir em “denunciar” e seguir as instruções da tela.



O canal do TSE na plataforma, com informações oficiais sobre as eleições, chama-se TSEJus.

Twitter

O Twitter não permite publicação política paga. Postagens que violem as políticas da empresa são etiquetadas com informações de contexto extra aos usuários.



Para denunciar um conteúdo, é preciso clicar no canto superior direito do post e ir em "Denunciar Tweet". A empresa já declarou que vai remover informações falsas ou enganosas que tenham como intuito diminuir a confiança do público na eleição.

*Com informações do Tribunal Superior Eleitoral.





Leia também

Vídeo - Policia Civil prende indivíduo que perseguia mulheres em Conchal - O elemento fantasiava viver um relacionamento amoroso com as vítimas e as perseguia no local de trabalho, ruas e residência

Nesta sexta-feira (23), por volta das 11h, a Policia Civil prendeu um indivíduo de 34 anos de idade, morador do Bairro Jd. São Paulo, município de Conchal/SP, acusado por mulheres do município, de perseguição. Segundo informado pela polícia, o indivíduo fantasiava viver um relacionamento amoroso com as vítimas e as perseguia no local de trabalho, ruas, residência e redes sociais. O elemento possui diversos perfis fakes nas redes sociais, onde colhia informações sobre a vítima, para manter contato. Segundo relatado por uma das vítimas, uma jovem de 20 anos de idade, que registrou queixa na delegacia contra o indivíduo, o mesmo enviava mensagens constantemente através das redes sociais. Quando era bloqueado pela vítima, o elemento criava outro perfil para importuna-la. Não satisfeito, o elemento passava a perseguir a vítima, nas ruas, no trabalho e até mesmo na porta da casa da vítima. Diante da obsessão e risco, o Delegado de Polícia Dr. Luis Henrique Lima Pereira, obteve junto ao P

Criança pede visita da Guarda Municipal de Conchal como presente de aniversário de 9 anos

Uma menina que completou 9 anos de idade neste domingo, em Conchal, fez aos pais um pedido um tanto quanto inusitado. Ana Lara pediu como presente de aniversário, a visita da Guarda Municipal de Conchal, em sua festa de aniversário. Os pais Luiz Anthony e Patrícia Gonçalves, telefonaram para os GCMs para saber se era possível atender a solicitação de sua filha. Prontamente e, com muita satisfação ao receberam tamanho privilégio, os GCMs Franco e Assis foram à casa da criança. Ana Lara que é fã da corporação, recebeu presente e muito carinho dos GCMs que fizeram questão de posteriormente fazer postagens de agradecimentos nas redes sociais, pelo carinho sincero recebido pela criança. “Hoje {25} nós da GCM CONCHAL fomos surpreendido com o pedido de um Pai, simples e gratificante, sua filha que nesta data estaria completando 9 aninhos e queria de presente a nossa presença na sua festa de aniversário, Parabéns ANA LARA, que DEUS continue ti abençoando grandemente e ficamos felizes junto

Vídeo - Acidente com 4 carros deixa 3 mortos e 5 feridos em estado grave na rodovia Washington Luís - Câmera de segurança mostra momento do acidente

Um acidente envolvendo quatro carros deixou três mortos da mesma família e cinco pessoas feridas em estado grave, no final da manhã deste sábado (24), no km 213+900 da Rodovia Washington Luís (SP-310), em Itirapina (SP). A Polícia Civil investiga as causas da colisão. Um carro modelo Fiesta, com placas de Três Lagoas (MS), trafegava sentido interior e, por motivos desconhecidos, atravessou a pista, colidindo com outros três veículos que seguiam sentido capital. Segundo o Corpo de Bombeiros de São Carlos, ao atravessar a pista, o Fiesta colidiu com um carro que vinha em sentido contrário e parou de lado na pista, sendo atingido no meio por outro veículo. Um quarto carro colidiu com as partes dos veículos acidentados (veja vídeo abaixo). Maurilio Claros e Freitas Carrega, a sua mulher Maria Aparecida Lins Tesan e o filho do casal, Guilherme Vinícius Carrega, de 13 anos, que estavam no Fiesta morreram no local. Em um veículo Cherry Tiggo, estavam cinco mulheres, que ficaram gravemente f

Nestlé está com vagas abertas para sua unidade na cidade de Araras

Por: Beto Ribeiro A Nestlé é a maior empresa mundial de alimentos e bebidas. Atualmente, tem mais de 2.000 marcas, desde as famosas marcas globais até aquelas favoritas dos consumidores brasileiros. Se você tem interesse em integrar a equipe de colaboradores da empresa, a unidade de Araras (SP), está com vagas em aberto. Para informações e inscrição, acesse aqui o site da Nestlé ( https://corporativo.nestle.com.br ). Há oportunidades, também, em outras localidades. Operação de Máquina II Funções ·        Operar equipamentos de acordo com sua função ou atuar em postos de complexidade similar e seguir todas as instruções; ·        Atender o programa de produção e fabricação dos produtos com qualidade, segurança e respeitando os parâmetros de processos; ·        Solucionar problemas de rotina e/ ou melhorias, compartilhar conhecimento, entender e propor ações para os indicadores tais como ações corretivas, preventivas e acionar cadeia de ajuda, identificar anormalidades e solu

Galinha invade quintal de morador do Bairro 90 em Conchal e caso vai parar na delegacia

Imagem ilustrativa (Internet) A ocorrência aconteceu no último domingo (25), no Bairro 90, em Conchal, porém as partes só registraram o boletim de ocorrência na tarde de ontem (26). Tudo começou após uma galinha de um homem de 56 anos de idade, ter entrado no quintal do vizinho, um homem de 52 anos. Os dois homens passaram a discutir, quando um deles teria feito ameaças mais graves ao outro. Ao ver a discussão, o filho do homem de 56 anos, não aceitou a ameaça que foi feita ao seu pai, então pegou uma barra de ferro para agredir o vizinho. A Policia Militar foi acionada. Chegando ao local os policiais conseguiram conter os ânimos exaltados de todos. No dia seguinte (26/07), ambos foram à delegacia para registrar um boletim de ocorrência, onde fizeram questão de deixar claro que, não desejam ter mais problemas um com o outro. Leia Também : DISE prende “Dom Juan”que se passava por médico da reserva do Exército Brasileiro para aplicar golpes em mulheres. Existem registros policiai

Tudo o que você precisa, em um só lugar

Tudo o que você precisa, em um só lugar
Acesse Amazon

Quer receber notícias gratuitamente via WhatsApp?

Quer receber notícias gratuitamente via WhatsApp?
Clique na imagem e nos envie o seu nome e idade

VEJA TAMBÉM

Jovem comete suicídio em Conchal neste domingo (29), um dia após comemorar aniversário

O jovem de aproximadamente 21 anos, morador da cidade de São Paulo, segundo registrado, foi encontrado por uma cidadã conchalense, em uma construção, por volta das 19:10hs, deste domingo (29).   Segundo informações obtidas no local dos fatos pela nossa reportagem e, confirmadas em registro de boletim de ocorrência. Uma cidadã conchalense (Aline), esteve nesta construção, localizada à rua Benedito Novo, no bairro Novo Horizonte, em Conchal, para conhecer o local, onde segundo informações pretendia alugar ou comprar antes mesmo do término da obra.   Chegando ao imóvel em construção, ao entrar em um dos cômodos, a testemunha se deparou com um corpo suspenso, pendurado, enforcado, com uma mangueira em torno do pescoço.   A testemunha acionou a Policia Militar que passava pelo local naquele momento. O SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), a Polícia Cientifica, representada pela perita Mariana, fotógrafo Marco e, a Policia Civil, representada pelo GCM Ivam, que auxilia

Linha com cerol provoca acidente fatal na tarde desta sexta-feira (28) em Conchal

Por volta das 15h40min, desta sexta-feira (28), um homem de 42 anos de idade, morador de Conchal, foi atingido fatalmente por uma linha com cerol, quando passava com sua moto pela Rua dos Battel, próximo a escola Bela Vista, no bairro Esperança 3, em Conchal, SP. Moto da vitima  Segundo testemunhas a vítima ainda conseguiu andar alguns metros, até a esquina com a rua dos Maiochi, lugar onde acabou perdendo os sentidos. O SAMU foi acionado, porém quando chegou ao local foi constatada morte eminente, devido extensa laceração na região do pescoço. A ocorrência ainda está em andamento. A Polícia Militar está no local. O responsável pela linha com cerol que tirou a vida do trabalhador, ainda não foi identificado. Vale lembrar, que a venda e/ou utilização de linha com cerol ou linha chilena, com também é chamada, é crime.     

Polícia Militar liberta homem que seria julgado por ‘tribunal do crime’ e prende 11 pessoas em Conchal

Por: Beto Ribeiro Repórter   Na noite de domingo (20), os policiais militares cabo Barros e soldado Consoni, estavam em patrulhamento de Força Tática pelo município de Araras (SP), quando receberam informações via COPOM, que pela cidade de Conchal (SP), estava ocorrendo um suposto "tribunal do crime", em andamento em um bar, pelo bairro Jardim Esperança III. De imediato, foi realizada uma diligência até o local, com o apoio de outras viaturas.   A informação dava conta de que um rapaz havia sido sequestrado e que estava sendo agredido, e provavelmente seria morto, ainda conforme as informações os envolvidos aumentaram o som do estabelecimento, para que os gritos não fossem ouvidos. O local indicado é o conhecido Bar HM, de propriedade de um indivíduo já conhecido nos meios policiais e o estabelecimento é afamado ponto de tráfico.   Defronte ao bar, havia um porco no rolete sendo feito, sendo que ali estavam três indivíduos, os quais, ao perceberem a chegada das vi

Homem de 23 anos é assassinado nesta quarta-feira (23) com 3 tiros e 6 facadas em Conchal

O crime aconteceu por volta das 20h25min desta quarta-feira (23), à rua Cândida  Battel, no bairro Jardim Peres, em Conchal.   A Guarda Municipal atendeu a ocorrência com o apoio da Policia Militar.   Segundo informações fornecidas por moradores próximo ao local, a vítima Michael Willian Mendes da Silva, 23 anos, foi abordado por pelo menos dois indivíduos encapuzados.   Michael tentou fugir, mas foi golpeado com pelo menos 6 facadas e três tiros, segundo constatado pela Policia Cientifica que esteve no local dos fatos. A polícia investiga o caso.