Novidade!

Menina de 11 anos é acusada de roubo por causa do cabelo no Rio




Uma menina de 11 anos foi vítima de racismo na última quarta-feira (28), em um mercado da Penha, na zona norte do Rio de Janeiro. O segurança do local teria desconfiado da criança por causa do cabelo black da jovem, afirma família.

A menina foi ao mercado sozinha e ao voltar para casa contou à mãe que o segurança do local havia a acusado de roubo. Segundo a jovem, que não teve a identidade revelada, o segurança pediu para que ela levantasse a blusa.

“Ele [o segurança] falou para mim (sic) levantar a blusa e tinha me perguntado se eu peguei alguma coisa. [...] Ele me acusou de uma coisa que eu não fiz, pensou que eu tinha roubado.”



A irmã da jovem, Renata Santos, afirmou que o segurança pediu desculpas e justificou a ação dizendo que outros jovens de comunidades próximas já haviam furtado o mercado.

“Ele falou que tinha que desconfiar dela, até pediu desculpa, mas que, infelizmente tinham acontecido outros casos de uns meninos da comunidade descerem e irem ali. Ele desconfiou por conta do cabelo dela quando ela se abaixou para pegar a cesta.”



Governador interino do Rio faz queixa-crime contra delator

A família chegou a ligar para o 190 no momento do incidente, mas foi informada que a central não poderia enviar viaturas até o local. O caso foi registrado na 22ª DP (Penha) e os pais da menina vítima de racismo têm a intenção de formalizar também uma denúncia no MP-RJ (Ministério Público do Rio de Janeiro) contra a rede de mercados.

*Com informações de R7.





Imperdível

Publicidade

Não Perca Tempo! Venha para os Cursos 24 horas

Leia também...

Lago/Jd das Palmeiras - Após perseguição Polícia Militar prende criminoso e recupera veículo roubado durante patrulhamento em Conchal

Polícia Militar é acionada para conter discussão em um bar de Conchal - Homem carregava duas armas de fogo

Polícia Militar estoura ponto de preparo e distribuição de drogas em Conchal

Conchal Eleições 2020 no F5 – Veja a lista de candidatos a vereador(a) que se inscreveram para participar das entrevistas

Homem procurado da Justiça por estupro é preso em Martinho Prado

Conchal - Ministério Público emite comunicado para que candidatos cumpram as leis de prevenção à disseminação do coronavirus - O Ministério Público Eleitoral alertou que o descumprimento às orientações pode configurar a prática do delito previsto no art.268 do Código Penal

Criminoso rouba estabelecimento comercial após agredir vítima e acaba preso pela PM em Araras, SP

Criança de 3 anos vai parar na UTI após levar picada de escorpião no Jardim São Paulo em Conchal

Policial militar é acionado em acidente com moto e descobre morte de irmão: 'Desespero total'

Todas as Publicações

Mostrar mais