Novidade!

Menina de 11 anos é acusada de roubo por causa do cabelo no Rio




Uma menina de 11 anos foi vítima de racismo na última quarta-feira (28), em um mercado da Penha, na zona norte do Rio de Janeiro. O segurança do local teria desconfiado da criança por causa do cabelo black da jovem, afirma família.

A menina foi ao mercado sozinha e ao voltar para casa contou à mãe que o segurança do local havia a acusado de roubo. Segundo a jovem, que não teve a identidade revelada, o segurança pediu para que ela levantasse a blusa.

“Ele [o segurança] falou para mim (sic) levantar a blusa e tinha me perguntado se eu peguei alguma coisa. [...] Ele me acusou de uma coisa que eu não fiz, pensou que eu tinha roubado.”



A irmã da jovem, Renata Santos, afirmou que o segurança pediu desculpas e justificou a ação dizendo que outros jovens de comunidades próximas já haviam furtado o mercado.

“Ele falou que tinha que desconfiar dela, até pediu desculpa, mas que, infelizmente tinham acontecido outros casos de uns meninos da comunidade descerem e irem ali. Ele desconfiou por conta do cabelo dela quando ela se abaixou para pegar a cesta.”



Governador interino do Rio faz queixa-crime contra delator

A família chegou a ligar para o 190 no momento do incidente, mas foi informada que a central não poderia enviar viaturas até o local. O caso foi registrado na 22ª DP (Penha) e os pais da menina vítima de racismo têm a intenção de formalizar também uma denúncia no MP-RJ (Ministério Público do Rio de Janeiro) contra a rede de mercados.

*Com informações de R7.





Imperdível

Publicidade

Não Perca Tempo! Venha para os Cursos 24 horas

Leia também...

Campanha da Acico distribui quase R$ 60 mil em prêmios

Vagabundo rouba cadeirante e acaba preso em flagrante pela PM em Conchal, SP

Prefeitura de Conchal se prepara para vacinação contra Covid-19 – O F5 entrevistou o diretor do departamento de saúde do município. Wagner Lozano deu mais detalhes sobre esse e outros assuntos relacionados ao setor

Casal se perde no meio do mato e é resgatado pela Polícia Militar na zona rural de Araras, SP

Quem são as pessoas que não podem tomar vacina contra covid

Polícia Militar desmonta centro de associação ao tráfico em Leme

Polícia Militar aborda veículo com “pé” para fora do porta-malas na Rodovia Anhanguera em Araras, SP

Prefeitura de Conchal inicia obras de manutenção no prédio do Cemec

Força Tática captura procurado por tráfico de drogas e realiza flagrante de porte Ilegal de arma de fogo durante patrulhamento em Araras, SP

Covas pede ao Ministério da Saúde que professores sejam priorizados na vacinação contra Covid-19

Todas as Publicações

Mostrar mais