Pular para o conteúdo principal

90 dias Grátis

Mesmo em queda, mortes por Covid-19 no Brasil ainda superam 2ª onda na Europa




O número de mortes por Covid-19 no Brasil tem caído há semanas, mas em outubro ainda morrem mais pessoas neste país sul-americano de 212 milhões de habitantes do que na União Europeia, que tem 447 milhões de habitantes, conta com uma população mais velha e enfrenta uma segunda onda da pandemia.

Considerado os dados dos países da União Europeia, do Brasil e do Reino Unido, um levantamento do Centro Europeu de Controle e Prevenção de Doenças (ECDC) aponta que o Brasil é o terceiro com o maior número de mortes por 100 mil habitantes nas últimas duas semanas.



O primeiro é a República Tcheca, com uma taxa de 6,53 por 100 mil habitantes. Em seguida aparecem a Romênia (4,76) e o Brasil (3,58).

Entre os quatro países mais populosos do bloco europeu, a Espanha tem 3,30, a França aparece com 1,86, a Itália registra 0,92 e a Alemanha soma 0,31 morte por 100 mil habitantes.



Vale lembrar que a faixa etária é um elemento central para o tamanho da mortalidade por Covid-19 em cada país, e a população brasileira tem uma idade mediana bem menor que a do bloco europeu: 33,5 anos x 42,8 anos.

Por outro lado, há uma questão em voga: a segunda onda de Covid-19 está matando menos?



Pandemia volta a avançar na Europa

Segundo dados compilados pelo Centro Europeu de Controle e Prevenção de Doenças (ECDC), o Brasil registrou 10,7 mil mortes de 1º de outubro a 17 de outubro.

Nos países que integram a União Europeia, o total de mortos no período soma 9,1 mil. O patamar do Brasil ainda é superior mesmo com a inclusão do Reino Unido, que saiu do bloco neste ano, o que totalizaria 10,6 mil mortes.



Desde o início da pandemia, a Covid-19 matou pelo menos 153 mil pessoas no Brasil e 151 mil na União Europeia, incluindo o Reino Unido, onde morreram 44 mil.

Mas o avanço acelerado da doença no continente europeu deve fazer a situação atual se inverter até o fim do mês, caso as tendências continuem sem grandes variações.



Praticamente todo dia algum país da Europa anuncia novas medidas mais restritivas para conter a pandemia.

No domingo (18/10), o primeiro-ministro italiano, Giuseppe Conte, anunciou mudanças nos horários de funcionamento de escolas, bares, restaurantes e academias. "Não podemos perder tempo, temos de implementar medidas para evitar um lockdown (bloqueio total da circulação de pessoas), que pode comprometer gravemente a economia" disse ele.



A intensidade das medidas varia conforme a gravidade da situação. A França adotou toque de recolher noturno, a Bélgica decidiu fechar por quatro semanas todos os restaurantes e bares, a Suíça tornou obrigatório o uso de máscaras em lugares fechados e a Alemanha instou os cidadãos a só saírem de casa em caso de urgência.

Em meio à segunda onda, algo que tem chamado a atenção de especialistas é o fato de que a alta recente no número de casos não tem sido acompanhada por um aumento proporcional das mortes e das entradas de pacientes em hospitais.



Há uma série de hipóteses em debate sobre essa suposta letalidade menor.

Uma delas é que o aumento do número de testes realizados passou a revelar mais casos brandos da doença, que não demandam internação, por exemplo.
Outra é que grande parte dos novos casos na Europa estão ligados aos jovens, e, por consequência, a tendência de quadros graves e mortes se torna menor.



Um terceiro ponto levantado é que os profissionais e os sistemas de saúde parecem mais bem preparados para lidar com o coronavírus, mesmo sem vacinas ou remédios que reduzam consideravelmente as mortes por Covid-19.
Fala-se ainda em cuidados mais rigorosos com a população idosa, que somou metade das mortes pela doença na primeira onda da pandemia na Europa.

Especialistas afirmam, no entanto, que ainda é cedo para celebrar uma segunda onda mais branda da doença e que nada garante que os hospitais não ficarão lotados em breve no continente europeu.



Brasil em tendência de queda

Desde o início da pandemia no Brasil, em fevereiro deste ano, o Brasil tem vivido diferentes fases da doença em seu extenso território.

Inicialmente circunscrita aos grandes centros urbanos, a Covid-19 já atingiu praticamente todos os municípios do país. Menos de 10, entre os 5.570, não registraram casos da doença.



O pico da pandemia no Brasil durou quase três meses. De 5 de junho a 23 de agosto, a média diária de mortes esteve acima de mil quase todos os dias.

E desde então essa taxa tem caído com consistência. Atualmente, o Brasil registra uma média semanal de 488 mortes, o menor patamar desde o início de maio. Mas ainda assim apenas Índia (780) e EUA (700) superam o país nesse quesito.



A queda de mortes da doença não significa, no entanto, que a pandemia esteja perto do fim no país. Ou que todas as regiões estejam registrando a mesma tendência de queda.

Há sinais, inclusive, de uma segunda onda de casos em estados que já haviam superado um pico, como o Amazonas.



A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) aponta em seu mais recente relatório semanal sobre a Covid-19 no país que estados como São Paulo, Minas Gerais e Paraná têm alta probabilidade de estarem em tendência de queda.

Recife e Rio de Janeiro, por exemplo, parecem ter conseguido interromper o aumento de casos.



No caminho oposto aparecem localidades como Amazonas, Pará, Maranhão, Santa Catarina e Sergipe, com bastante probabilidade de uma tendência de alta.

Em relação às capitais, a instituição afirma que Aracaju, Fortaleza, Macapá, Belém, Distrito Federal e Manaus apontam estar em uma trajetória de aumento dos casos.



Por fim, a Fiocruz adverte: "Embora a maioria das capitais esteja com sinal moderado (acima de 75%) ou alto (acima de 90%) de queda ou estabilidade no longo prazo, o cenário é de cautela" porque a doença ainda está em um patamar bastante elevado para ser considerada sob controle.

*Com informações de G1.









Leia também

Vídeo - Acidente envolvendo duas motos acontece nesta segunda-feira (7) em Conchal

Um acidente entre duas motocicletas aconteceu nesta manhã de segunda-feira (7), na esquina da Rua Conde de Parnaíba e Rua das Palmas, área central de Conchal. As duas pessoas, uma mulher de 40 anos, que conduzia uma das motocicletas e, um homem com 29 anos, que condizia a outra moto envolvida no acidente, foram socorridos pelo SAMU, com múltiplas escoriações, sem sinal de fraturas e com sinais vitais estáveis. Em seguida foram encaminhados ao Pronto Socorro local.  Um vídeo gravado por câmeras de segurança foi publicado nas redes sociais por moradores próximos ao local. Assista abaixo: 

Vídeo - Assalto com refém nesta quinta (10) termina com 1 criminoso morto e 3 presos em Araras

  Reportagem: Beto Ribeiro Na manhã desta quinta-feira (10), quatro criminosos de São Paulo (SP), ocupando um veículo Toyota/Fielder, produto de roubo invadiram uma residência na Vila Bressan, região central de Araras (SP), e fizeram uma família refém. Assista ao vídeo abaixo. A Polícia Militar foi comunicada sobre o assalto, equipes que estavam de serviço e em treinamento foram rapidamente ao local, e durante a ação de combate ao crime, um dos assaltantes que estava no telhado, acabou sendo alvejado e morto, um foi preso e os outros dois que ficaram no interior do imóvel, se renderam após cerca de duas horas de negociações. Três vítimas foram libertadas e socorridas pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU 192), depois de receberem atendimento no local pelo Dr. Agnaldo Píscopo. Equipes do 10º Baep – ​Batalhão de Ações Especiais de Polícia, halicóptero Águia da Polícia Militar, Guarda Civil Municipal e Corpo de Bombeiros, também estiveram no apoio da ocorrência.

Hospital de Conchal emite alerta de superlotação na área Covid – “Se continuar nessa proporção, nós teremos que começar a colocar camas nos corredores”, disse diretora do Madre Vannini

Neste domingo (6), a diretora do hospital Madre Vannini, Suelleni Santos, emitiu um alerta através de áudio enviado às autoridades da cidade, informando sobre a superlotação no hospital, na área reservada a tratamento de pacientes com Convid-19. “Nós chegamos até aqui e a nossa capacidade de ocupação de leitos chegou a 100%. Abrimos quatro novos leitos e todos já estão ocupados. Se continuar nessa proporção, nós teremos que começar a colocar camas nos corredores, pois o local destinado aos pacientes com Covid, não comportam mais ninguém” , explicou Suelleni.   No áudio a diretora explicou estar se referindo apenas a área reservada para o tratamento dos pacientes com Covid, não podendo misturar essas pessoas com os demais pacientes que buscam por atendimento devido outras patologias.   “Não temos como misturar fluxo, ou seja, colocar os pacientes com Covid em outros leitos destinados aos pacientes clínicos, pois pode acontecer a contaminação daqueles que vem no hospital por

Covid-19 - Veja como fica o calendário após Governo de SP antecipar datas de vacinação para toda população adulta

O governo de São Paulo anunciou nesta quarta-feira (9) que vai antecipar a vacinação contra Covid-19 do público geral, por faixa etária, e também de diversos grupos prioritários, como trabalhadores da educação e pessoas com deficiência permanente. Em média, cada faixa etária teve sua projeção de vacinação antecipada em cerca de 15 dias, em comparação com o calendário divulgado anteriormente. A partir desta quarta-feira (9) podem se vacinar os profissionais da educação básica com 45 e 46 anos de idade. Já aqueles com idade entre 18 e 44 anos poderão receber o imunizante a partir da próxima sexta-feira (11). Já as grávidas e as puérperas (mulheres que deram a luz há menos de 45 dias) devem receber a vacina a partir desta quinta (10), independente de sua condição de saúde. Antes, a vacinação deste grupo era restrita a mulheres com comorbidades. Também nesta quinta-feira (10) poderão se vacinar as pessoas com deficiência permanente, mas que não recebem o Benefício de Prestação Continua

48 novos casos de Covid-19 são confirmados nesta segunda-feira (7) em Conchal – Ao todo são 158 casos, com 20 hospitalizados, sendo 8 em UTI

Nesta segunda-feira (7), o município de Conchal registou 48 novos casos de Covid-19. A atualização foi publicada no boletim epidemiológico, fornecido pelo Departamento de Saúde do município (veja abaixo). Ao todo o município está com 158 pacientes diagnosticado com a doença, sendo que 20 desses pacientes estão hospitalizados, 8 em UTIs. Nesta tarde, o F5 publicou a matéria em que a diretora do Hospital Madre Vannini, Suelleni Santos, emitiu um alerta quanto a superlotação da área Covid no hospital ( Clique aqui para ler ) . A Unidade Sentinela atendeu 117 pessoas com síndrome gripal nesta segunda. Na semana passada foram 430 atendimentos em apenas 4 dias, segunda, terça, quarta e sexta-feira.      

OS MELHORES FILMES - BAIXE O APP AGORA!

Tudo o que você precisa, em um só lugar

Tudo o que você precisa, em um só lugar
Acesse Amazon

Quer receber notícias gratuitamente via WhatsApp?

Quer receber notícias gratuitamente via WhatsApp?
Clique na imagem e nos envie o seu nome e idade

VEJA TAMBÉM

Jovem comete suicídio em Conchal neste domingo (29), um dia após comemorar aniversário

O jovem de aproximadamente 21 anos, morador da cidade de São Paulo, segundo registrado, foi encontrado por uma cidadã conchalense, em uma construção, por volta das 19:10hs, deste domingo (29).   Segundo informações obtidas no local dos fatos pela nossa reportagem e, confirmadas em registro de boletim de ocorrência. Uma cidadã conchalense (Aline), esteve nesta construção, localizada à rua Benedito Novo, no bairro Novo Horizonte, em Conchal, para conhecer o local, onde segundo informações pretendia alugar ou comprar antes mesmo do término da obra.   Chegando ao imóvel em construção, ao entrar em um dos cômodos, a testemunha se deparou com um corpo suspenso, pendurado, enforcado, com uma mangueira em torno do pescoço.   A testemunha acionou a Policia Militar que passava pelo local naquele momento. O SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), a Polícia Cientifica, representada pela perita Mariana, fotógrafo Marco e, a Policia Civil, representada pelo GCM Ivam, que auxilia

Linha com cerol provoca acidente fatal na tarde desta sexta-feira (28) em Conchal

Por volta das 15h40min, desta sexta-feira (28), um homem de 42 anos de idade, morador de Conchal, foi atingido fatalmente por uma linha com cerol, quando passava com sua moto pela Rua dos Battel, próximo a escola Bela Vista, no bairro Esperança 3, em Conchal, SP. Moto da vitima  Segundo testemunhas a vítima ainda conseguiu andar alguns metros, até a esquina com a rua dos Maiochi, lugar onde acabou perdendo os sentidos. O SAMU foi acionado, porém quando chegou ao local foi constatada morte eminente, devido extensa laceração na região do pescoço. A ocorrência ainda está em andamento. A Polícia Militar está no local. O responsável pela linha com cerol que tirou a vida do trabalhador, ainda não foi identificado. Vale lembrar, que a venda e/ou utilização de linha com cerol ou linha chilena, com também é chamada, é crime.     

Homem de 23 anos é assassinado nesta quarta-feira (23) com 3 tiros e 6 facadas em Conchal

O crime aconteceu por volta das 20h25min desta quarta-feira (23), à rua Cândida  Battel, no bairro Jardim Peres, em Conchal.   A Guarda Municipal atendeu a ocorrência com o apoio da Policia Militar.   Segundo informações fornecidas por moradores próximo ao local, a vítima Michael Willian Mendes da Silva, 23 anos, foi abordado por pelo menos dois indivíduos encapuzados.   Michael tentou fugir, mas foi golpeado com pelo menos 6 facadas e três tiros, segundo constatado pela Policia Cientifica que esteve no local dos fatos. A polícia investiga o caso.              

Polícia Militar liberta homem que seria julgado por ‘tribunal do crime’ e prende 11 pessoas em Conchal

Por: Beto Ribeiro Repórter   Na noite de domingo (20), os policiais militares cabo Barros e soldado Consoni, estavam em patrulhamento de Força Tática pelo município de Araras (SP), quando receberam informações via COPOM, que pela cidade de Conchal (SP), estava ocorrendo um suposto "tribunal do crime", em andamento em um bar, pelo bairro Jardim Esperança III. De imediato, foi realizada uma diligência até o local, com o apoio de outras viaturas.   A informação dava conta de que um rapaz havia sido sequestrado e que estava sendo agredido, e provavelmente seria morto, ainda conforme as informações os envolvidos aumentaram o som do estabelecimento, para que os gritos não fossem ouvidos. O local indicado é o conhecido Bar HM, de propriedade de um indivíduo já conhecido nos meios policiais e o estabelecimento é afamado ponto de tráfico.   Defronte ao bar, havia um porco no rolete sendo feito, sendo que ali estavam três indivíduos, os quais, ao perceberem a chegada das vi