Novidade!

Policial de folga ajuda a salvar três crianças de afogamento no litoral de SP




Três crianças, de 6, 11 e 12 anos, foram resgatadas do mar em Guarujá, no litoral de São Paulo, após serem arrastadas por uma corrente de retorno. O primeiro a alcançar o trio e ajudar no salvamento foi um policial militar ambiental que estava de folga e surfava no momento do afogamento. O caso ocorreu na manhã desta terça-feira (6), na Praia de Pitangueiras.

Ao serem arrastadas pela correnteza, as crianças começaram a gritar, pedindo ajuda. Segundo informações preliminares, um homem de 39 anos e uma mulher de 34, que seriam pais de duas das crianças e tios da terceira, tentaram chegar ao trio, mas também acabaram atingidos pela corrente. Eles foram retirados do mar pelos salva-vidas que atuam na região.


O primeiro a ouvir os pedidos de ajuda das crianças foi o policial Victor Hugo Aguiar, que completava 35 anos no dia. Apesar de estar a cerca de 300 metros de distância, ele conseguiu nadar até alcançá-las e colocá-las na prancha, onde ficaram até a chegada de mais um surfista e da equipe do Grupamento de Bombeiros Marítimo (GBMar).

“Eu sempre faço uma oração antes de sair de casa, pedindo para Deus guiar meus passos. Então, me veio na cabeça a vontade de ir surfar. Cheguei à praia por volta das 11h, peguei algumas ondas e parei para esperar as ondas diminuírem. Foi quando ouvi um grito de socorro e vi uma cabecinha se afogando, e depois mais duas. Comecei a furar as ondas até chegar nelas”, conta.



Primeiramente, Aguiar colocou a criança mais nova em cima da prancha, e depois salvou os dois maiores. Ele lembra que, a todo momento, tentava acalmar o trio, que estava chorando, e orientou sobre o que eles deveriam fazer caso fossem atingidos por outra onda. Por estar em uma prancha pequena, na qual não cabiam as três crianças, ele precisou administrar a situação, até a chegada de ajuda.

“Eu sabia que seria impossível sair com os três do mar. Fiquei segurando eles, até que um outro surfista se aproximou e veio me ajudar. Passamos o maior ‘perrengue’, parece até que levei uma surra. Quando os guarda-vidas chegaram, nós saímos com os três do mar”, revela o policial.



Para Aguiar, ter a oportunidade de ajudar a salvar essa família foi o melhor presente de aniversário que poderia ter ganhado. Ele revela que também tem um filho pequeno, e não se perdoaria se algo de ruim acontecesse ao trio. Logo após sair do mar, ele ganhou um abraço e um agradecimento da mãe das crianças.

“Foi muito gratificante. Eu estava no lugar certo e na hora certa. Eu sempre sigo um salmo na minha vida, que diz que ‘ao homem que teme o Senhor, Ele o instruirá no caminho que deve escolher’. Acredito que foi isso que aconteceu nesta terça, foi Deus que me levou para aquela praia. É uma sensação maravilhosa saber que ajudei a salvar alguém”, finaliza.

*Com informações do repórter Beto Ribeiro.




Imperdível

Publicidade

Não Perca Tempo! Venha para os Cursos 24 horas

Leia também...

Conchal iniciou nesta quinta-feira (21) a vacinação contra a Covid-19

Vagabundo rouba cadeirante e acaba preso em flagrante pela PM em Conchal, SP

Prefeitura de Conchal se prepara para vacinação contra Covid-19 – O F5 entrevistou o diretor do departamento de saúde do município. Wagner Lozano deu mais detalhes sobre esse e outros assuntos relacionados ao setor

Professor pede ajuda após cadelinha ser jurada de morte

Quem são as pessoas que não podem tomar vacina contra covid

Criança de 10 anos engravida de gêmeos após ser estuprada pelo padrasto, diz polícia

Restaurante Santo Forte faz homenagem à lanchonetes que fizeram parte da história de Conchal

Força Tática captura procurado por tráfico de drogas e realiza flagrante de porte Ilegal de arma de fogo durante patrulhamento em Araras, SP

Prefeitura de Conchal inicia obras de manutenção no prédio do Cemec

Campanha da Acico distribui quase R$ 60 mil em prêmios

Todas as Publicações

Mostrar mais