Novidade!

Consumo excessivo de álcool é principal fator de risco para mais de 100 tipos de doenças



Você sabia que o consumo abusivo do álcool é, no Brasil, o principal fator de risco para mais de 100 tipos de doenças ou lesões? Dentre elas estão, por exemplo, sexo desprotegido, gastrite, hepatite, excesso de gordura no fígado, diversos tipos de câncer, doenças cardiovasculares, dependência do álcool, além de outros danos como acidentes e violência. Mas porque isso acontece? Existe uma quantidade segura para o beber? Isso acontece porque 50% dos brasileiros não consomem nem uma gota de bebida alcoólica, mas entre os que consomem, a maioria bebe em uma quantidade bem acima da considerada moderada.



Para que vocês possam compreender melhor: uma dose de bebida alcoólica equivale a uma lata de cerveja, uma taça de vinho ou 45 ml de qualquer bebida destilada, que é aquela quantidade que tem em um dosímetro que usam nos bares. O consumo moderado do álcool é beber até 2 doses de bebidas por dia para os homens, e para as mulheres é uma dose, não ultrapassando cinco vezes por semana. Lembre-se que o consumo do álcool, mesmo moderado, só é permitido para adultos e proibido para pessoas que vão dirigir ou operar máquinas, mulheres grávidas e pessoas com antecedentes de dependência na família ou que já estejam apresentando problemas relacionados ao uso do álcool.



Fique atento! Se você é adulto e consome bebidas alcoólicas nos seus momentos de lazer, entenda que ele não é pra ser usado abusivamente, para ficar embriagado ou mesmo como válvula de escape para o enfrentamento de problemas ou estresse da vida diária. Pense em outras formas de aproveitar seu dia!

*Com informações de Jovem Pan.









Imperdível

Publicidade

Não Perca Tempo! Venha para os Cursos 24 horas

Leia também...

Campanha da Acico distribui quase R$ 60 mil em prêmios

Vagabundo rouba cadeirante e acaba preso em flagrante pela PM em Conchal, SP

Prefeitura de Conchal se prepara para vacinação contra Covid-19 – O F5 entrevistou o diretor do departamento de saúde do município. Wagner Lozano deu mais detalhes sobre esse e outros assuntos relacionados ao setor

Casal se perde no meio do mato e é resgatado pela Polícia Militar na zona rural de Araras, SP

Polícia Militar desmonta centro de associação ao tráfico em Leme

Quem são as pessoas que não podem tomar vacina contra covid

Polícia Militar aborda veículo com “pé” para fora do porta-malas na Rodovia Anhanguera em Araras, SP

Prefeitura de Conchal inicia obras de manutenção no prédio do Cemec

Força Tática captura procurado por tráfico de drogas e realiza flagrante de porte Ilegal de arma de fogo durante patrulhamento em Araras, SP

Covas pede ao Ministério da Saúde que professores sejam priorizados na vacinação contra Covid-19

Todas as Publicações

Mostrar mais