Pular para o conteúdo principal

90 dias Grátis

Ensino híbrido, adaptações de professores e migração para a rede pública: as perspectivas para a educação em 2021



Por conta da pandemia de Covid-19, as instituições de ensino do país foram obrigadas a adotarem o modelo de ensino à distância, conhecido como EAD, uma vez que, a partir de março, todas as aulas presenciais foram suspensas no Brasil. Em São Paulo, a suspensão começou de forma gradual em 16 de março e terminou no dia 23 do mesmo mês. Com isso, escolas, professores, pais e alunos foram obrigados a se adaptarem e buscarem novas formas de aprendizagem e estudos durante esse período. Debora Gavazzi dos Santos, que é mãe de três filhos – com 5, 12 e 15 anos de idade – relatou que eles se adaptaram “rapidamente” às condições impostas, mas que “a atenção não era a mesma”. Ao mencionar o caso do filho mais novo, Debora diz que foi mais complicado e que a escola demorou a se adaptar às mudanças. “Foi complicado. Ele ficava uma hora assistindo a aula com a professora e tinham outras aulas extras em horários diversificados durante a semana. Dos três, a dificuldade maior foi com o pequeno. Acho que educação à distância para a ensino infantil é muito complicado, eles não prestam atenção e acabam contando muito com o meu auxílio”, relatou a mãe.



As dificuldades citadas por Debora também foram sentidas do lado dos professores. Para Ivana Priscilla Carvalho Badini, professora de história da rede pública, há duas dificuldades. Uma delas foi a aquisição de computadores – uma vez que Ivana precisou adquirir duas novas máquinas para que ela e suas filhas pudessem frequentar suas aulas. A segunda foi a adaptação de conhecimento relativo a tecnologias, já que ela teve que aprender a utilizar os aplicativos utilizados para ministrar aulas e dar avaliações. A professora diz ainda que, em determinado momento, tinha esperança de que as aulas pudessem retornar presencialmente no primeiro semestre. “Bateu realmente um desespero de não voltar a rotina e de saber que vamos passar por tudo isso de novo e que vamos continuar dessa maneira”, diz Ivana. O governo do estado de São Paulo anunciou no dia 17 de dezembro que definiu as regras para a retomada gradual das atividade presenciais das escolas permitindo que escolas de educação básica que estão em regiões classificadas na fase verde do Plano São Paulo possam receber 100% dos alunos matriculados. Na rede estadual, a previsão, no momento, é que as aulas sejam retomadas no dia 1º de fevereiro de 2021. O modelo em que as aulas serão retomadas ainda não foi definido pelo governo, mas especialistas dizem que o “ensino híbrido” pode ser uma solução viável.



Esgotamento do modelo EAD e ensino híbrido

Para Renato Casagrande, que é professor, pesquisador e colunista da Jovem Pan, a educação, ao menos no primeiro semestre de 2021, não deverá ser inteiramente presencial e deverá seguir um modelo de “ensino híbrido”, misturando momentos presenciais e momentos à distância. “A orientação que nós temos é uma volta parcial. Já há um esgotamento do modelo do ensino remoto, que se mostra ineficaz. Nós observamos o esgotamento deste modelo e temos que partir para o modelo híbrido, que é alunos na escola e alunos em casa”, diz Casagrande, que cita o caso do Paraná, que anunciou a retomada das aulas com este modelo híbrido, no qual o aluno teria semanas com aulas presenciais e semanas com aulas à distância.



O especialista em Educação também explica os modelos de ensino híbrido e como seria a atuação dos professores neles. “Os professores vão ter que criar um acervo de conteúdos que não vão ser só utilizados no momento agora. Quando a escola conseguir organizar esse acervo de conteúdo, ela poderá utilizar isso em outros momentos. São conteúdos clássicos que poderão ser trabalhados em qualquer momentos”, diz o professor. “Outro modelo é o método em que uma parcela vai para a escola e outra assiste em casa. Na semana seguinte, as coisas se invertem. Nós teríamos uma modalidade híbrida em que todos teriam o mesmo conteúdo. Isso funciona bem em alunos mais maduros. Para os mais novos, é um pouco mais difícil porque o professor precisa dar muita atenção, e isso vai dificultar essa atenção. Eu não vejo muita facilidade para o primeiro ciclo”, afirma.



Ao ser questionada sobre a possibilidade do ensino híbrido, Ivana diz que é uma alternativa possível que seria “menos danosa” para os alunos do que manter o ensino à distância. “O EAD, no sistema em que eu estudo, não funcionou muito bem. Então, ter o presencial e o EAD funcionaria bem melhor, porque você teria o plantão de dúvidas pessoal, um atendimento pessoal que é importante”, disse a professora. Debora, por sua vez, diz que “o ideal era voltar o presencial”, alegando que as crianças e adolescente precisam do presencial. Entretanto, ela reconhece que a possibilidade é pequena e diz que não se sentiria totalmente à vontade para mandar seus filhos para atividades presenciais.



“Assim como eu, acredito que tenham várias mães que estão nessa eterna dúvida, que ficam com o coração na mão que ao mesmo tempo não querem mandar, mas veem uma necessidade deles voltarem (ao ensino) presencial”, explica a mãe. A fala de Debora sobre um possível retorno às atividades presenciais nas escolas vai de encontro à opinião de um grupo de mães de São Paulo, que cobram que o governo do Estado siga o Plano São Paulo e retome as aulas presenciais nas cidades. Entretanto, o governo do Estado deu autonomia aos municípios para estabelecer como a retomada será feita.



Migração para a rede pública

Segundo dados da Secretaria de Educação de São Paulo, o número de transferências de alunos que deixaram a rede privada de ensino e foram para a rede pública até agosto foi 10 vezes maior do que o registrado em 2019. Foram contabilizados mais de 9 mil pedidos de transferências até agosto de 2020. Muitas destas mudanças foram provocadas pela crise econômica causada pela pandemia de Covid-19, uma vez que os pais deixaram de conseguir pagar as mensalidades e optaram por transferir seus filhos. Para Casagrande, esse movimento pode aumentar em 2021, uma vez que, segundo ele, o setor da educação tende a sentir a crise econômica um pouco depois de outros ramos. “A escola privada sempre sente um pouco mais tarde. Os pais insistem em manter seus filhos matriculados na escola, empurrando até o final do ano para não trocar a criança de escola. Então, a escola privada sempre sente a crise um pouco mais tarde. Há uma tendência de pais migrarem (seus filhos) para as escolas públicas. Se isso vai persistir ou não, vai depender muito de como a escola pública vai atuar nesse ensino híbrido, se ela vai realmente insistir nessa estrutura nova”, diz Renato, que também fala sobre uma possível incompatibilidade do número de alunos interessados para o número de vagas disponíveis na rede pública.



“O problema é que, às vezes, não existe a vaga na escola pública. Por mais que o Estado seja obrigado a ofertar, o sistema está estruturado para atender cerca de 18% das crianças nas escolas privadas e 82% nas escolas públicas. Se você muda drasticamente isso, o Estado não tem essa estrutura, não tem sala de aula e não tem professor concursado. Não tem a vaga. Ele é obrigado a ter a vaga, mas ele não tem. Não se cria uma vaga de uma hora para a outra. As vagas que foram criadas são vagas artificiais. No momento em que os alunos voltarem ao presencial, vamos verificar que essas vagas não existem”, explica o especialista.

*Com informações de Jovem Pan.










Leia também

Vídeo - Acidente envolvendo duas motos acontece nesta segunda-feira (7) em Conchal

Um acidente entre duas motocicletas aconteceu nesta manhã de segunda-feira (7), na esquina da Rua Conde de Parnaíba e Rua das Palmas, área central de Conchal. As duas pessoas, uma mulher de 40 anos, que conduzia uma das motocicletas e, um homem com 29 anos, que condizia a outra moto envolvida no acidente, foram socorridos pelo SAMU, com múltiplas escoriações, sem sinal de fraturas e com sinais vitais estáveis. Em seguida foram encaminhados ao Pronto Socorro local.  Um vídeo gravado por câmeras de segurança foi publicado nas redes sociais por moradores próximos ao local. Assista abaixo: 

Vídeo - Assalto com refém nesta quinta (10) termina com 1 criminoso morto e 3 presos em Araras

  Reportagem: Beto Ribeiro Na manhã desta quinta-feira (10), quatro criminosos de São Paulo (SP), ocupando um veículo Toyota/Fielder, produto de roubo invadiram uma residência na Vila Bressan, região central de Araras (SP), e fizeram uma família refém. Assista ao vídeo abaixo. A Polícia Militar foi comunicada sobre o assalto, equipes que estavam de serviço e em treinamento foram rapidamente ao local, e durante a ação de combate ao crime, um dos assaltantes que estava no telhado, acabou sendo alvejado e morto, um foi preso e os outros dois que ficaram no interior do imóvel, se renderam após cerca de duas horas de negociações. Três vítimas foram libertadas e socorridas pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU 192), depois de receberem atendimento no local pelo Dr. Agnaldo Píscopo. Equipes do 10º Baep – ​Batalhão de Ações Especiais de Polícia, halicóptero Águia da Polícia Militar, Guarda Civil Municipal e Corpo de Bombeiros, também estiveram no apoio da ocorrência.

Hospital de Conchal emite alerta de superlotação na área Covid – “Se continuar nessa proporção, nós teremos que começar a colocar camas nos corredores”, disse diretora do Madre Vannini

Neste domingo (6), a diretora do hospital Madre Vannini, Suelleni Santos, emitiu um alerta através de áudio enviado às autoridades da cidade, informando sobre a superlotação no hospital, na área reservada a tratamento de pacientes com Convid-19. “Nós chegamos até aqui e a nossa capacidade de ocupação de leitos chegou a 100%. Abrimos quatro novos leitos e todos já estão ocupados. Se continuar nessa proporção, nós teremos que começar a colocar camas nos corredores, pois o local destinado aos pacientes com Covid, não comportam mais ninguém” , explicou Suelleni.   No áudio a diretora explicou estar se referindo apenas a área reservada para o tratamento dos pacientes com Covid, não podendo misturar essas pessoas com os demais pacientes que buscam por atendimento devido outras patologias.   “Não temos como misturar fluxo, ou seja, colocar os pacientes com Covid em outros leitos destinados aos pacientes clínicos, pois pode acontecer a contaminação daqueles que vem no hospital por

Covid-19 - Veja como fica o calendário após Governo de SP antecipar datas de vacinação para toda população adulta

O governo de São Paulo anunciou nesta quarta-feira (9) que vai antecipar a vacinação contra Covid-19 do público geral, por faixa etária, e também de diversos grupos prioritários, como trabalhadores da educação e pessoas com deficiência permanente. Em média, cada faixa etária teve sua projeção de vacinação antecipada em cerca de 15 dias, em comparação com o calendário divulgado anteriormente. A partir desta quarta-feira (9) podem se vacinar os profissionais da educação básica com 45 e 46 anos de idade. Já aqueles com idade entre 18 e 44 anos poderão receber o imunizante a partir da próxima sexta-feira (11). Já as grávidas e as puérperas (mulheres que deram a luz há menos de 45 dias) devem receber a vacina a partir desta quinta (10), independente de sua condição de saúde. Antes, a vacinação deste grupo era restrita a mulheres com comorbidades. Também nesta quinta-feira (10) poderão se vacinar as pessoas com deficiência permanente, mas que não recebem o Benefício de Prestação Continua

48 novos casos de Covid-19 são confirmados nesta segunda-feira (7) em Conchal – Ao todo são 158 casos, com 20 hospitalizados, sendo 8 em UTI

Nesta segunda-feira (7), o município de Conchal registou 48 novos casos de Covid-19. A atualização foi publicada no boletim epidemiológico, fornecido pelo Departamento de Saúde do município (veja abaixo). Ao todo o município está com 158 pacientes diagnosticado com a doença, sendo que 20 desses pacientes estão hospitalizados, 8 em UTIs. Nesta tarde, o F5 publicou a matéria em que a diretora do Hospital Madre Vannini, Suelleni Santos, emitiu um alerta quanto a superlotação da área Covid no hospital ( Clique aqui para ler ) . A Unidade Sentinela atendeu 117 pessoas com síndrome gripal nesta segunda. Na semana passada foram 430 atendimentos em apenas 4 dias, segunda, terça, quarta e sexta-feira.      

OS MELHORES FILMES - BAIXE O APP AGORA!

Tudo o que você precisa, em um só lugar

Tudo o que você precisa, em um só lugar
Acesse Amazon

Quer receber notícias gratuitamente via WhatsApp?

Quer receber notícias gratuitamente via WhatsApp?
Clique na imagem e nos envie o seu nome e idade

VEJA TAMBÉM

Jovem comete suicídio em Conchal neste domingo (29), um dia após comemorar aniversário

O jovem de aproximadamente 21 anos, morador da cidade de São Paulo, segundo registrado, foi encontrado por uma cidadã conchalense, em uma construção, por volta das 19:10hs, deste domingo (29).   Segundo informações obtidas no local dos fatos pela nossa reportagem e, confirmadas em registro de boletim de ocorrência. Uma cidadã conchalense (Aline), esteve nesta construção, localizada à rua Benedito Novo, no bairro Novo Horizonte, em Conchal, para conhecer o local, onde segundo informações pretendia alugar ou comprar antes mesmo do término da obra.   Chegando ao imóvel em construção, ao entrar em um dos cômodos, a testemunha se deparou com um corpo suspenso, pendurado, enforcado, com uma mangueira em torno do pescoço.   A testemunha acionou a Policia Militar que passava pelo local naquele momento. O SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), a Polícia Cientifica, representada pela perita Mariana, fotógrafo Marco e, a Policia Civil, representada pelo GCM Ivam, que auxilia

Linha com cerol provoca acidente fatal na tarde desta sexta-feira (28) em Conchal

Por volta das 15h40min, desta sexta-feira (28), um homem de 42 anos de idade, morador de Conchal, foi atingido fatalmente por uma linha com cerol, quando passava com sua moto pela Rua dos Battel, próximo a escola Bela Vista, no bairro Esperança 3, em Conchal, SP. Moto da vitima  Segundo testemunhas a vítima ainda conseguiu andar alguns metros, até a esquina com a rua dos Maiochi, lugar onde acabou perdendo os sentidos. O SAMU foi acionado, porém quando chegou ao local foi constatada morte eminente, devido extensa laceração na região do pescoço. A ocorrência ainda está em andamento. A Polícia Militar está no local. O responsável pela linha com cerol que tirou a vida do trabalhador, ainda não foi identificado. Vale lembrar, que a venda e/ou utilização de linha com cerol ou linha chilena, com também é chamada, é crime.     

Homem de 23 anos é assassinado nesta quarta-feira (23) com 3 tiros e 6 facadas em Conchal

O crime aconteceu por volta das 20h25min desta quarta-feira (23), à rua Cândida  Battel, no bairro Jardim Peres, em Conchal.   A Guarda Municipal atendeu a ocorrência com o apoio da Policia Militar.   Segundo informações fornecidas por moradores próximo ao local, a vítima Michael Willian Mendes da Silva, 23 anos, foi abordado por pelo menos dois indivíduos encapuzados.   Michael tentou fugir, mas foi golpeado com pelo menos 6 facadas e três tiros, segundo constatado pela Policia Cientifica que esteve no local dos fatos. A polícia investiga o caso.              

Polícia Militar liberta homem que seria julgado por ‘tribunal do crime’ e prende 11 pessoas em Conchal

Por: Beto Ribeiro Repórter   Na noite de domingo (20), os policiais militares cabo Barros e soldado Consoni, estavam em patrulhamento de Força Tática pelo município de Araras (SP), quando receberam informações via COPOM, que pela cidade de Conchal (SP), estava ocorrendo um suposto "tribunal do crime", em andamento em um bar, pelo bairro Jardim Esperança III. De imediato, foi realizada uma diligência até o local, com o apoio de outras viaturas.   A informação dava conta de que um rapaz havia sido sequestrado e que estava sendo agredido, e provavelmente seria morto, ainda conforme as informações os envolvidos aumentaram o som do estabelecimento, para que os gritos não fossem ouvidos. O local indicado é o conhecido Bar HM, de propriedade de um indivíduo já conhecido nos meios policiais e o estabelecimento é afamado ponto de tráfico.   Defronte ao bar, havia um porco no rolete sendo feito, sendo que ali estavam três indivíduos, os quais, ao perceberem a chegada das vi