Novidade!

Ré por assassinato do marido, Flordelis vira titular da Secretaria da Mulher na Câmara



A deputada federal Flordelis (PSD-RJ), apontada como mandante do assassinato do marido em 2019, assumiu a titularidade da Secretaria da Mulher na Câmara. O novo cargo consta no perfil da parlamentar no site do Congresso. A nomeação ocorreu nessa terça-feira, 2, um dia depois do início do ano parlamentar. Segundo a assessoria da deputada, a nomeação como titular da Secretaria da Mulher ocorreu de forma automática, ou seja, todas as deputadas federais são indicadas titulares da pasta. A eleição para a escolha da coordenadora da bancada ocorre tradicionalmente depois do dia internacional da mulher. Hoje, a coordenadora da bancada é a professora Dorinha (DEM-TO). Criada em 2013, a Secretaria da Mulher uniu a Procuradoria da Mulher, formada em 2009, e a Coordenadoria dos Direitos da Mulher, que representa a Bancada Feminina. Segundo o portal da Câmara dos Deputados, a entidade “trouxe mecanismos importantes para a representação feminina no parlamento, como a presença da Coordenadora dos Direitos da Mulher (eleita pela Bancada Feminina) nas reuniões do Colégio de Líderes, com direito a voz, voto e a fazer uso do horário de liderança nas sessões plenárias.”



Flordelis é apontada pelo Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) como mandante da morte do seu marido, o pastor Anderson do Carmo, assassinado na porta da casa em que morava com a deputada e dezenas de filhos na cidade de Niterói, no dia 16 de junho de 2019. A deputada também foi considerada pela Justiça a responsável do crime, mas, como conta com imunidade parlamentar, está em liberdade. A defesa da família do pastor entrou com pedido para que ela fosse presa em flagrante, já que não teria cometido crime no exercício da função como deputada. A suspeita inicial foi de que Anderson tivesse sido vítima de latrocínio, hipótese descartada pela polícia em pouco tempo. Logo após o enterro do pastor, dois filhos dele, Flávio dos Santos, de 38 anos, e Lucas dos Santos, de 18, foram presos. Flávio confessou ter feito os disparos que mataram o pai, e Lucas, segundo a polícia, teve envolvimento com a negociação da arma utilizada no crime. No dia 20 de agosto de 2020, oito pessoas foram presas por envolvimento na morte do pastor. Entre eles estavam cinco filhos e uma neta de Anderson e Flordelis.



A deputada chegou confessou que sabia da trama para o assassinato do marido, mas negou qualquer ligação com o crime. No depoimento dado no ano passado, Flordelis afirmou que o filho adotivo Lucas dos Santos mostrou uma mensagem de texto recebida do celular da própria deputada, pedindo que ele matasse Anderson. A parlamentar disse, porém, que todos tinham acesso ao aparelho de celular dela, e que a tal mensagem foi enviada por Márcia, uma de suas filhas. Flordelis tinha mais de 50 filhos, entre adotivos e biológicos, com Anderson. A deputada afirmou, também, que chegou a contar sobre a mensagem ao pastor, no entanto rechaçou qualquer envolvimento com o crime. A deputada também é alvo de um processo no Conselho de Ética da Câmara e corre o risco de ser cassada.

*Com informações de Jovem Pan.









Imperdível

Publicidade

Não Perca Tempo! Venha para os Cursos 24 horas

Leia também...

Policia Militar e fiscais da prefeitura de Conchal fecham 4 estabelecimentos por não respeitar medidas de combate ao Covid-19

Conchal/SP - Sem sintomas, jovem de 22 anos descobre que está grávida após 37 semanas de gestação – O fenômeno é chamado pelos médicos, de “gravidez silenciosa”

Policia Civil apreende adolescente por tráfico de drogas no Esperança 1 em Conchal

Policia Militar prende mais um por tráfico de drogas em Conchal - Indagado, o meliante confessou que estava na prática de comercialização do entorpecente pelo local

Maria da Penha nele! - Meliante agride mulher grávida de 8 meses e é detido pela Policia Militar em Conchal

Policia Militar apreende nesta quinta-feira (25) maconha e menor no Parque Industrial em Conchal

Vídeo - Conseg realiza reunião para debater ideias visando melhorias da segurança pública em Conchal – Na ocasião o novo Delegado de Polícia Civil de Conchal foi apresentado

Governo de São Paulo estuda decretar toque de recolher no interior do estado

😎😎 Mulher tem casa invadida e reage com tapas e chutes após desconhecido tentar agarrá-la; assista vídeo.

Bombeiros buscam bebê que teria sido jogado pelo pai em rio de MG

Todas as Publicações

Mostrar mais