Pular para o conteúdo principal

Homem perde R$ 10 mil em “Golpe do Nudes” em Araras



Com a facilidade em acessar a internet de qualquer lugar, a qualquer momento e através do celular, por exemplo, alguns crimes virtuais se tornaram mais comuns, entre eles, o chamado “ Golpe do Nudes” ou “Sextorsão”.

A Polícia Civil alerta para os perfis desconhecidos nas redes sociais e pede para que as pessoas evitem conversar com estranhos nos aplicativos. De acordo com informações, ao menos cinco ocorrências já foram registradas na cidade de Araras (SP), em uma delas nesta semana, um homem perdeu R$ 10 mil reais, e registrou o boletim de ocorrência na central de Polícia Judiciária.

O GOLPE



Normalmente tudo começa no aplicativo Facebook, quando um perfil falso adiciona vítimas e começa a conversar. O Golpe do Nudes ou Sextorsão como ficou conhecido, consiste na criação de perfis fakes pelos criminosos, onde geralmente esses perfis são de mulheres atraentes, que passam a adicionar as vítimas e a dialogar através do messenger do facebook.

Posteriormente na troca de informações eles trocam mensagens pelo aplicativo whatsapp e enviam fotos íntimas. Os bandidos primeiramente enviam fotos de uma mulher e em seguida pedem para a vítima enviar suas fotos íntimas. Os fakes femininos são mais comuns e que na maioria dos casos.

CONTAS E NÚMEROS DE TELEFONE DO SUL

Depois que a pessoa envia fotos das partes íntimas do corpo, o perfil de uma terceira pessoa, e que seria o próprio criminoso, entra em contato para fazer a cobrança afirmando que a pessoa para quem enviou as imagens seria menor de idade e que para não fazer denúncia a vítima precisaria pagar um determinado valor. Passam a exigir certa quantia para não o denunciar à Polícia.

Ele fala que a pessoa com quem trocou as fotos seria menor de idade, que a vítima poderia sofrer um processo criminal, entre outras maneiras de tentar extorquir. Os criminosos se passam também por falsos advogados para fazer a cobrança e que os valores exigidos variam, mas são sempre acima de R$1.000 e caso a vítima não queira pagar os bandidos fazem ameaças. Falam que vão encaminhar as fotos para a família da vítima.

Na maioria das ocorrências registradas, as contas informadas para depósito e os números usados para contato são códigos 53, 54 e 55 de cidades do Rio Grande do Sul por isso a Polícia Civil suspeita que os golpes são aplicados por uma quadrilha de lá. Com o aumento de casos, a orientação da Polícia Civil é no sentido de evitar troca de mensagens com desconhecidos, principalmente mensagens íntimas.

Quando os criminosos entrarem em contato pedindo dinheiro é melhor bloquear e não passar nenhuma outra informação a eles. Vale lembrar que caso esteja passando por uma situação como esta é importante informar a polícia e registrar Boletim de Ocorrência. Com informações: Beto Ribeiro.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Horários (ponto a ponto) do ônibus circular e telefones úteis Conchal

Os horários apresentados nesta tabela representam horários aproximados do tempo de percurso de um ponto ao outro; Pode ocorrer variação de até 5 minutos para mais ou para menos. Solicitamos aos leitores F5 que utilizam o transporte público em Conchal, para que nos comunique através do número de WhatsApp (19) 99153 0445, se forem encontradas divergências nos horários publicados abaixo, para que possamos editar. Os horários apresentados nesta tabela representam horários aproximados do tempo de percurso de um ponto ao outro; Pode ocorrer variação de até 5 minutos para mais ou para menos.   Os horários apresentados nesta tabela representam horários aproximados do tempo de percurso de um ponto ao outro; Pode ocorrer variação de até 5 minutos para mais ou para menos.   Os horários apresentados nesta tabela representam horários aproximados do tempo de percurso de um ponto ao outro; Pode ocorrer variação de até 5 minutos para mais ou para menos.   Os hor

Tragédia no Trânsito de Conchal Deixa Mulher Morta e Família Clama por Justiça – Outros Quatro Acidentes Aconteceram no Final de Semana no Município

Um trágico acidente ocorrido na noite deste domingo (03) abalou a cidade de Conchal, deixando uma mulher de 56 anos morta. Neide Benedita de Campos foi atropelada enquanto atravessava a pé a avenida João Paulo II. O veículo envolvido, uma BMW branca, deixou o local do acidente. Segundo relatos de familiares ao F5, Neide estava a caminho da igreja quando foi atingida pelo veículo. Apesar dos esforços do SAMU, que a socorreu e a levou ao Pronto Socorro do hospital Madre Vannini, ela não resistiu aos ferimentos e veio a óbito pouco tempo após dar entrada. O motorista da BMW fugiu do local, mas populares anotaram a placa do veículo. A polícia já identificou o proprietário, que teria emprestado o carro a um amigo no momento do acidente. O condutor, conforme apurado pelo F5 nesta manhã de segunda-feira (04), deve se apresentar à polícia. A família da vítima clama por justiça, expressando preocupação de que a conexão do veículo com uma pessoa conhecida na cidade possa influenc

Acidente envolvendo dois veículos causa a morte de duas vítimas na Rod. Prof. Zeferino Vaz em Tujuguaba (Conchal)

  Duas pessoas perderam a vida e outras duas ficaram feridas na tarde desta quinta-feira (12), em um acidente envolvendo dois veículos na Rodovia Professor Zeferino Vaz, próximo ao distrito de Tujuguaba. O acidente aconteceu por volta das 17h30min, no   Km 174+900 da rodovia, no sentido Sul, em direção a Engenheiro Coelho. Os veículos, uma Amarok e uma Saveiro, seguiam no mesmo sentido quando a colisão ocorreu. No veículo Amarok, estavam um homem e uma mulher, que, apesar de sofrerem ferimentos leves, foram socorridos pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e encaminhados ao Hospital Madre Vannini, em Conchal. Suas identidades não foram divulgadas, porém, são moradores de Conchal. Infelizmente, a tragédia se abateu sobre os ocupantes da Saveiro, onde estavam dois homens que não resistiram aos ferimentos e entraram em óbito ainda no local do acidente. Os nomes das vítimas fatais e informações sobre suas origens ainda estão sob investigação, e seus corpos for