Pular para o conteúdo principal

Cartéis causam sobrepreço de até 25% do valor contratado em licitações - Afirmação é do ex-presidente do Cade, na semana de combate a cartéis


Começou hoje (4) e vai até sexta-feira (8) a Semana Nacional de Combate a Cartéis (SNCC), evento promovido pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) com o objetivo de fomentar discussões sobre o tema, fortalecer ações contra o ilícito concorrencial e expandir a rede de colaboração dos órgãos parceiros na área, a partir do compartilhamento de experiências e melhores técnicas de investigação.

A abertura do evento foi feita pelo ex-presidente do Cade Alexandre Barreto de Souza. “Se o cartel é considerado uma das mais graves, entre as infrações contra a ordem econômica, o cartel em licitações públicas se torna ainda pior porque, nesse caso, o lesado indiretamente é o erário. Dessa forma, como consequência todos os cidadãos brasileiros são lesados”, disse Souza ao abrir o evento.

Segundo ele, em 2020 cerca de R$ 35,5 bilhões foram gastos em licitações públicas apenas na esfera federal brasileira. “Números de 2017 apontam que 6,5% do PIB correspondem a compras públicas. A partir desses números temos ideia do gigantesco impacto negativo que poderia ocorrer ou ocorre no Brasil, quando da ocorrência de cartéis em licitações”, disse.


Souza acrescenta que, de acordo com alguns estudos levantados pelo Cade, o prejuízo causado pelo quartel pode ser da ordem de até 20% do valor dos benefícios contratados. Em alguns casos esse percentual pode ser ainda maior, chegando a um sobrepreço da ordem de 25% do valor contratado.

“Entre 2014 e 2021, verificamos cerca de 30 processos administrativos envolvendo cartéis e licitações julgados pelo tribunal do Cade, sendo que 24 deles foram condenados, gerando um total de 73 pessoas físicas e 91 pessoas jurídicas condenadas, com multas da ordem de R$1,2 bilhão. Além dessas condenações tivemos 75 acordos homologados nos últimos anos, com uma arrecadação efetiva em termos de contribuição pecuniária da ordem de R$ 1,8 bilhão”, acrescentou.

A programação do evento tem como foco o “compartilhamento de experiências e o fortalecimento de ações contra o ilícito concorrencial praticado em licitações públicas” – infração grave que resulta na aquisição de produtos e na contratação de serviços em condições desvantajosas para a administração pública.

Entre os temas a serem debatidos estão a nova lei de licitações, a interface entre o Cade e outros órgãos no combate a cartéis e as ferramentas para detecção e prevenção de conluios em certames públicos. Os debates serão transmitidos pelo canal do Cade no Youtube.

Dezessete especialistas participarão dos debates, entre representantes do Cade, do Ministério Público Federal, da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), da Controladoria-Geral da União (CGU), do Instituto Brasileiro de Estudos de Concorrência, Consumo e Comércio Internacional (Ibrac), da Ordem dos Advogados do Brasil e de professores da área. 



*Agência Brasil

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Horários (ponto a ponto) do ônibus circular e telefones úteis Conchal

Os horários apresentados nesta tabela representam horários aproximados do tempo de percurso de um ponto ao outro; Pode ocorrer variação de até 5 minutos para mais ou para menos. Solicitamos aos leitores F5 que utilizam o transporte público em Conchal, para que nos comunique através do número de WhatsApp (19) 99153 0445, se forem encontradas divergências nos horários publicados abaixo, para que possamos editar. Os horários apresentados nesta tabela representam horários aproximados do tempo de percurso de um ponto ao outro; Pode ocorrer variação de até 5 minutos para mais ou para menos.   Os horários apresentados nesta tabela representam horários aproximados do tempo de percurso de um ponto ao outro; Pode ocorrer variação de até 5 minutos para mais ou para menos.   Os horários apresentados nesta tabela representam horários aproximados do tempo de percurso de um ponto ao outro; Pode ocorrer variação de até 5 minutos para mais ou para menos.   Os hor

Tragédia no Trânsito de Conchal Deixa Mulher Morta e Família Clama por Justiça – Outros Quatro Acidentes Aconteceram no Final de Semana no Município

Um trágico acidente ocorrido na noite deste domingo (03) abalou a cidade de Conchal, deixando uma mulher de 56 anos morta. Neide Benedita de Campos foi atropelada enquanto atravessava a pé a avenida João Paulo II. O veículo envolvido, uma BMW branca, deixou o local do acidente. Segundo relatos de familiares ao F5, Neide estava a caminho da igreja quando foi atingida pelo veículo. Apesar dos esforços do SAMU, que a socorreu e a levou ao Pronto Socorro do hospital Madre Vannini, ela não resistiu aos ferimentos e veio a óbito pouco tempo após dar entrada. O motorista da BMW fugiu do local, mas populares anotaram a placa do veículo. A polícia já identificou o proprietário, que teria emprestado o carro a um amigo no momento do acidente. O condutor, conforme apurado pelo F5 nesta manhã de segunda-feira (04), deve se apresentar à polícia. A família da vítima clama por justiça, expressando preocupação de que a conexão do veículo com uma pessoa conhecida na cidade possa influenc

Acidente envolvendo dois veículos causa a morte de duas vítimas na Rod. Prof. Zeferino Vaz em Tujuguaba (Conchal)

  Duas pessoas perderam a vida e outras duas ficaram feridas na tarde desta quinta-feira (12), em um acidente envolvendo dois veículos na Rodovia Professor Zeferino Vaz, próximo ao distrito de Tujuguaba. O acidente aconteceu por volta das 17h30min, no   Km 174+900 da rodovia, no sentido Sul, em direção a Engenheiro Coelho. Os veículos, uma Amarok e uma Saveiro, seguiam no mesmo sentido quando a colisão ocorreu. No veículo Amarok, estavam um homem e uma mulher, que, apesar de sofrerem ferimentos leves, foram socorridos pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e encaminhados ao Hospital Madre Vannini, em Conchal. Suas identidades não foram divulgadas, porém, são moradores de Conchal. Infelizmente, a tragédia se abateu sobre os ocupantes da Saveiro, onde estavam dois homens que não resistiram aos ferimentos e entraram em óbito ainda no local do acidente. Os nomes das vítimas fatais e informações sobre suas origens ainda estão sob investigação, e seus corpos for