Gravação ambiental clandestina agora é prova ilegal em ação eleitoral, diz TSE Pular para o conteúdo principal


Gravação ambiental clandestina agora é prova ilegal em ação eleitoral, diz TSE



A partir de agora, nos processos eleitorais são consideradas ilícitas as provas obtidas por meio de gravação ambiental clandestina feita em ambiente privado, sem autorização judicial e sem o conhecimento dos interlocutores.

Essa foi a conclusão do Tribunal Superior Eleitoral, que nesta quinta-feira (7/10) formou maioria apertada de 4 votos a 3 para alterar a própria jurisprudência sobre o tema. Os casos haviam sido paralisados por pedidos de vista seguidas vezes e foram retomados com leitura de voto-vista do ministro Luís Felipe Salomão.

A corte julgou três recursos provenientes de ações de investigação judicial eleitoral que tiveram como base informações obtidas por meio de gravações feitas contra candidatos, sem o conhecimento dos mesmos. Eles ocorreram nas cidades de São Pedro da Água Branca (MA), Santa Inês (PR) e São José da Safira (MG).

Prevaleceu a posição do ministro Alexandre de Moraes, segundo a qual tais provas são ilícitas porque a privacidade e a intimidade, direitos fundamentais garantidos pela Constituição, devem prevalecer, sob o risco de incentivar essa prática em cenário de disputa acirrada como o eleitoral.


Votaram com o ministro Alexandre, relator dos três casos, os ministros Luís Felipe Salomão, Mauro Campbell e Carlos Horbach.

Ficaram vencidos por entender como lícita as provas decorrentes de gravação clandestina os ministros Luís Roberto Barroso, Luiz Edson Fachin e Sérgio Banhos.

Segurança jurídica

Os três casos se referem à eleição municipal de 2016, para a qual a jurisprudência do TSE, formada em 2019, indicava a validade do validade de gravação ambiental como prova de compra de votos. Ela só não seria válida na hipótese do chamado flagrante preparado, quando o interlocutor induz o ilícito.

Segundo o ministro Luís Roberto Barroso, desde então o TSE julgou 28 casos. Em 22 deles, considerou a prova lícita. Em outros seis, ela foi declarada ilícita, mas por especificidades de cada caso concreto que levaram à corte à conclusão de que houve prática indutiva por quem fez a gravação — como previsto no já citado precedente.



A questão da subversão dessa jurisprudência foi um dos pontos principais da discussão. "Não é possível que, para alguns casos de 2016, a decisão seja uma e, para outros, seja outra", criticou Barroso.

Foi esse o ponto que levou o ministro Sergio Banhos a votar com a divergência. Particularmente, ele entende que gravação ambiental clandestina é prova ilícita. Mas defendeu que não seria cabível alterar esse entendimento depois de julgar outros casos que ocorreram na mesma eleição de 2016.

A maioria, no entanto, acolheu a posição do ministro Alexandre de Moraes segundo a qual a ilicitude desse tipo de prova é reforçada pela entrada em vigor do pacote "anticrime" (Lei 13.964/2019), que inseriu o artigo 8-A na Lei 9.296/1996 — o diploma que regulamenta a interceptação de comunicações.

O dispositivo fixa que a captação ambiental deve ser feita com autorização judicial mediante requerimento do Ministério Público ou da autoridade policial. O parágrafo 4º afirma que a captação ambiental feita por um dos interlocutores sem o prévio conhecimento da autoridade policial ou do Ministério Público só poderá ser usada para defesa, desde que demonstrada a integridade da gravação.

Aplicabilidade imediata

Para Moraes, a aplicabilidade do pacote anticrime é imediata e deve influenciar processos eleitorais. A ideia é que se no mais, que é o caso do detentor de mandato público, a gravação ambiental dependerá de autorização judicial para comprovar prática de crime, no menos — o caso do mero candidato — não faz sentido dispensar a autorização judicial para tanto.


Ao acompanhar o relator, o ministro Salomão defendeu que as nuances e especificidades do processo eleitoral recomendam cautela redobrada quanto à admissão de gravações, pois além de afrontarem direitos fundamentais, representam ameaça à estabilidade do Estado Democrático de Direito.

O ministro Mauro Campbell concordou e destacou o risco de a Justiça Eleitoral se tornar palco de permanente judicialização das eleições, transmutando seu papel em agente de desestabilização das eleições. "O reconhecimento da ilicitude, ao invés de fragilizar atuação dessa Justiça, potencializa seu papel de garantidora de direitos constitucionais de primeira grandeza", opinou.

Candidato não é réu

Desde o primeiro momento, esse foi o ponto de divergência do ministro Barroso. Nesta quinta-feira, ele admitiu não ter simpatia pelo uso de gravações ambientais, mas ressaltou que segurança jurídica e a isonomia são valores também protegidos constitucionalmente. Assim, a norma do pacote "anticrime" não deve ter aplicabilidade imediata na seara eleitoral.

"Trata-se de norma de natureza processual. Ela não cria ou elimina um tipo penal. Ela regulamenta um meio de prova. Acho que é norma processual que se aplica daqui para frente, mas não à prova produzida preteritamente. Senão, seria uma invalidação superveniente de algo que era considerado licito no momento em que foi produzido", afirmou quando leu voto-vista, em 2 de setembro.

Também divergiu o ministro Luiz Edson Fachin, ao fazer a distinção da situação da pessoa que pratica crime (cuja situação é abordada no pacote "anticrime") e a do candidato que pratica ilícito eleitoral. O réu penal não tem qualquer distinção para outros cidadãos. O candidato, sim. No exercício dessa condição jurídica, todos seus atos têm interesse público e devem ser transparentes.

"Não se permite que candidato use de direitos fundamentais como escudo para ocultar a prática de ilícitos eleitorais e torne putativa a realidade presenciada pelo eleitor. Prerrogativas fundamentais devem ser lidas em perspectiva macro, em ordem a não infirmar direitos medulares de igual dimensão, dentre os quais está a liberdade de sufrágio, a igualdade de candidatos e a legitimidade do direito das eleições", afirmou.


Assim, se a privacidade dos candidatos é relativizada em favor da ampla informação ao eleitor e se a legitimidade das eleições tem como espinha dorsal o controle dos atos e a efetiva responsabilização desses candidatos, não é automaticamente aplicável o artigo 8-A da Lei 9.296/1996.

Em discussão no STF

O tema é controverso e está sendo apreciado pelo STF no RE 1.040.515. Em 2017, a corte reconheceu repercussão geral sobre a necessidade de autorização judicial para tornar uma gravação ambiental apta a instruir ação de impugnação de mandato eletivo (Aime).

O julgamento do recurso extraordinário começou depois do julgamento no TSE. Até agora, o único a votar no caso foi o relator, ministro Dias Toffoli, em junho de 2021. O julgamento foi interrompido por pedido de vista do ministro Gilmar Mendes.

Toffoli defendeu a ilicitude do meio de prova, pois reveste-se de intenções espúrias e indica a indução ou instigação de um flagrante preparado. A exceção é quando o registro ocorre em lugar público — o que não ocorreu no caso julgado pelo TSE.

O relator ainda propôs que o entendimento seja aplicado a partir das Eleições de 2022, em homenagem ao princípio da segurança jurídica, ponto ressaltado no voto do ministro Luís Roberto Barroso nesta quinta-feira.



 

“Poder da Sedução” Moda Íntima



Rua Conde de Parnaíba 528 - centro - Conchal

Horários (ponto a ponto) do ônibus circular e telefones úteis Conchal

Horários (ponto a ponto) do ônibus circular e telefones úteis Conchal
CLIQUE NA FOTO PARA ACESSAR TABELA DE HORÁRIOS

Leia também

Presidente do Banco Central diz que cartão de crédito deixará de existir

O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, disse que o cartão de crédito deixará de existir em breve. Ele afirmou que o “open finance“, modalidade pela qual os clientes disponibilizam seus dados a diferentes instituições, deve acelerar o processo. Com isso, não haverá mais a necessidade de diversos aplicativos de bancos. Ele prevê que até 2024 já esteja disponível uma moeda digital em que cada pessoa terá um aplicativo integrador que cuidará da vida financeira virtual e física no mesmo lugar. Além disso, ele ressaltou que o Pix já faz muitas questões relacionadas a pagamentos e soluciona problemas, inclusive oferecendo aos usuários compras através da modalidade de crédito. Campos Neto também falou sobre uma possível regulação das criptomoedas no Brasil, para que haja mais transparência na maneira como são transacionadas, criadas e negociadas. “A gente tem que ter certeza de que as pessoas sabem o que estão comprando. A tarefa do regulador é essa da transparênci

Bandidos armados invadem residência no centro de Conchal e roubam veículos e outros pertences das vítimas – Crime aconteceu na noite desta terça-feira (16)

Três bandidos, dois deles armados e encapuzados, invadiram uma residência na noite desta terça-feira (16), localizada à rua Visconde de Indaiatuba, no centro do município de Conchal (SP), fizeram os moradores reféns e roubaram diversos pertences no local. Os criminosos roubaram dois veículos, sendo, um Jeta RL, cor branca e um Up Move Ma de cor cinza. Os criminosos também levaram uma televisão, joias, dinheiro em espécie e equipamentos odontológicos. De acordo com informações, os criminosos ainda obrigaram as vítimas a fazerem transferências bancarias via Pix, no valor de R$ 500. A Guarda Municipal foi acionada e os GCMs Mauricio e Nezão atenderam a ocorrência.  

Policial militar morre após grave acidente na Rodovia Anhanguera em Araras

Um policial militar de 43 anos morreu, após um grave acidente na manhã de domingo (14), no km-175,5 da Rodovia Anhanguera (SP-330), em Araras (SP). O cabo Daniel Azevedo Bassinello, trabalhava na cidade de Limeira (SP). Segundo a concessionária Arteris Intervias, a colisão na pista sentido capital envolveu um carro e um caminhão. As causas serão investigadas pela Polícia Civil. De acordo com a nota do 36º Batalhão de Polícia Militar do Interior, o policial dirigia um veículo modelo Chevrolet/Astra quando colidiu contra um caminhão Volvo que tracionava dois semirreboques. O motorista do caminhão sofreu ferimentos leves. Já o policial chegou a ser socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel (Samu) e pelo Resgate da concessionária, mas não resistiu aos ferimentos e morreu a caminho do hospital. Uma faixa da pista precisou ser interditada para o socorro das vítimas. Segundo a concessionária, o tráfego foi liberado por volta das 9h45. Profissionalismo e honra De acordo com

GCMs promovem operação conjunta de prevenção ao crime em Conchal e Engenheiro Coelho

Uma ação conjunta entre as GCMs de Conchal e Engenheiro Coelho, aconteceu no último final de semana em ambos os municípios. A operação teve por objetivo, coibir a ação de criminosos. Pelo menos doze GCMs, em cinco viaturas, percorrem diversos pontos da cidade de Conchal, onde realizaram diversas abordagens a pessoas e veículos em busca de ilícitos. Após a varredura pelo município, os GCMs seguiram para a cidade de Engenheiro Coelho onde obtiveram êxito em deter uma pessoa pela prática de tráfico de drogas.

Guarda Municipal de Conchal localiza veículo produto de roubo em meio a matagal – veículo com emplacamento de Pedreira (SP), teria sido roubado em Campinas (SP)

A Guarda municipal de Conchal, localizou na manhã desta terça-feira (16), um veículo Fiat Weekend, com emplacamento do município de Pedreira (SP), produto de roubo no último dia 12/08, em Campinas (SP). O carro foi encontrado no bairro Conchal Velho, área rural do município de Conchal. O veículo foi conduzido à Delegacia de Polícia Civil, onde foram adotadas as medidas cabíveis.     A ação foi promovida pelos GCMs, Casanova, Silva, Braga, Franco e Souza.

Quer receber notícias gratuitamente via WhatsApp?

Quer receber notícias gratuitamente via WhatsApp?
Clique na imagem e nos envie o seu nome e idade

VEJA TAMBÉM

Presidente do Banco Central diz que cartão de crédito deixará de existir

O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, disse que o cartão de crédito deixará de existir em breve. Ele afirmou que o “open finance“, modalidade pela qual os clientes disponibilizam seus dados a diferentes instituições, deve acelerar o processo. Com isso, não haverá mais a necessidade de diversos aplicativos de bancos. Ele prevê que até 2024 já esteja disponível uma moeda digital em que cada pessoa terá um aplicativo integrador que cuidará da vida financeira virtual e física no mesmo lugar. Além disso, ele ressaltou que o Pix já faz muitas questões relacionadas a pagamentos e soluciona problemas, inclusive oferecendo aos usuários compras através da modalidade de crédito. Campos Neto também falou sobre uma possível regulação das criptomoedas no Brasil, para que haja mais transparência na maneira como são transacionadas, criadas e negociadas. “A gente tem que ter certeza de que as pessoas sabem o que estão comprando. A tarefa do regulador é essa da transparênci

Bandidos armados invadem residência no centro de Conchal e roubam veículos e outros pertences das vítimas – Crime aconteceu na noite desta terça-feira (16)

Três bandidos, dois deles armados e encapuzados, invadiram uma residência na noite desta terça-feira (16), localizada à rua Visconde de Indaiatuba, no centro do município de Conchal (SP), fizeram os moradores reféns e roubaram diversos pertences no local. Os criminosos roubaram dois veículos, sendo, um Jeta RL, cor branca e um Up Move Ma de cor cinza. Os criminosos também levaram uma televisão, joias, dinheiro em espécie e equipamentos odontológicos. De acordo com informações, os criminosos ainda obrigaram as vítimas a fazerem transferências bancarias via Pix, no valor de R$ 500. A Guarda Municipal foi acionada e os GCMs Mauricio e Nezão atenderam a ocorrência.  

Vídeos: Bandidos roubam carro em Mogi Guaçu, tentam assalto em Itapira e são presos em Conchal - Ação da PM com apoio da GCM Conchal resultou na prisão de dois elementos e a recuperação do veiculo produto de roubo

A Guarda Municipal de Conchal e a Polícia Militar conseguiram recuperar um veículo e prender dois indivíduos nesta sexta-feira (22), em Conchal. As primeiras informações dão conta que, os indivíduos teriam roubado um veiculo Onix, no município de Mogi Guaçu e, em seguida, seguido para o município de Itapira, onde tentaram praticar um assalto. Os suspeitos teriam fugido daquela região e seguido sentido Conchal, quando deram de encontro com uma viatura de polícia militar, momento este que deu início a uma perseguição. A PM solicitou apoio em Conchal e prontamente foi atendida pela Guarda Municipal. Um dos vídeos que circula na internet, mostra pelo menos seis viaturas fazendo o acompanhamento dos suspeitos pelas ruas da cidade; veja vídeos abaixo.  Os indivíduos foram abordados pelo bairro Santa Rita, quando um dos GCMs de Conchal (Marques), conseguiu deter um suspeito, enquanto o outro elemento fugiu para o mato, mas logo foi capturado pela PM.   De acordo

Jogadora da Seleção Brasileira Tandara Caixeta, conquista recursos para tratamento da menina Ana Clara de Conchal (SP)

A família de Ana Clara, conseguiu, com recursos de uma emenda, ter nova esperança sobre a situação da bebê de 1 ano de idade. A menina, residente em Conchal, sofre de AME (Atrofia Muscular Espinhal) e faz uso de Gastrostomia para se alimentar e Traqueostomia para respirar. Após Tandara Caixeta, jogadora da Seleção Brasileira de vôlei, conhece-la, sua história passou a mudar.   “Quando eu tomei conhecimento através do Osmar Metzker,   da situação da Ana Clara, meu coração de mãe se sensibilizou. Osmar me pediu apenas uma camisa para fazer uma rifa para levantar recursos e através do Instituto Tandara Caixeta, busquei interceder junto ao governador do Estado. Ele – Rodrigo Garcia – gentilmente, liberou 150 mil reais para o município de Conchal, a fim de ajudar a criança”, explicou Tandara. Segundo a atleta, o prefeito de Conchal, Vando Magnusson, ficou muito feliz com a intervenção dela, que resultou na emenda.   “O vôlei me ensinou a lutar pelas minhas colegas em qua

Postagens mais visitadas deste blog

Dois bairros em Conchal amanhecem com faixas de alerta colocadas por moradores; “Sujeito a Cacete”

  Duas ruas de diferentes bairros em Conchal, SP, amanheceram nesta quinta-feira (23), com faixas alertando quanto ao barulho provocado pelo escapamento de motocicletas. “Proibido tirar de giro e chamar no grau – Sujeito a Cacete. Não vamos aceitar essas coisas na comunidade”, diz a mensagem nas faixas. Os responsáveis pela colocação das faixas não foram identificados, porém a mensagem foi bem aceita por moradores próximos aos locais onde as faixas foram colocadas, conforme algumas pessoas dos bairros relataram ao F5. Uma das faixas foi colocada na rua dos Battel, no bairro Esperança III, próximo ao campo de futebol. A outra foi colocada no bairro Parque Industrial, na rua Mato Grosso. Atualizando - 13:30hs:  Polícia Civil retira faixas de “Proibido tirar de giro e chamar no grau – Sujeito a Cacete, colocadas em bairros de Conchal – Faixas idênticas foram vistas em quase todas as regiões do estado de SP; Veja outras cidades. Acesse:

Horários (ponto a ponto) do ônibus circular e telefones úteis Conchal

Os horários apresentados nesta tabela representam horários aproximados do tempo de percurso de um ponto ao outro; Pode ocorrer variação de até 5 minutos para mais ou para menos. Solicitamos aos leitores F5 que utilizam o transporte público em Conchal, para que nos comunique através do número de WhatsApp (19) 99153 0445, se forem encontradas divergências nos horários publicados abaixo, para que possamos editar. Os horários apresentados nesta tabela representam horários aproximados do tempo de percurso de um ponto ao outro; Pode ocorrer variação de até 5 minutos para mais ou para menos.   Os horários apresentados nesta tabela representam horários aproximados do tempo de percurso de um ponto ao outro; Pode ocorrer variação de até 5 minutos para mais ou para menos.   Os horários apresentados nesta tabela representam horários aproximados do tempo de percurso de um ponto ao outro; Pode ocorrer variação de até 5 minutos para mais ou para menos.   Os horários apr

Presidente do Banco Central diz que cartão de crédito deixará de existir

O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, disse que o cartão de crédito deixará de existir em breve. Ele afirmou que o “open finance“, modalidade pela qual os clientes disponibilizam seus dados a diferentes instituições, deve acelerar o processo. Com isso, não haverá mais a necessidade de diversos aplicativos de bancos. Ele prevê que até 2024 já esteja disponível uma moeda digital em que cada pessoa terá um aplicativo integrador que cuidará da vida financeira virtual e física no mesmo lugar. Além disso, ele ressaltou que o Pix já faz muitas questões relacionadas a pagamentos e soluciona problemas, inclusive oferecendo aos usuários compras através da modalidade de crédito. Campos Neto também falou sobre uma possível regulação das criptomoedas no Brasil, para que haja mais transparência na maneira como são transacionadas, criadas e negociadas. “A gente tem que ter certeza de que as pessoas sabem o que estão comprando. A tarefa do regulador é essa da transparênci

Desentendimento em bar em Conchal (SP), termina com um morto, um hospitalizado e dois foragidos

O que era para ser apenas uma discussão, levou a morte de um jovem de 26 anos, proprietário de um bar na esquina da rua Pernambuco, com a rua Mato Grosso, no bairro Parque Industrial, no município de Conchal (SP). De acordo com as primeiras informações, por volta das 23hs, desta segunda-feira (08), o proprietário do estabelecimento tratava sobre uma dívida com um adolescente de 17 anos de idade, que estava junto com o pai. O pai do adolescente saiu para fora do estabelecimento e passou a discutir com a irmã do proprietário do bar que, entrou no próprio veículo e saiu do local, porém retornou em seguida e, em alta velocidade, atropelou o homem com quem havia discutido. Ao ver que o pai havia sido atropelado, o adolescente de 17 anos, golpeou com uma faca, o dono do bar (veja outra versão abaixo). O dono do estabelecimento Júlio Cesar Brito, chegou a ser socorrido ao hospital Madre Vannini, em Conchal, mas não resistiu aos ferimentos. O homem atropelado, foi socorrido

Grave acidente entre carro e ônibus na SP-191 acontece na manhã desta sexta-feira (22) - Vítimas são de Conchal

Um grave acidente envolvendo um veículo WV Gol e um ônibus que transportava trabalhadores, aconteceu por volta das 7h15 da manhã desta sexta-feira (22), no Km 3+300m da SP-191 (Conchal/Mogi Mirim). Segundo testemunhas que estavam pelo local, o WV Gol com dois ocupantes, transitava no sentido Mogi Mirim para Conchal, quando ao tentar fazer uma ultrapassagem atingiu de raspão a traseira de outro veículo, um Astra, que seguia de Conchal para Mogi Mirim. O WV Gol rodopiou e colidiu em um ônibus que transportava 21 trabalhadores. Os dois ocupantes do WV Gol são de Conchal. Como impacto, Robson Lázaro Ruiz Júnior, que viajava no banco de passageiros do Gol, entrou em óbito no local. A jovem, Eduarda Pereira, foi socorrida ainda com vida, porém em estado gravíssimo, pela equipe do Águia, da Polícia Militar, para o HC da Unicamp. Até o momento não temos informações "oficiais" do estado de saúde de Eduarda.  Do ônibus ninguém se feriu. Unidades do Samu (Serviço de A

Adolescente de 16 anos é encontrado morto na tarde desta sexta-feira (12) em estrada rural de Conchal, SP

Populares encontraram o corpo do adolescente e acionaram a GCM - Foto Gean Mendes/F5 O adolescente Wesley Abreu de Andrade, de 16 anos de idade, foi encontrado morto na tarde desta sexta-feira (12), às margens da estrada municipal Conchal/Martinho Prado, bairro 90. Populares encontraram o adolescente e acionaram a Guarda Municipal. O SAMU também foi acionado, porém ao chegar no local constataram que a vitima já estava morto.   Wesley foi vítima de homicídio, sendo inicialmente constatado uma perfuração no dorso (região entre o pescoço e a região glútea), provocado por arma de fogo. A área foi isolada até a chegada da polícia cientifica que compareceu para coleta de material para exames.  O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal do município de Limeira, sendo conduzido pela funerária São Bento.  Investigadores e delegado da Policia Civil estiveram presentes, buscando evidências que possam levar ao autor do homicídio.

Ainhume Gonçalves será velada nesta quarta-feira (20), a partir das 7hs, no Cemitério Municipal de Conchal

A jovem de 24 anos de idade, Ainhume Gonçalves, será velada nesta quarta-feira (20), a partir das 7hs, no Velório Municipal de Conchal. A jovem faleceu na cidade de Monte Sião (MG), e será sepultada em Conchal. A publicação deste comunicado vem a pedido de familiares da jovem, a quem deixamos os nossos mais sinceros pêsames.

Veículo atropela ciclista no distrito de Tujuguaba em Conchal – A professora Nelide Rossi, não resistiu aos ferimentos – Amigos prestam homenagem a vítima nesta sexta-feira (24)

Um grave acidente aconteceu na noite desta quinta-feira (23), em uma estrada de terra, próximo ao antigo cemitério, localizado no distrito de Tujuguaba, município de Conchal, SP. A professora aposentada Nelide Rossi, 67 anos, praticava seu esporte preferido, o ciclismo, juntamente com quatro amigos, quando foi atropelada por um veículo, que fugiu do local sem prestar assistência. Conforme relato de testemunha, eles estavam parados na beirada da estrada, quando avistaram o veículo, que reduziu a velocidade, mas em seguida acelerou vindo a atropelar a vitima.   A vítima foi socorrida pelo SAMU e encaminhada em estado grave ao pronto socorro do Hospital Madre Vaninni, em Conchal. Por conta da gravidade dos ferimentos, infelizmente a professora aposentada não resistiu, vindo à óbito pouco tempo depois. Segundo informações A pessoa que dirigia o veículo que atropelou Nelide, se apresentou na delegacia de polícia no município de Mogi Guaçu, na noite de ontem. Conforme rel

Suspeito de cometer vários roubos em Conchal é preso pela Polícia Civil nesta segunda-feira (17) – Delegado Dr. Luis Henrique Lima Pereira, diz que indivíduo cometeu pelo menos cinco crimes. Assista vídeo

  Nesta segunda-feira (17) a Polícia Civil, com o apoio da GCM, prendeu um indivíduo suspeito de ter cometido pelo menos cinco crimes no município de Conchal (SP). A prisão aconteceu no início da tarde, poucas horas após criminosos terem assaltado a loja do Magazine Luiza , localizada na avenida Mogi Mirim. O F5 entrevistou com exclusividade, o delegado de Polícia Civil Dr. Luis Henrique Lima Pereira, que falou sobre a ondas de assaltos que tem acontecido no município e, sobre a prisão acontecida nesta segunda-feira. Assista abaixo

Investigada de atropelamento em briga de bar em Conchal é presa por tentativa de homicídio – “O acidente aconteceu após o irmão ter sido esfaqueado, na tentativa de dispersar as pessoas para tentar impedir o pior, ”, disse advogado ao F5

A Polícia Civil prendeu na tarde de terça-feira (08), a mulher de 22 anos de idade, investigada pelo atropelamento de um homem, durante uma confusão generalizada acontecida na noite de segunda-feira (07), em um bar/mercearia, no bairro Parque Industrial, em Conchal (SP). A investigação para elucidar o caso deu início poucas horas após o acontecimento dos fatos. Durante a briga, que teria sido motivada por uma dívida, envolvendo o proprietário do estabelecimento, Júlio Cezar, de 26 anos, um adolescente de 17 anos e, seu pai de 39 anos, entre outras pessoas que estavam no local, o dono do comércio acabou sendo esfaqueado. Júlio chegou a ser socorrido ao pronto socorro do hospital Madre Vannini, mas não resistiu aos ferimentos, vindo a óbito. Imagens da câmera de monitoramento do próprio estabelecimento (assista abaixo), que registraram toda a confusão, ajudaram a esclarecer diversas dúvidas, inclusive sobre a atropelamento ter acontecido após a facada, e não ao contrário, como at