Caso Samarco: mineradoras propõem mais R$ 90 bi para reparar danos - Rompimento de barragem ocorreu há oito anos; 19 pessoas morreram Pular para o conteúdo principal

Caso Samarco: mineradoras propõem mais R$ 90 bi para reparar danos - Rompimento de barragem ocorreu há oito anos; 19 pessoas morreram

A mineradora Samarco e suas acionistas Vale e BHP Billiton propuseram aportar mais R$ 90 bilhões no processo de reparação dos danos causados pelo rompimento da barragem, ocorrido em 2015 no município de Mariana (MG). Desse total, R$ 72 bilhões seriam repasses em dinheiro, que seriam realizados ao longo de um período a ser determinado. Outros R$ 18 bilhões seriam para custear medidas a serem implementadas pela própria Samarco.

A tragédia ocorreu em 5 de novembro de 2015, quando cerca de 39 milhões de metros cúbicos de rejeito escoaram pela Bacia do Rio Doce. Dezenove pessoas morreram e houve impactos às populações de dezenas de municípios até a foz no Espírito Santo.

Negociações para uma repactuação do acordo de reparação dos danos se arrastam há mais de dois anos. As tratativas buscam solução para diversos problemas até hoje não solucionados. Passados mais de oito anos do episódio, tramitam no Judiciário brasileiro mais de 85 mil processos entre ações civis públicas, ações coletivas e individuais.

Além das mineradoras, a mesa de negociação é composta pelo governo federal, pelos governos de Minas Gerais e do Espírito Santo, pelo Ministério Público Federal (MPF) e pela Defensoria Pública da União, além dos ministérios públicos e das defensorias públicas dos dois estados atingidos. Até o fim do ano passado, as mineradoras propunham destinar apenas R$ 42 bilhões para as medidas reparatórias. As cifras apresentadas estavam bem abaixo dos R$ 126 bilhões pleiteados pelos governos e pelas instituições de Justiça.

A nova proposta das mineradoras foi confirmada pela Vale em comunicado ao mercado divulgado nessa segunda-feira (29). De acordo com o texto, a proposta totaliza R$ 127 bilhões. Esse valor inclui, além dos R$ 90 bilhões em novos aportes, mais R$ 37 bilhões que teriam sido investidos na reparação até março deste ano.

Se esse cálculo for considerado, a proposta atenderia às expectativas dos governos e das instituições de Justiça. No entanto, ainda não houve manifestações dos demais participantes da mesa de negociação.

A proposta prevê que todos os novos recursos sejam aportados pela Samarco. Caso ela enfrente alguma dificuldade de financiamento, a Vale e a BHP Billiton são indicadas como devedores secundários e dividiriam, de forma igualitária, a responsabilidade pelos pagamentos. Ou seja, cada uma assumiria a obrigação de arcar com 50% dos valores.

Os novos valores propostos pelas mineradoras vêm a público pouco mais de três meses após sofrerem uma derrota em âmbito judicial. Diante das dificuldades para o fechamento de um acordo de repactuação, as instituições de Justiça, lideradas pelo MPF, vinham pleiteando desde o ano passado que fosse julgada parte dos pedidos formulados em ações civis públicas que buscam a reparação. A expectativa era de que houvesse uma decisão final ao menos para determinadas questões, envolvendo inclusive indenizações.

O pedido foi parcialmente atendido: em janeiro deste ano. A Justiça Federal condenou a Samarco, a Vale e a BHP a pagar R$ 47,6 bilhões para reparar os danos morais coletivos causados pelo rompimento da barragem. As mineradoras recorrem da decisão. Caso seja celebrado o acordo de repactuação, essa decisão poderá ser revertida, pois devem ser incluídas cláusulas nas quais as partes desistem de ações judiciais em andamento.

Entidades que representam os atingidos não foram chamadas para participar das negociações. Críticos da nova proposta das mineradoras, elas avaliam que concretamente se trata de R$ 72 bilhões em dinheiro, o que seria insuficiente para cobrir a reparação integral dos danos causados. O Movimento dos Atingidos por Barragem (MAB) manifestou a expectativa de que a oferta seja recusada pelos governos e pelas instituições de Justiça. A entidade considera que caso seja feito um novo acordo de cúpula, sem participação das vítimas, não será possível resolver os principais problemas.

Descontentes com o processo reparatório no Brasil, cerca de 700 mil atingidos acionaram as cortes no Reino Unido. Eles processam a BHP Billiton, que tem sede em Londres. O escritório de advocacia Pogust Goodhead, que os representa, divulgou nota que coloca em dúvida se a nova oferta das mineradoras incluiria as indenizações individuais das vítimas. O texto traz uma manifestação de Tom Goodhead, CEO do escritório. "Não resolve os processos movidos por quase 700 mil vítimas em Londres. As vítimas foram excluídas desse processo e a oferta não atende às suas demandas por justiça".

Fundação Renova

Para reparar os danos causados na tragédia, as três mineradoras, o governo federal e os governos de Minas Gerais e do Espírito Santo firmaram termo de transação e ajustamento de conduta (TTAC) em 2016. Ele estabeleceu as diretrizes para a criação da Fundação Renova, atualmente responsável por administrar uma série de programas que tratam de temas diversas como as indenizações, o reassentamento dos desabrigados, o reflorestamento, a qualidade da água, entre outros. Todas as iniciativas devem ser custeadas com recursos da Samarco, da Vale e da BHP Billiton. Críticos desse acordo, o MPF e as demais instituições de Justiça não assinaram.

No decorrer dos anos, as críticas à atuação da Fundação Renova foram crescendo. Entidades que representam os atingidos e as diferentes instituições de Justiça consideram insatisfatórias as medidas tomadas até o momento e cobram revisão do acordo em vigor. O andamento dos programas de reparação também passou a ser alvo de críticas do governo federal e dos governos de Minas Gerais e do Espírito Santo.

O MPMG chegou a pedir judicialmente a extinção da entidade, alegando que ela não goza da devida autonomia frentes às mineradoras. A morosidade de alguns programas motiva diferentes questionamentos aos tribunais. A reconstrução das duas comunidades destruídas em Mariana, por exemplo, até hoje não foi totalmente concluída. Questões envolvendo as indenizações por danos morais e materiais e a recuperação ambiental também geram discordâncias em processo judiciais.

Na semana passada, a Justiça Federal encerrou uma das divergências e reconheceu cinco municípios do litoral do Espírito Santo como atingidos pela tragédia. Os impactos nessas cidades já haviam sido atestados pelo Comitê Interfederativo (CIF), composto por órgãos ambientais estaduais e federais sob a coordenação do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais (Ibama). Cabe a ele definir diretrizes para a reparação e fiscalizar a Fundação Renova, tal como previsto no TTAC.

O acordo firmado em 2016 nomeou 39 municípios. Mas, com base em estudos e em uma cláusula que mencionava danos nas áreas estuarinas, costeira e de marinha, o CIF deliberou pela inclusão dos cinco municípios capixabas. Diante da contestação das mineradoras, o caso foi parar nos tribunais. Com a decisão que legitima a deliberação do CIF, as medidas reparatórias promovidas pela Fundação Renova deverão ser estendidas para os novos municípios: São Mateus, Linhares, Aracruz, Serra e Conceição da Barra.

No comunicado ao mercado, a Vale afirmou que a reparação é prioridade para as três mineradoras e alega que, por meio da Fundação Renova, R$ 17 bilhões foram pagos a mais de 430 mil pessoas. Segundo a mineradora, esse valor inclui gastos com indenizações individuais e auxílios financeiros emergenciais. "Além disso, aproximadamente 85% dos casos de reassentamento para comunidades impactadas pelo rompimento da barragem da Samarco foram concluídos", afirma a empresa.

Repactuação

Ao longo do ano passado, as partes envolvidas nas negociações de repactuação chegaram a avançar no texto. Havia crença em um desfecho, mas a divergência em torno dos valores impediu o consenso. Em audiência pública realizada em dezembro na Câmara dos Deputados, a defensora pública da União, Isabela Karen Araújo Simões, explicou que o montante de R$ 126 bilhões pedido às mineradoras era resultado de avaliações técnicas e fruto de debate com especialistas em mineração, em meio ambiente, em saúde, entre outras áreas.

"Não são valores chutados e não são irresponsáveis. E sequer são valores que vão efetivamente reparar todos os danos porque eu acho que eles são irreparáveis. Mas são valores para mitigar os danos". Na ocasião, a contraproposta de R$ 42 bilhões oferecida pelas mineradoras foi criticada por Junior Divino Fideles, adjunto do advogado geral da União. "É vergonhosa e desrespeitosa com o Poder Público", definiu.

Mas se havia um entrave em torno dos valores, de outro lado Fideles confirmou que já havia consenso em torno das cláusulas da nova proposta. Para os participantes da audiência pública, o novo acordo trata de temas como o fortalecimento do sistema de saúde pública da região atingida, a responsabilidade das mineradoras na retirada dos rejeitos, a realização de obras de infraestrutura e de saneamento básico, a condução de estudos para aferir a contaminação do meio ambiente e o pagamento de auxílio financeiro emergencial.

Além disso, define que uma parte do valor seja empregada conforme deliberação das pessoas atingidas. Também já há consenso para a criação de um conselho de participação social a fim de acompanhar a execução do novo acordo, bem como de um Portal da Transparência.

As tratativas têm ocorrido em reuniões sigilosas. O MPMG e o MPF afirmam manter diálogo com as comunidades locais para encontrar soluções que os contemplem, mas entidades que representam os atingidos fazem críticas. "O pessoal confunde falar com participar. Participar é sentar à mesa, discutir a pauta, levando os problemas da comunidade e da Bacia do Rio Doce", disse Simone Maria da Silva, integrante da comissão de atingidos da cidade de Barra Longa (MG), durante audiência pública realizada em 2022 pela Assembleia Legislativa de Minas Gerais.



Comentários




A Minha Rádio é Massa!


Horários (ponto a ponto) do ônibus circular e telefones úteis Conchal

Horários (ponto a ponto) do ônibus circular e telefones úteis Conchal
CLIQUE NA FOTO PARA ACESSAR TABELA DE HORÁRIOS

Leia também

Motorista de betoneira pensa rápido e evita tragédia em Conchal

Um acidente envolvendo um carro e um caminhão betoneira na tarde desta quinta-feira (23) em Conchal chamou a atenção pela rápida reação do motorista do caminhão, que evitou o que poderia ter sido uma tragédia de grandes proporções. Por volta das 13h, o caminhão betoneira seguia pela estrada vicinal Manoel Gonçalves Neto, que conecta o bairro Santa Rita à Rodovia Wilson Finardi (SP-191). Próximo à empresa Torg Metal, o motorista percebeu um carro vindo na direção contrária. Para evitar uma colisão frontal, ele tomou a decisão rápida e contra-intuitiva de lançar o caminhão contra o barranco à esquerda. Pela lógica, o motorista poderia ter desviado para a direita. No entanto, esta ação teria causado uma tragédia, pois no local existe o escritório da empresa Torg Metal, onde dezenas de trabalhadores estavam em serviço no momento do acidente. A manobra do motorista do caminhão evitou que o veículo invadisse o escritório, o que poderia ter resultado em numerosas vítimas. Apesar do

Horários (ponto a ponto) do ônibus circular e telefones úteis Conchal

Os horários apresentados nesta tabela representam horários aproximados do tempo de percurso de um ponto ao outro; Pode ocorrer variação de até 5 minutos para mais ou para menos. Solicitamos aos leitores F5 que utilizam o transporte público em Conchal, para que nos comunique através do número de WhatsApp (19) 99153 0445, se forem encontradas divergências nos horários publicados abaixo, para que possamos editar. Os horários apresentados nesta tabela representam horários aproximados do tempo de percurso de um ponto ao outro; Pode ocorrer variação de até 5 minutos para mais ou para menos.   Os horários apresentados nesta tabela representam horários aproximados do tempo de percurso de um ponto ao outro; Pode ocorrer variação de até 5 minutos para mais ou para menos.   Os horários apresentados nesta tabela representam horários aproximados do tempo de percurso de um ponto ao outro; Pode ocorrer variação de até 5 minutos para mais ou para menos.   Os hor

Tensão no Legislativo Conchalense: Presidente da Câmara Reluta para Aceitar Decisão da Maioria em Extinguir Cargos de Confiança

As recentes sessões na Câmara Municipal de Conchal têm sido marcadas por intensos debates e confrontos acalorados. A principal controvérsia gira em torno da proposta de extinção dos cargos de confiança, aqueles contratados sem concurso público, defendida pela maioria dos vereadores. A vereadora Geny Sampaio, uma das principais defensoras do projeto, esclarece que a criação desses cargos foi uma medida temporária. “Na época, foi feito um acordo que os cargos de confiança seriam mantidos apenas até que a Câmara realizasse um concurso público e contratasse os aprovados,” afirma Sampaio. O concurso já foi realizado, e a vereadora argumenta que o quadro de servidores atualmente é satisfatório, não havendo mais necessidade dos cargos de confiança. No entanto, o presidente da Câmara, vereador Ito, tem resistido a essa mudança. Durante as duas tumultuadas sessões deste mês, houve gritaria e acusações por parte de Ito. Ele tem utilizado de artifícios regimentais para retardar a decis

GCM Detém Dois Indivíduos por Tráfico no Parque Industrial em Conchal

A Guarda Civil Municipal (GCM) de Conchal realizou uma operação que resultou na prisão de dois indivíduos no bairro Parque Industrial. A ação foi conduzida pela equipe Bravo da GCM durante um patrulhamento preventivo. Os agentes Adorno, Cleber, Inspetor Torre e Assis avistaram dois indivíduos trocando objetos de maneira suspeita. Ao notarem a aproximação da viatura, os suspeitos tentaram fugir, mas foram prontamente abordados pelos agentes da GCM. Na revista pessoal, um dos indivíduos foi encontrado em posse de 10 pinos de uma substância análoga à cocaína e uma quantia de R$ 10,00 em espécie. Durante o interrogatório preliminar, o suspeito confessou seu envolvimento no tráfico de drogas e indicou uma árvore próxima onde foram encontrados mais 32 pinos de cocaína. Simultaneamente, o segundo indivíduo foi submetido à revista, onde os agentes localizaram 15 porções de substância análoga à maconha escondidas em seu tênis. Ambos os suspeitos receberam voz de prisão no local e

Moradores de Conchal Reclamam de Água Suja; Prefeitura Informa Troca de Bombas como Causa do Problema

Nesta terça-feira (21), moradores de diversos bairros de Conchal voltaram a reclamar da qualidade da água que chega às suas residências. Imagens e relatos sobre a água suja já circulam pelas redes sociais, causando preocupação e indignação entre os residentes. Uma moradora do centro da cidade relatou à nossa reportagem que perdeu várias roupas novas de seu filho ao lavá-las com a água suja sem perceber. O problema parece estar afetando principalmente os bairros abastecidos pelas Estações de Tratamento de Água (ETAs) Egidyo Corte e Enos Bonini. Em contato com o setor responsável pelo abastecimento de água do município, fomos informados que a causa do problema está na recente substituição de duas bombas nessas ETAs. A ETA Egidyo Corte abastece o Parque Industrial, Porto Seguro e parte do centro, enquanto a ETA Enos Bonini (Santa Rita) atende o centro, Vivaldini e outros bairros. Segundo o responsável pelo setor, Luciano Bomfim, a troca das bombas aumentou a pressão da água na red

Quer receber notícias gratuitamente via WhatsApp?

Quer receber notícias gratuitamente via WhatsApp?
Clique na imagem e nos envie o seu nome e idade

VEJA TAMBÉM

Colisão frontal na Rodovia Wilson Finardi em Conchal, SP, resulta em uma fatalidade

Um trágico acidente ocorrido por volta das 17:30 desta sexta-feira (03) ceifou a vida de um homem, aparentando cerca de 25 anos de idade, na Rodovia Wilson Finardi (SP-191), no Km 14, em Conchal (SP). Segundo relatado por um dos envolvidos no acidente, um veículo Chevrolet/Corsa, com placa de Santo Antônio de Posse, conduzido pela vítima, seguia em direção a Conchal quando, durante uma manobra de ultrapassagem, colidiu frontalmente com uma carreta que transitava no sentido oposto, em direção a Mogi Mirim. O impacto da colisão foi tão intenso que um segundo caminhão, que vinha logo atrás, não conseguiu evitar a tragédia e acabou tendo seus pneus furados pelos destroços do veículo Corsa, que se espalharam pela pista. Apesar da gravidade do acidente, os motoristas dos caminhões envolvidos escaparam ilesos. Infelizmente, o condutor do carro não teve a mesma sorte e veio a óbito no local. O impacto foi tão severo que partes do veículo, incluindo parte do motor, ficaram espalhados

Vídeo: Indivíduo invade velório em Conchal, desrespeita momento de consternação e é contido por familiares indignados

Vídeos chocantes (assista abaixo) começaram a circular nas redes sociais no final da tarde desta segunda-feira (6), mostrando dezenas de pessoas enfurecidas batendo em um indivíduo na porta do velório municipal de Conchal. O que deveria ser um momento de despedida e luto se transformou em cena de violência devido à atitude irresponsável de um indivíduo embriagado. Familiares e amigos reuniam-se para prestar as últimas homenagens a uma jovem de apenas 28 anos, vítima de um trágico acidente ocorrido na última sexta-feira (3) na rodovia SP 332. A jovem perdeu a vida em um incidente causado por um cavalo que invadiu a pista. Contudo, a atmosfera de tristeza foi abruptamente interrompida quando um indivíduo visivelmente embriagado invadiu o local do velório, desrespeitando o momento de dor e luto dos presentes. Os relatos dos presentes indicam que, mesmo após ser solicitado a deixar o local, o indivíduo recusou-se e começou a proferir palavras de baixo calão, desencadeando revolta ent

Acidente envolvendo cavalo solto na rodovia deixa vítima fatal em Conchal

Na noite de ontem, sexta-feira (3), por volta das 19h40, um trágico acidente aconteceu entre Conchal e o distrito de Martinho Prado, na SP 332, rodovia que interliga essas localidades. Duas mulheres, trafegando em uma motocicleta, colidiram violentamente com um cavalo que estava solto na pista, resultando em consequências fatais. Imediatamente após o ocorrido, a Guarda Civil Municipal de Conchal deslocou-se para o local do acidente, prestando assistência e orientação ao trânsito. Enquanto uma das vítimas foi socorrida pelas equipes de resgate de Conchal e encaminhada ao pronto-socorro do Hospital Madre Vaninni na própria cidade, a segunda vítima, apesar dos esforços do serviço de resgate da concessionária responsável pela rodovia, infelizmente veio a óbito no local. A vítima fatal foi identificada como Leticia Munique Pires Rosa, de 40 anos. O corpo da vítima foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Limeira pela funerária São Bento. De acordo com informações div

Morre Segunda Vítima em Acidente Provocado por Cavalo na Rodovia em Conchal

Na sequência de um trágico acidente ocorrido na última sexta-feira (3), na rodovia SP 332 que conecta o município de Conchal ao distrito de Martinho Prado, uma segunda vítima, identificada como Adriele Cristina Fernandes da Silva, de 28 anos, veio a óbito. O acidente ocorreu quando duas mulheres colidiram de moto em um cavalo que estava solto na via. Adriele chegou a ser socorrida no dia do acidente e foi encaminhada para o hospital em Conchal. No entanto, devido a complicações em seu estado de saúde, precisou ser transferida para o hospital no município de Araras, onde, lamentavelmente, não resistiu. A cerimônia de despedida está marcada para esta segunda-feira (6) no Velório Municipal de Conchal, com início às 14:00 horas, e o sepultamento previsto para as 16:30 horas. O acidente, que aconteceu por volta das 19h40 de sexta-feira, resultou em consequências fatais para as duas mulheres que trafegavam em uma motocicleta. A colisão violenta com o cavalo solto na pista provoc

Postagens mais visitadas deste blog

Horários (ponto a ponto) do ônibus circular e telefones úteis Conchal

Os horários apresentados nesta tabela representam horários aproximados do tempo de percurso de um ponto ao outro; Pode ocorrer variação de até 5 minutos para mais ou para menos. Solicitamos aos leitores F5 que utilizam o transporte público em Conchal, para que nos comunique através do número de WhatsApp (19) 99153 0445, se forem encontradas divergências nos horários publicados abaixo, para que possamos editar. Os horários apresentados nesta tabela representam horários aproximados do tempo de percurso de um ponto ao outro; Pode ocorrer variação de até 5 minutos para mais ou para menos.   Os horários apresentados nesta tabela representam horários aproximados do tempo de percurso de um ponto ao outro; Pode ocorrer variação de até 5 minutos para mais ou para menos.   Os horários apresentados nesta tabela representam horários aproximados do tempo de percurso de um ponto ao outro; Pode ocorrer variação de até 5 minutos para mais ou para menos.   Os hor

Mãe que dançou funk de vestido transparente em festa da filha no RJ volta a viralizar com novo vídeo

A autônoma Brenna Azevedo, de 27 anos, voltou a viralizar nas redes sociais nesta quinta-feira. Em novo vídeo divulgado nas plataformas digitais, a a jovem aparece dançando funk e bebendo em cima de um carro. As imagens foram feitas na saída da festa de três anos da filha, no último sábado, em Belford Roxo, na Baixada Fluminense. A gravação mostra Brenna com a mesma roupa de filmagens anteriores: um vestido longo transparente, que deixa à mostra os seios e a peça íntima usada por ela. A pernambucana se tornou alvo de críticas na internet depois de um vídeo, feito durante a comemoração do aniversário da criança, ter se tornado viral. A primeira filmagem mostra a mãe da garota empolgada, dançando funk até o chão. A dança, ao som do hit "Movimento da Sanfoninha", da cantora Anitta foi replicada em diversos perfis. Junto à repercussão, vieram também os ataques. Ao GLOBO , Brenna contou que deixou de levar a filha à escola por medo e relata ter recebido ameaças. — As

Tragédia no Trânsito de Conchal Deixa Mulher Morta e Família Clama por Justiça – Outros Quatro Acidentes Aconteceram no Final de Semana no Município

Um trágico acidente ocorrido na noite deste domingo (03) abalou a cidade de Conchal, deixando uma mulher de 56 anos morta. Neide Benedita de Campos foi atropelada enquanto atravessava a pé a avenida João Paulo II. O veículo envolvido, uma BMW branca, deixou o local do acidente. Segundo relatos de familiares ao F5, Neide estava a caminho da igreja quando foi atingida pelo veículo. Apesar dos esforços do SAMU, que a socorreu e a levou ao Pronto Socorro do hospital Madre Vannini, ela não resistiu aos ferimentos e veio a óbito pouco tempo após dar entrada. O motorista da BMW fugiu do local, mas populares anotaram a placa do veículo. A polícia já identificou o proprietário, que teria emprestado o carro a um amigo no momento do acidente. O condutor, conforme apurado pelo F5 nesta manhã de segunda-feira (04), deve se apresentar à polícia. A família da vítima clama por justiça, expressando preocupação de que a conexão do veículo com uma pessoa conhecida na cidade possa influenc

Acidente envolvendo dois veículos causa a morte de duas vítimas na Rod. Prof. Zeferino Vaz em Tujuguaba (Conchal)

  Duas pessoas perderam a vida e outras duas ficaram feridas na tarde desta quinta-feira (12), em um acidente envolvendo dois veículos na Rodovia Professor Zeferino Vaz, próximo ao distrito de Tujuguaba. O acidente aconteceu por volta das 17h30min, no   Km 174+900 da rodovia, no sentido Sul, em direção a Engenheiro Coelho. Os veículos, uma Amarok e uma Saveiro, seguiam no mesmo sentido quando a colisão ocorreu. No veículo Amarok, estavam um homem e uma mulher, que, apesar de sofrerem ferimentos leves, foram socorridos pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e encaminhados ao Hospital Madre Vannini, em Conchal. Suas identidades não foram divulgadas, porém, são moradores de Conchal. Infelizmente, a tragédia se abateu sobre os ocupantes da Saveiro, onde estavam dois homens que não resistiram aos ferimentos e entraram em óbito ainda no local do acidente. Os nomes das vítimas fatais e informações sobre suas origens ainda estão sob investigação, e seus corpos for

Homem encontrado morto em casa abandonada em Conchal é identificado

A polícia conseguiu identificar o homem encontrado morto na manhã desta segunda-feira (24), em uma casa abandonada na rua Camilo Chagas, em Conchal, após ser descoberto por um grupo de crianças que brincava na região. As autoridades foram imediatamente acionadas e estão investigando o caso como homicídio. Silvio Ricardo Ferreira de Melo, 46 anos de idade, morador de Conchal, foi encontrado amarrado com as mãos para trás e com a boca amordaçada, apresentando múltiplos ferimentos.   Segundo relatos, crianças teriam entrado na casa abandonada, para brincar, mas foram surpreendidas ao depararem-se com o corpo da vítima. Até o momento, as autoridades não confirmaram a forma como a vítima foi morta.  O caso está sendo tratado com a devida seriedade e cautela pelas autoridades, que pedem a colaboração da população para fornecer qualquer informação que possa ajudar nas investigações. Ainda é cedo para apontar suspeitos ou motivações para o crime, e a polícia está em busca de

Condutores de ambos os veículos envolvidos em acidente na SP 191, são moradores de Conchal

Um trágico acidente na noite deste sábado (13) na rodovia "Wilson Finardi" - SP-191, próximo ao Centro de Ressocialização, deixou duas pessoas mortas e uma pessoa ferida. Um casal de idosos, residentes do Distrito de Tujuguaba, foi vítima fatal do incidente, que envolveu dois os veículos. Segundo informações preliminares da polícia, o acidente ocorreu por volta das 19h30, quando um carro Volkswagen/Gol, conduzido por um homem de 72 anos, e sua esposa, de 70 anos. Infelizmente, houve uma colisão frontal com um Honda/Civic, também operado por um morador local. Os Bombeiros Militares de Mogi Guaçu e os Bombeiros Municipais de Mogi Mirim foram rapidamente acionados para prestar socorro, porém, lamentavelmente, o casal não resistiu aos ferimentos e veio a óbito no local do acidente. O condutor do Honda Civic, de 74 anos, foi encaminhado à Santa Casa com ferimentos leves. A Intervias, concessionária responsável pela administração da rodovia, também prestou os primeiros

Crianças Encontram Homem Morto em Casa Abandonada em Conchal

  Atualizando: Homem encontrado morto em casa abandonada em Conchal é identificado: leia mais AQUI Um homem foi encontrado morto na manhã desta segunda-feira (24). em uma casa abandonada na rua Camilo Chagas, em Conchal, após ser descoberto por um grupo de crianças que brincava na região. As autoridades foram imediatamente acionadas e estão investigando o caso como homicídio. Segundo relatos, as crianças teriam entrado na casa abandonada, para se divertirem, mas foram surpreendidas ao depararem-se com o corpo da vítima. Rapidamente, a Guarda Civil Municipal foi acionada, seguida pela chegada de uma equipe da Polícia Científica, investigadores e o delegado de polícia civil de Conchal. O homem foi encontrado amarrado com as mãos para trás e com a boca amordaçada, apresentando múltiplos ferimentos. Até o momento, as autoridades não confirmaram a forma como a vítima foi morta. A cena do crime foi isolada e a perícia foi realizada no local para colher evidências que possam ajudar a

Colisão frontal na Rodovia Wilson Finardi em Conchal, SP, resulta em uma fatalidade

Um trágico acidente ocorrido por volta das 17:30 desta sexta-feira (03) ceifou a vida de um homem, aparentando cerca de 25 anos de idade, na Rodovia Wilson Finardi (SP-191), no Km 14, em Conchal (SP). Segundo relatado por um dos envolvidos no acidente, um veículo Chevrolet/Corsa, com placa de Santo Antônio de Posse, conduzido pela vítima, seguia em direção a Conchal quando, durante uma manobra de ultrapassagem, colidiu frontalmente com uma carreta que transitava no sentido oposto, em direção a Mogi Mirim. O impacto da colisão foi tão intenso que um segundo caminhão, que vinha logo atrás, não conseguiu evitar a tragédia e acabou tendo seus pneus furados pelos destroços do veículo Corsa, que se espalharam pela pista. Apesar da gravidade do acidente, os motoristas dos caminhões envolvidos escaparam ilesos. Infelizmente, o condutor do carro não teve a mesma sorte e veio a óbito no local. O impacto foi tão severo que partes do veículo, incluindo parte do motor, ficaram espalhados

Vídeo: Mulher de 66 anos é atropelada na Avenida João Paulo II em Conchal: Condutor presta socorro e aguarda polícia

Uma mulher de 66 anos de idade foi vítima de um atropelamento na manhã desta sexta-feira (12), enquanto atravessava a Avenida João Paulo II, em Conchal. O acidente ocorreu por volta das 8hs, quando um veículo Fiesta de cor branca, conduzido por um homem de 73 anos, subia a avenida no sentido cemitério. Assista vídeo abaixo .  Imediatamente após o incidente, o condutor do veículo parou para prestar socorro à vítima e aguardou a chegada do SAMU e da viatura policial no local do acidente. A equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) chegou ao local e prestou os primeiros socorros à mulher atropelada. Em seguida, ela foi encaminhada para o pronto-socorro do Hospital Madre Vannini, onde recebeu atendimento e procedimentos médicos necessários. Até o fechamento desta matéria, as informações disponíveis indicam que a vítima  encontra-se em tratamento. A identidade da mulher não foi divulgada pelas autoridades locais até o momento.  

Vídeo: Indivíduo invade velório em Conchal, desrespeita momento de consternação e é contido por familiares indignados

Vídeos chocantes (assista abaixo) começaram a circular nas redes sociais no final da tarde desta segunda-feira (6), mostrando dezenas de pessoas enfurecidas batendo em um indivíduo na porta do velório municipal de Conchal. O que deveria ser um momento de despedida e luto se transformou em cena de violência devido à atitude irresponsável de um indivíduo embriagado. Familiares e amigos reuniam-se para prestar as últimas homenagens a uma jovem de apenas 28 anos, vítima de um trágico acidente ocorrido na última sexta-feira (3) na rodovia SP 332. A jovem perdeu a vida em um incidente causado por um cavalo que invadiu a pista. Contudo, a atmosfera de tristeza foi abruptamente interrompida quando um indivíduo visivelmente embriagado invadiu o local do velório, desrespeitando o momento de dor e luto dos presentes. Os relatos dos presentes indicam que, mesmo após ser solicitado a deixar o local, o indivíduo recusou-se e começou a proferir palavras de baixo calão, desencadeando revolta ent