Postagens

Mostrando postagens de Maio 20, 2018
Imagem
SUSPEITO DE MATAR OBSTETRIZ EM CONCHAL, SP, É PRESO PELA PM EM MINAS GERAIS. ASSISTA AO VÍDEO DO MOMENTO DA PRISÃO...


Suspeito de matar obstetriz em Conchal, SP, é preso pela PM em Minas Gerais Ele é vizinho e mantinha um relacionamento com a vítima há um mês, segundo a família.
Fonte: Por Fabio Rodrigues, G1 São Carlos e Araraquara
O suspeito de assassinar uma obstetriz em Conchal (SP) foi preso pela Polícia Militar em Malacacheta (MG) na tarde deste domingo (20). Nelly Cristina Venite de Souza Maria, de 27 anos, foi morta com 16 facadas no prédio onde ela morava no bairro Porto Seguro.

Suspeito do crime em Conchal (SP) foi preso pela PM em Malacacheta (MG) (Foto: Polícia Militar/Divulgação)

Emilson Rodrigues de Jesus é vizinho da vítima e mantinha um relacionamento com ela há um mês, disse a família. Segundo a Guarda Civil Municipal (GCM) de Conchal, uma testemunha viu o suspeito deixar o apartamento da obstetriz após o crime.
A PM informou ao G1 que Emilson foi detido em um distrito da ci…
Imagem
Presidente do Conselho Regional de Enfermagem do Estado de São Paulo (Coren -SP) divulga nota referente ao assassinato de obstetriz em Conchal

"Nelly foi assassinada. Parte meu coração encerrar a Semana da Enfermagem, época em que celebramos nosso amor pela profissão e nosso empoderamento, com a notícia da morte brutal de Nelly Cristina Venite de Souza Maria, essa jovem obstetriz de Conchal, no interior do estado. Nelly entra para a assustadora estatística de uma mulher assassinada a cada 2 horas no Brasil (fonte: Anuário Brasileiro de Segurança Pública, 2017) e é mais uma vítima de uma sociedade que menospreza e vilipendia vidas femininas. Nelly era forte, ajudava a trazer vidas ao mundo, mas teve a sua aplacada de maneira torpe, cruel. Somos mais de 400 mil mulheres profissionais de enfermagem no estado, que não podemos aceitar a morte de Nelly como algo do cotidiano. Essa violência deve acabar. Como profissionais de enfermagem, como mulheres e como cidadãs, devemos cobrar mais aç…
Imagem
Polícia Civil poderá responsabilizar criminalmente pessoas que estão divulgando fotos de mulher de 27 anos morta em Conchal, SP Fotos da cena do crime ainda com o corpo viralizaram em grupos de WhatsApp e Facebook, muitas pessoas estão compartilhando e poderão ser responsabilizadas criminalmente.
Reportagem: Beto Ribeiro - Repórter
Elas deverão ser acusadas de vilipêndio de cadáver. Atualmente, a velocidade na transmissão de notícias é impressionante e por centenas de vias. Só que infelizmente, nem sempre pautadas pelo bom senso. Neste sábado (19), logo após o triste acontecimento da morte de uma mulher de 27 anos em Conchal (SP).


Fotos da cena do crime ainda com o corpo viralizaram em grupos de WhatsApp e Facebook, muitas pessoas estão compartilhando e poderão ser responsabilizadas criminalmente. O caso foi registrado na Central de Polícia Judiciária de Araras (SP), e está sendo investigado pelo equipe do SIG sob o comando do Dr. Tabajara Zuliani dos Santos.
Além de desrespeitar o momento …

PLANTÃO DE VENDAS NO LOCAL

PLANTÃO DE VENDAS NO LOCAL
VISITE O APARTAMENTO DECORADO