Quatro ex-coroinhas denunciam padre Leandro Ricardo por abuso sexual em Araras, SP


Por Ingrid Pereira
Conteúdo e informações: Beto Ribeiro Repórter


Foto: Reprodução 


Quatro ex-coroinhas procuraram a Polícia Civil de Araras, para registrar novas queixas de assédio sexual contra o padre Pedro Leandro Ricardo, da Diocese de Limeira (SP).

Em entrevista exclusiva para o GLOBO, os quatro ex-coroinhas relataram como eram assediados pelo padre. Dos quatro somente Stela Bezerra, que é transexual autorizou ter o seu nome publicado. Stela contou que foi assediada pelo padre em 2005, quando tinha 14 anos.  Em um trecho do relato Stela descreve como ocorreu  o primeiro abuso:

“Foi a primeira vez que me tocou. Fiquei paralisada, ainda não sabia como lidar com a sexualidade. Após alguns dias desse primeiro toque, ele (padre Leandro) me chamou em sua sala de novo para falar a respeito de vocação. Disse que eu não deveria seguir os passos do meu irmão, que era seminarista e que o padre considerava rebelde. Falou que se eu fosse obediente teria tudo dele. Ele então ficou na minha frente quando eu estava sentada numa cadeira. E olhando nos meus olhos segurou o meu pênis. Ele chegou ao ponto de salivar. Chegou a babar no canto da boca. Fiquei sem reação, em choque, até que alguém bateu a porta”, contou Stela.

O Padre está suspenso por tempo indeterminado de suas funções paroquiais como reitor e pároco da Basílica Santuário Santo Antônio de Pádua, em Americana (SP). Ele pediu afastamento de suas funções em carta enviada ao bispo diocesano Dom Vilson Dias de Oliveira. Em seguida, o bispo emitiu decreto de suspensão das atividades do religioso. Ele nega as acusações.



Comentários

Leia também...

Em Mogi Guaçu (SP) aluno foi detido após denúncia de que faria um ataque em escola

Menino de 4 anos corta os pulsos e pais acreditam que pode ser influência da Momo

Caixa deteriorada no Bairro Esperança 3 rompe e desperdiça aproximadamente 150 mil litros d’água. Veja vídeo

Conchal será uma das cidades contempladas com Esquadrilha da Fumaça

Governador João Doria entrega obras de duplicação da Rodovia Professor Zeferino Vaz (SP-332), em Conchal.

Criança de Birigui (SP) tenta se enforcar após ver boneca "Momo" em vídeo infantil

Redução de salário dos vereadores é proposta em Araras, SP

Excursão de escola pública é barrada em shopping de SP e educadora diz que houve discriminação

Policia Militar realiza reunião de segurança pública em Tujuguaba

Causas como ‘’ legalização de estupro, pedofilia e morte de mulheres são defendidas’’ por mentor do ataque na Escola Estadual Professor Raul Brasil em Suzano (SP)

Todas as Publicações

Mostrar mais