Bombom com receita fitoterápica promete curar de TPM a ansiedade

Chocolate feito em farmácias de manipulação, com mistura de cacau 70%, antioxidantes e probióticos, conquista cariocas.

Matéria: O Globo


Beatriz Ferreira é uma das que aderiram o chocolate manipulado em farmácias especializadas. Foto: Ana Branco/Agência O Globo 

Precisa emagrecer? Reduzir a TPM? Ou barrar algum processo inflamatório? A solução pode não ser fechar a boca ou apelar para um remedinho. E, sim, investir num bombom. Com princípios ativos fitoterápicos, o chocolate vendido em farmácias de manipulação — mas só com receita — virou o queridinho de uma turma de pacientes que não pode passar sem uma novidade.

Sim, paciente, pois, apesar de o produto ser à base de cacau, não se trata apenas de um doce. Só pode ser prescrito por nutricionistas e médicos. A dermatologista Paola Queiroz, que já recomendou os bombons em seu consultório na Barra para mais de 50 pessoas, explica que não se pode acabar com a caixa de guloseimas de uma vez só. A panaceia tem até posologia.

— Esse é um tratamento fitoterápico como qualquer outro. Sendo assim, também não pode ter abuso. Geralmente, a dose é de dois por dia. Nada de comer dez de uma vez ou de dar para as crianças, por exemplo — diz a médica, que costuma devorar alguns. — Como às vezes o que tem picolinato de cromo e triptofano, que é o que diminui a vontade de comer doce.

Preço salgado

Chocolates manipulados só podem ser feitos em farmácias de manipulação Foto: Leo Martins 

Depois de conhecer esses chocolates especiais, há um ano, a nutricionista Sarah Stroppa passou a indicá-los para pacientes com resistência insulínica, ansiedade e compulsão alimentar:

— O formato de bombom faz sucesso, pois, além dos benefícios conhecidos, o paciente ainda come um chocolatinho acima de 70% de cacau, que é rico em antioxidantes, melhora inflamação, melhora vascularização, o humor... Mas vale sempre lembrar que o tratamento deve ser acompanhado por um profissional.

O armazenamento dos chocolates de manipulação também precisa ser especial. Eles devem ficar longe do calor e da umidade e alguns, dependendo da fórmula, não podem ficar mais de suas horas fora da geladeira.

 A farmacêutica Natália Pedrosa, da Pharma Veritas, diz ter sentido desde o ano passado um aumento na procura pelos chocolates com “recheio saúde”. Agora, todo dia ela recebe encomendas, principalmente para o bombom de emagrecer. Mas também não têm ficado de fora os que levam antioxidantes, probióticos, os que têm efeito termogênico, anti-inflamatório e anti-TPM. Natália sempre prepara unidades de 10 gramas com o cacau 70%. O preço, porém, não é tão doce. A caixa com 30 unidades sai a cerca de R$ 100.

— Já fizemos experiências com o chocolate 50%, mas o 70% tem mais qualidade. Está uma febre esse chocolate. Acredito que ninguém vai deixar de comer o normal, mas, com cada vez mais pesquisas, haverá mais opções saudáveis — diz Natália.

Moradora da Barra, a empresária Beatriz Ferreira foi uma das que aderiram à moda. Ela usa há quase um mês chocolate para controlar sua compulsão em comer o doce. O bombom é consumido com hora marcada — às 16h ou depois do almoço:

— Eu me vi numa situação de ansiedade. Descontei na comida e acabei ganhando oito quilos. Conversando com minha nutricionista, falei que sempre tenho vontade de comer um docinho à tarde. Ele me indicou esse bombom que tira a ideia de comer o tempo inteiro.

Já a advogada Carolina Pequeno conheceu o chocolate por meio de uma amiga médica em 2017. Ela ganhou uma receita para controlar a compulsão que se dá, principalmente, durante a TPM. Também consome um bombom que estimula a produção de colágeno.

— O que me surpreendeu foi que é um chocolate sem aquele gosto glicerinado, era gosto de chocolate mesmo — opina Carolina, que relata apenas um “efeito colateral”:

— Como eu não tirei o normal da minha vida, agora, sempre que eu como, fico com culpa.



Comentários

Não Perca Tempo! Venha para os Cursos 24 horas

Leia também...

Polícia Civil de Conchal apreendeu na tarde desta terça-feira (16), traficante com 45 papelotes de cocaína, 25 pedras de crack e 31 reais em espécie

Polícia indicia pai e mãe de adolescente que pediu socorro pelas redes sociais após ser estuprada

Vídeo - Segundo incêndio em menos de um ano acontece no setor de meio ambiente em Conchal

Polícia Civil investiga mais dois padres por suspeita de abuso sexual da diocese de Limeira, SP

Vereadores de Conchal aprovam relatório para a abertura de processo de cassação do vereador Rodinei Ferreira da Silva.

FaceApp: App que envelhece rosto dos usuários vira febre na internet; veja como usar

Homem atacado por onça-pintada é salvo por 5 cachorro em MS

Liberação de saque de contas do FGTS será anunciada na próxima semana, diz ministro da Casa Civil

Descoberta a origem de vídeo de drone com fogos de artifício

Líder de grupo terrorista revela plano para matar Bolsonaro

Todas as Publicações

Mostrar mais