Crianças fazem abaixo-assinado para que McDonalds e Burger King acabem com brinquedos de plástico nos brindes de refeições

Ella e Caitlin McEwan, de 9 e 7 anos de idade, criaram uma petição com meta de 200 mil assinaturas e já alcançaram 168 mil.


 Matéria: O Globo 


Duas irmãs britânicas estão fazendo uma petição para que redes de fastfood como McDonalds e Burger King parem de entregar brinquedos de plástico nos brindes que acompanham refeições infantis, como o “McLanche Feliz”. Desde que o lanche foi criado, em 1979, ela acompanha brinquedos feitos de polímeros. Mas as irmãs Ella e Caitlin McEwan, de 9 e 7 anos de idade, lançaram um abaixo-assinado online para pedir por brindes “sustentáveis”.

Criado há oito meses o abaixo-assinado das duas irmãs está disponível na plataforma Change.org. A petição tem como meta 200 mil assinatura e já conta com 168 mil.

"Gostamos de comer no Burger King e no McDonald's, mas as crianças só brincam com os brinquedos de plástico que nos dão por alguns minutos antes de serem jogados fora e prejudicar animais e poluir o mar", escreveram as duas, "Queremos que tudo o que eles nos dão seja sustentável, para que possamos proteger o planeta para nós e para as gerações futuras".

Ella e Caitlin explicam que estavam aprendendo sobre poluição plástica na escola e como o uso inadequado de plástico causa danos ao meio ambiente. As irmãs contam que, em vez de fabricar brinquedos plásticos que podem ser reciclados, as empresas deveriam investir em brinquedos fabricados com materiais que não sejam plásticos.

A petição das alunas acumulou mais de 168.000 assinaturas, mais de três quartos da meta de 200.000 assinaturas. 


Comentários

Não Perca Tempo! Venha para os Cursos 24 horas

Leia também...

Polícia Civil de Conchal apreendeu na tarde desta terça-feira (16), traficante com 45 papelotes de cocaína, 25 pedras de crack e 31 reais em espécie

Polícia indicia pai e mãe de adolescente que pediu socorro pelas redes sociais após ser estuprada

Vídeo - Segundo incêndio em menos de um ano acontece no setor de meio ambiente em Conchal

Polícia Civil investiga mais dois padres por suspeita de abuso sexual da diocese de Limeira, SP

Vereadores de Conchal aprovam relatório para a abertura de processo de cassação do vereador Rodinei Ferreira da Silva.

FaceApp: App que envelhece rosto dos usuários vira febre na internet; veja como usar

Homem atacado por onça-pintada é salvo por 5 cachorro em MS

Liberação de saque de contas do FGTS será anunciada na próxima semana, diz ministro da Casa Civil

Descoberta a origem de vídeo de drone com fogos de artifício

Líder de grupo terrorista revela plano para matar Bolsonaro

Todas as Publicações

Mostrar mais