Fiocruz vai fabricar remédio usado no tratamento do HIV


A medida, que começará em agosto, vai baratear em até 10% os gastos do governo federal com a compra do medicamento para o Sistema Único de Saúde (SUS).




O medicamento usado para o tratamento do HIV, o Duplivir, começará a ser totalmente fabricado pela Fundação Oswaldo Cruz no Rio de Janeiro (Fiocruz). A medida, que começa em agosto, vai baratear em até 10% os gastos do governo federal com a compra do medicamento para o Sistema Único de Saúde (SUS).

Atualmente, o remédio é fabricado em parceria entre a Fiocruz e laboratórios privados. A coordenadora de Desenvolvimento Tecnológico de Farmanguinhos da Fiocruz, Alessandra Esteves, ressalta que a produção em um laboratório público afeta especialmente o preço do medicamento.

“Esse projeto representa a autonomia nacional da produção desse medicamento no país, o que era renda, emprego, e principalmente autonomia em relação aos preços, o que aumenta em muito o acesso da população. Aumenta o número de pessoas que podem ser tratadas através do medicamento”, explica Esteves.

O projeto faz parte de uma política do Ministério da Saúde, chamada Parceria de Desenvolvimento Produtivo, onde um laboratório privado transfere a tecnologia de produção para um laboratório público. O processo já está em uma das últimas etapas. Para a produção completa da Fiocruz, falta apenas uma autorização do procedimento pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária.

Nos primeiros quatro meses deste ano, a Fiocruz já conseguiu produzir 30 milhões de unidades. A expectativa é de que até o fim do ano sejam produzidas 75 milhões.

 Conteúdo: Jovem Pan



Comentários

Não Perca Tempo! Venha para os Cursos 24 horas

Leia também...

Polícia Civil de Conchal apreendeu na tarde desta terça-feira (16), traficante com 45 papelotes de cocaína, 25 pedras de crack e 31 reais em espécie

Polícia indicia pai e mãe de adolescente que pediu socorro pelas redes sociais após ser estuprada

Vídeo - Segundo incêndio em menos de um ano acontece no setor de meio ambiente em Conchal

Polícia Civil investiga mais dois padres por suspeita de abuso sexual da diocese de Limeira, SP

Vereadores de Conchal aprovam relatório para a abertura de processo de cassação do vereador Rodinei Ferreira da Silva.

FaceApp: App que envelhece rosto dos usuários vira febre na internet; veja como usar

Homem atacado por onça-pintada é salvo por 5 cachorro em MS

Liberação de saque de contas do FGTS será anunciada na próxima semana, diz ministro da Casa Civil

Descoberta a origem de vídeo de drone com fogos de artifício

Líder de grupo terrorista revela plano para matar Bolsonaro

Todas as Publicações

Mostrar mais