Estudante invade escola em MG e atira contra colegas em sala de aula


Crime aconteceu em Ponto Marambaia, na zona rural de Caraí, na região do Vale do Jequitinhonha; dois adolescentes ficaram feridos.




Conteúdo: 'R7'


Um estudante invadiu uma escola pública de Ponto Marambaia, na zona rural de Caraí, a 540 km de Belo Horizonte, na região do Vale do Jequitinhonha mineiro, e atirou contra colegas em uma sala de aula, na manhã desta quinta-feira (7).

Maria Rosária, representante da Superintendência Regional de Ensino de Teófilo Otoni, responsável pelas escolas na cidade onde ocorreu o crime, explica que o jovem entrou na Escola Estadual Orlando Tavares com uma arma de fogo e um facão.


Segundo a mulher, o adolescente que é estudante do segundo ano do ensino médio no colégio, estava exaltado e foi direto em direção a uma turma do primeiro ano.

— Os alunos perceberam que ele estava armado e tentaram impedi-lo de entrar na sala. Porém, ele disparou e acabou acertando outros dois estudantes.

De acordo com Maria Rosária, o jovem que não teve a identidade divulgada foi controlado e os feridos foram levados para um hospital da cidade vizinha, Padre Paraíso, que fica a 15 km de distância.

Até às 11h, a direção da escola estava reunida com a polícia no colégio. As causas do ataque ainda não foram divulgadas.


Em nota, o Hospital Nossa Senhora Mãe da Igreja informou que os dois alunos  vítimas do atentado foram atendidos pela médica plantonista de forma imediata. Segundo a unidade de saúde, um dos alunos recebeu transfussão sanguínea e aguarda a transferência para Teófilo Otoni. O estado de saúde do jovem é estavel. A outra vítima não teve o quadro clínico divulgado.

Procurada, a Secretaria de Estado de Educação informou que já está com uma equipe no local para acompanhar o caso e apoiar a escola, famílias e vítimas. A pasta esclareceu, ainda, que o atirador teria pulado o muro do colégio para entrar no local.

Veja a íntegra da nota da Secretaria de Educação:

"A Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais (SEE/MG) informa que a equipe da Superintendência Regional de Ensino (SRE) de Teófilo Otoni está na Escola Estadual Orlando Tavares, localizada no distrito de Ponto do Marambaia, em Caraí, para apurar a situação ocorrida na escola na manhã desta quinta-feira (07/11) e dar todo o apoio e auxílio à direção da unidade escolar, à comunidade escolar e às famílias dos dois alunos feridos na ocorrência.

De acordo com a direção da unidade, os dois tiros foram disparados por um aluno da instituição que não estava presente hoje às aulas, pulou o muro da escola armado e efetuou os disparos. A direção da escola acionou a Polícia Militar imediatamente e os dois alunos feridos foram levados para o hospital. Representantes da SRE acompanham a situação dos alunos no hospital. A direção esclarece, ainda, que todas as informações necessárias estão sendo passadas para os órgãos competentes que farão a investigação e apuração do caso."


Clique na imagem e faça a sua inscrição!





Comentários

Não Perca Tempo! Venha para os Cursos 24 horas

Leia também...

Suspeito de Roubar Joalheria em Conchal é preso pela Policia Civil

Umaflex inaugura fábrica de espumas especiais em Conchal com capacidade de produção de 1500 toneladas mês

Corpo de mulher é encontrado fora da cova e seminu: “Apavorante”

Videos - Após chuvas em Conchal, infestação de pequenos sapos assusta moradores

Policia Militar prende dois por tráfico no Parque Industrial em Conchal

Adolescente de 12 anos é estuprada dentro de escola pública em SP

Mais um processo na conta do Presidente da Câmara conchalense - Ministério Público pede condenação do presidente da Câmara de Conchal (Robinho) por “gastos abusivos com combustível”

Corpo de menina torturada por pai tem 37 marcas de tiros de arma de pressão, diz Conselho Tutelar

Justiça determina bloqueio de 407 mil reais do Presidente da Câmara Municipal de Conchal Roberson Claudino Pedro (Robinho) e de Marcelo Aparecido Mandeli, ex-assessor do presidente

Todas as Publicações

Mostrar mais