Novidade!

ID estudantil: MEC lança aplicativo para carteira digital estudantil



Conteúdo: 'Uol'

O MEC lançou hoje o aplicativo ID Estudantil, que permitirá aos estudantes fazer a a carteira digital estudantil. Os estudantes que tiverem sido cadastrados pela sua instituição de ensino já podem acessar o aplicativo, disponível nas lojas Google Play e App Store. Segundo o MEC, 600 mil alunos já estão habilitados.

"Esperamos gerar um ganho para enorme para a sociedade. Se todos os estudantes do Brasil fizessem a carteirinha como é feita atualmente seria um valor bem superior a R$ 1 bilhão, podendo chegar a R$ 2 bilhões, e o custo que vai ser arcado pelo MEC cai para R$ 12 milhões se o mesmo contingente fizer. Isso é sair de R$ 35 o custo que o aluno tem que pagar para R$ 0,15", disse o ministro da Educação, Abraham Weintraub.

O ministro ressaltou que quem preferir manter o modelo atual da carteirinha poderá continuar emitindo o documento através das entidades estudantis como a UNE (União Nacional dos Estudantes), a Ubes (União Nacional dos Estudantes Secundaristas) e a ANPG (Associação Nacional de Pós-Graduandos), mas precisará ter um cadastro no SEB. O documento é a principal fonte de renda dessas organizações, que cobram cerca de R$ 35 por sua expedição. O modelo digital será gratuito.

"Acho que todos os estudantes vão aderir. Será uma forma de prever fraudes, que hoje a gente não tem controle. Eu acredito na racionalidade do ser humano, que ele vai preferir um negócio bom e mais barato", disse Weintraub na coletiva de imprensa.

O SEB (Sistema Educacional Brasileiro) é um sistema criado pelo governo que servirá como base de dados de informações relacionadas as instituições de ensino e seus estudantes. As informações geradas neste sistema servirão como base para que os alunos possam emitir a carteirinha digital.

Para se cadastrar, as instituições de ensino podem indicar um gestor para o SEB que deve ter vínculo com a escola para cadastrar as informações dos alunos. Após o cadastro feito pela instituição, a emissão do documento poderá ser feita pelo aluno por meio de aplicativo de celular.

Sobre a proteção de dados para alunos menores de idade, o MEC criou um sistema onde o aluno precisa da autorização de um responsável legal, que deverá instalar o aplicativo em seu celular e fazer um cadastro confirmando os dados do menor que serão enviados pelo SEB (Sistema de Educação Brasileiro).

O ID Estudantil prevê, ainda, a criação de um banco de dados nacional dos estudantes para subsidiar a formulação, a implementação, a execução, a avaliação e o monitoramento de políticas públicas na educação.

O MEC criou ainda um site com respostas e dicas para as principais dúvidas dos estudantes na hora de fazer a carteirinha: www.idestudantil.mec.gov.br



Imperdível

Publicidade

Não Perca Tempo! Venha para os Cursos 24 horas

Leia também...

Bandido armado assalta comércio no Jardim Santo Antônio em Conchal. O crime aconteceu nesta sexta-feira (18). Câmeras de segurança flagraram toda a ação do criminoso. Assista vídeo...

Indivíduo que traficava há 2 semanas é preso no Parque Industrial em Conchal

Idosa flagrada dirigindo cadeira de carrinho elétrico em rodovia só queria dar um abraço na filha em Limeira, SP

Polícia Civil captura menor de 14 anos por tráfico de drogas no Parque Industrial em Conchal

Prefeitura de Conchal faz aquisição histórica de tomógrafo – A cidade entra para lista dos pouquíssimos municípios do Estado de SP, com menos de 30 mil habitantes, a possuir o próprio equipamento na rede pública

Força Tática retira drogas de circulação com prisão de traficante denunciado pela população em Leme, SP

Auxílio de R$ 300: nem todos vão receber as quatro parcelas; entenda

Cerca de 15 carros aparecem em pedreira desativada após diminuição do nível de água

SP pode registrar ‘chuva preta’ com chegada de fumaça do Pantanal nesta semana

Detran.SP oferece documento de licenciamento do veículo 100% digital

Todas as Publicações

Mostrar mais