Postagens

Mostrando postagens de Maio 10, 2019

Gripe já matou 99 pessoas no Brasil; vacinação segue até 31 de maio

Imagem
Imagem: RODRIGO NUNES/MS
Até o final de abril, cerca de 535 pessoas foram hospitalizadas este ano no Brasil por síndrome respiratória aguda grave causada por influenza e 99 morreram por conta do quadro.
Segundo o Ministério da Saúde, do total de óbitos, 90% ocorreram em pessoas que já apresentavam fatores de risco para a gripe, como idosos, pacientes com doença crônica, crianças, gestantes, indígenas e puérperas.
O novo boletim epidemiológico revela que o vírus H1N1 é predominante no país, até o momento, e responsável pela maior parte das mortes por influenza - sozinho, ele responde por 254 casos e 89 óbitos. Foram identificados ainda 54 casos de influenza A (H3N2); 38 de influenza A não subtipado; e 62 casos de influenza B. Outros 127 casos, segundo a pasta, ainda não tiveram o subtipo identificado.
Ainda conforme o levantamento, nos primeiros meses de 2019, a circulação de vírus do tipo influenza se deu com maior intensidade e de forma localizada no Amazonas, onde registrou 139 casos …

Governo anuncia que vai rever normas de saúde e segurança do trabalho

Imagem
Foto: reprodução 
O secretário-especial de Trabalho e Previdência do Ministério da Economia, Rogério Marinho, afirmou na noite desta quinta-feira (9) no Rio de Janeiro que as chamadas normas regulamentadoras (NRs) de segurança e saúde no trabalho vão passar por um "amplo processo de modernização".

De acordo com ele, toda a normatização na área de saúde e segurança no trabalho está sendo revista, com foco na desregulamentação, na simplificação e na desburocratização. Ele avaliou que as regras atuais prejudicam a produtividade das empresas.
"Hoje, há custos absurdos em função de uma normatização absolutamente bizantina, anacrônica e hostil”, disse ele, na abertura da 31ª edição do Fórum Nacional do Instituto Nacional de Altos Estudos (Inae).

Marinho acrescentou que trazer investimentos para o Brasil requer um ambiente "propício, acolhedor e saudável para quem vai empreender".
O que será revisto
De acordo com o Ministério da Economia, a primeira norma a ser revista ser…

Papa exige ação mundial contra abusos

Imagem
Reprodução


Nesta quinta-feira (9), o papa Francisco anunciou normas mais rigorosas que criam serviços antiabuso em todas as dioceses do mundo e obrigam padres e religiosos a denunciar qualquer suspeita de assédio, assim como qualquer forma de acobertar vinda da hierarquia católica. Assim na pratica denunciantes poderão recorrer diretamente ao Vaticano.

Os bispos terão prazo de um ano para executar em suas dioceses um sistema acessível ao público para apresentar relatórios sobre as denúncias de abuso sexual.  O prazo para serem examinados serão de 90 dias.
As medidas constam de um motu proprio, ou seja, uma carta emitida diretamente pelo papa, que modifica a legislação interna da Igreja (o Direito Canônico). O pontífice destacou, no entanto, que o segredo da confissão "continua absoluto", o que exclui, portanto, uma denúncia de fatos reportados por um fiel no confessionário.
Na introdução de Vos estis lux mundi (Vós sois a luz do mundo), Francisco ressalta que os "crimes …

IPCA desacelera em abril, mas alta de 0,57% é a maior para o mês desde 2016

Imagem
Inflação acumulada em 12 meses chega a 4,94%, informou o IBGE nesta sexta-feira; preços da gasolina e dos remédios foram os que mais pesaram na composição do índice.


Foto: André Vieira/Bloomberg/


A inflação medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) fechou abril com alta de 0,57%, ante um avanço de 0,75% em março, informou nesta sexta-feira, 10, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).
O resultado ficou abaixo da mediana das estimativas do mercado financeiro, de 0,63%, e dentro do intervalo de 0,54% a 0,71% na pesquisa Projeções Broadcast.
Segundo o IBGE, foi a maior alta do IPCA para meses de abril desde 2016, quando a taxa ficou em 0,61%.
A taxa acumulada pela inflação no ano foi de 2,09%. Nessa base de comparação também foi a maior variação acumulada até abril desde 2016, quando o IPCA teve avanço de 3,25%.
O IPCA em 12 meses ficou em 4,94%, abaixo da mediana das previsões, de 5,00% (intervalo de 4,90% a 5,10%). Segundo o IBGE, é a maior variaçã…

Brasileiros vão gastar menos com presente de Dia das Mães este ano, diz FGV

Imagem
Valor médio dos presentes deve ficar em R$ 65. Itens mais presenteados subiram abaixo da inflação.

Foto: reprodução internet 
No próximo domingo (12) os brasileiros devem dar presentes mais baratos para as mães. De acordo com levantamento da fundação Getulio Vargas, a média dos valores gastos com presentes deve ficar em R$ 65 – valor abaixo dos R$ 67,10 do ano passado. As informações são do ‘’G1’’.


“O levantamento mostra que a recuperação tem sido lenta e que por isso os consumidores voltaram a manter uma postura mais cautelosa", diz em nota a coordenadora das Sondagens do FGV IBRE Viviane Seda Bittencourt. "Os resultados são considerados ainda baixos em termos históricos, principalmente com uma redução no valor médio gasto”.


A maioria das mães deve ganhar roupas de presente: 52,3% dos entrevistados disseram que vão optar por itens de vestuário. Em segundo vem perfumaria (10,5%), seguido por calçados (4,6%) e artigos para casa (4,6%).
Para quem vai presentear a boa notícia é que…

Não Perca Tempo! Venha para os Cursos 24 horas

Todas as Publicações

Mostrar mais