Novidade!

Assintomáticos transmitem o novo coronavírus, afirma OMS, após líder do programa de emergências da entidade dizer que a transmissão nesses casos parece ser "rara"



A OMS (Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou nesta terça-feira (9) que a transmissão do novo coronavírus por pessoas assintomáticas acontece, mas ainda não se sabe a dimensão desses casos.

O esclarecimento veio depois que a líder do programa de emergências da entidade, Maria van Kerkhove disse que a transmissão por pacientes sem sintomas da doença parece ser "rara".



"Estamos absolutamente convencidos de que a transmissão por casos assintomáticos está ocorrendo, a questão é saber quanto", afirmou o diretor de emergências da OMS, Michael Ryan.


Após críticas à sua declaração, Maria fez esclarecimentos em rede social na noite de ontem. Ela postou um guia da OMS com recomendações sobre o uso de máscara, que reúne informações sobre a transmissão da covid-19 com base nos estudos já feitos sobre o tema.



"Estudos abrangentes sobre a transmissão de indivíduos assintomáticos são difíceis de conduzir, mas as evidências disponíveis do rastreamento de contatos relatadas pelos Estados-Membros sugerem que indivíduos infectados assintomáticos têm muito menos probabilidade de transmitir o vírus do que aqueles que desenvolvem sintomas", afirma a instituição no documento.

Identificação de assintomáticos

Nesta terça, a chefe do programa de emergências ainda explicou que a identificação de casos assintomáticos está sendo feita por rastreamento de contato.

"Muitos tiveram sintomas leves e não desenvolveram febre, falta de ar. Nós sabemos que existem pessoas que podem ser verdadeiramente assinomáticas e PCR positivas [infectadas pelo vírus]", disse.



De acordo com ela, esses casos devem ser monitorados cuidadosamente. "Nós temos relatórios de países que estão fazendo rastreio de contato muito detalhado. Eles estão achando casos assintomáticos e não estão achando transmissão secundária. Isso é raro", completou.

Além disso, Maria enfatiza a necessidade de focar nos pacientes sintomáticos, pois assim será possível reduzir "drasticamente" a transmissão do coronavírus.

'Brasil precisa de dados consistentes'

Michael Ryan ainda destacou que o Brasil precisa continuar fornecendo dados detalhados sobre a situação da pandemia de covid-19 em território nacional, dada a dimensão da população, que é diversa e inclui grupos especialmente vulneráveis, como os indígenas.

"Os cidadãos precisam entender o que está acontecendo e onde o vírus está, como gerenciar os riscos. Esperamos que qualquer confusão que exista no momento seja resolvida e que governo do Brasil continue se comunicando de forma consistente e transparente para trazer essa epidemia para o fim”, declarou.







Imperdível

Publicidade

Não Perca Tempo! Venha para os Cursos 24 horas

Leia também...

Bandido armado assalta comércio no Jardim Santo Antônio em Conchal. O crime aconteceu nesta sexta-feira (18). Câmeras de segurança flagraram toda a ação do criminoso. Assista vídeo...

Prefeitura de Conchal faz aquisição histórica de tomógrafo – A cidade entra para lista dos pouquíssimos municípios do Estado de SP, com menos de 30 mil habitantes, a possuir o próprio equipamento na rede pública

Indivíduo que traficava há 2 semanas é preso no Parque Industrial em Conchal

Partidários escolhem Eliane Moretti para vice do pré-candidato a prefeito Capitão Pedro Maiochi (Podemos)

Idosa flagrada dirigindo cadeira de carrinho elétrico em rodovia só queria dar um abraço na filha em Limeira, SP

Força Tática retira drogas de circulação com prisão de traficante denunciado pela população em Leme, SP

Auxílio de R$ 300: nem todos vão receber as quatro parcelas; entenda

SP pode registrar ‘chuva preta’ com chegada de fumaça do Pantanal nesta semana

Cerca de 15 carros aparecem em pedreira desativada após diminuição do nível de água

Detran.SP oferece documento de licenciamento do veículo 100% digital

Todas as Publicações

Mostrar mais