Novidade!

Asteroide “potencialmente perigoso” passa próximo à Terra nessa terça, 22




A NASA emitiu um alerta sobre a passagem de um asteroide “potencialmente perigoso” nessa terça-feira, 22, próximo à Terra. Os cientistas acreditam que o objeto espacial, que recebeu o nome de 2020 RD5, outros três corpos rochosos passarão próximos ao nosso planeta na terça-feira, de acordo com o “Center for Near-Earth Object Studies (CNEOS)”. São eles os asteroides 2020 SM2, 2020 RB6 e 2020 RU7. 

Apesar da chance de um asteroide colidir com a Terra ser baixa, em torno de 0,41%, no ano de 2019 houve um recorde de registros de objetos detectados próximos ao planeta.  Pensando em proteger nossa casa de um possível colisão com algum asteroide que signifique um perigo, a NASA e a Agência Espacial Europeia (ESA) criaram a missão Hera, que tem como objetivo investigar maneiras de evitar que asteroides colidam com o planeta. A parceria entre as agências espaciais teve um custo de € 129 milhões!



Antes da Hera começar, as agências pretendem executar a Dart, sigla em inglês para “Double Asteroid Redirection Test”, ou “Redirecionamento de Asteroide Duplo”, que deve ser lançada em 2021 e atingir o alvo em setembro de 2022. Essa missão consiste em enviar a espaçonave Dart, a partir de um foguete da SpaceX, empresa de Elon Musk, para encontrar o Didymos, um asteroide composto por sistema binário, com um corpo rochoso de 800 m de diâmetro e um satélite de de 150 m. 

A intenção da missão é “alterar a velocidade do objeto em talvez um centímetro por segundo”, explica Andy Rivkin, astrônomo que trabalha no projeto, no site oficial da missão.  A NASA afirmou que a tarefa espacial pode mostrar que o método é “o mais simples e tecnologicamente maduro” de defender o planeta. 



Após a missão Dart, que deve abrir uma cratera de 20 m de diâmetro no corpo rochoso menor de Didymos, será a vez da missão Hera acontecer. Uma nave espacial deve ser lançada em outubro de 2024, e chegará ao sistema de asteroides em 2026. A nave Hera deve investigar qual foi o impacto que o Dart conseguiu fazer e coletar mais dados que ajudem a entender qual como melhorar as missões – e evitar os asteroides – no futuro. 

*Com informações de Capricho.








Imperdível

Publicidade

Não Perca Tempo! Venha para os Cursos 24 horas

Leia também...

Policia Civil prende um dos suspeitos de ter cometido diversos assaltos na região do Santo Antônio em Conchal

Polícia Civil prende dois indivíduos após furto a academia em Conchal

Entregador morre após bater em carro e ser lançado para cima de outro veículo em Franca; vídeo

Polícia Militar recupera bateria de ônibus furtada em oficina mecânica em Conchal

Mulher baleada em tentativa de latrocínio é socorrida pela PM em Araras, SP

Polícia apreende mula após denúncia de que animal era usado para transportar material de construção

Ônibus Circular em Conchal recebe novos horários

Agora sou gospel: Whindersson Nunes, Luciano Camargo e outros investem em louvores

Decreto libera estudos sobre a privatização de unidades básicas de saúde

Todas as Publicações

Mostrar mais