Novidade!

Sonda chinesa retorna à Terra com amostras da superfície da Lua



A sonda chinesa Chang’e 5 retornou à Terra nesta quinta-feira, 17, com dois quilos de solo e rochas da superfície lunar. A aeronave, que partiu em 24 de novembro impulsionada por um foguete, foi a maior já enviada pela China. Antes, apenas os Estados Unidos e a União Soviética tinham coletado amostras lunares nas décadas de 1960 e 1970, de forma que a China se tornou a terceira nação do mundo a realizar esse feito. A cápsula aterrissou com sucesso no norte do país, próximo à fronteira com a Mongólia, com os primeiros materiais trazidos da Lua nos últimos 40 anos. A missão durou pouco menos de um mês, sendo que a Chang’e 5 pousou na Lua no dia 1 de dezembro.  A coleta de amostras foi realizada com a ajuda de um equipamento perfurador e um braço robótico. A operação também marcou a primeira acoplagem automatizada em órbita lunar da história. As informações foram divulgadas pela Agência Espacial Chinesa em comunicado.

*Com informações de Jovem Pan.









Imperdível

Publicidade

Não Perca Tempo! Venha para os Cursos 24 horas

Leia também...

Conchal iniciou nesta quinta-feira (21) a vacinação contra a Covid-19

Vagabundo rouba cadeirante e acaba preso em flagrante pela PM em Conchal, SP

Prefeitura de Conchal se prepara para vacinação contra Covid-19 – O F5 entrevistou o diretor do departamento de saúde do município. Wagner Lozano deu mais detalhes sobre esse e outros assuntos relacionados ao setor

Professor pede ajuda após cadelinha ser jurada de morte

Quem são as pessoas que não podem tomar vacina contra covid

Criança de 10 anos engravida de gêmeos após ser estuprada pelo padrasto, diz polícia

Força Tática captura procurado por tráfico de drogas e realiza flagrante de porte Ilegal de arma de fogo durante patrulhamento em Araras, SP

Restaurante Santo Forte faz homenagem à lanchonetes que fizeram parte da história de Conchal

Governo de SP endurece quarentena, adia volta às aulas e fecha bares, restaurantes e comércio aos finais de semana

Reino Unido diz que variante do coronavírus pode ser mais letal

Todas as Publicações

Mostrar mais