Pular para o conteúdo principal

Golpe da maquininha quebrada cresce 160% na pandemia



Durante a pandemia de Covid-19, aumentou muito o número de brasileiros que usam aplicativos de entrega para pedir comida. Imagina você fazer um pedido, achar que está pagando uma taxa de entrega de menos de R$ 4 e depois descobrir que mais de R$ 2,5 mil foram debitados da sua conta?

Tatiana foi vítima do golpe da maquininha quebrada. Ela fez um pedido por um aplicativo de entregas. Não muito tempo depois, recebeu uma mensagem do entregador no próprio aplicativo. Ele dizia que tinha sofrido um acidente, voltado ao restaurante e que estavam pedindo o telefone dela para resolver o problema com a entrega. Uma tentativa de comunicação fora do aplicativo? Nesse momento talvez já fosse o caso de se perguntar: é golpe? A Tatiana desconfiou, mas, na pressa, acabou passando o número do celular.

Segundo Tatiana, uma moça ligou para ela dizendo que era gerente da loja e que o entregador iria até a casa dela entregar a sobremesa e cobrar uma taxa de R$ 3,90. E realmente apareceu um entregador.

“Chegou, me entregou o pedido, era exatamente o pedido que eu fiz. Me entregou o pedido e pediu para eu passar os R$ 3,90 na maquininha. Era aquela maquininha que passa junto com o celular. O visor da maquininha estava branco, e um valor de R$ 3,90 no celular. Passei, digitei a minha senha, passou, normal. Vida normal, peguei, subi, só que nesse momento chegou no meu celular um aviso de que tinha entrado no cheque especial”, conta Tatiana.

“Geralmente esses golpes são aplicados por uma pessoa que se diz entregador. Mas ela não é um entregador. O entregador está preocupado em gerar renda para a sua família, principalmente num período de pandemia”, diz Victor Magnani, presidente da Associação Brasileira de Online to Offline.

Ficar atento a alguns sinais de alerta já diminui — e muito — a chance de acabar no prejuízo. O primeiro indício de golpe é o entregador mandar mensagem dizendo que teve um contratempo (em geral, um acidente) e que o restaurante vai precisar do número de telefone do cliente para resolver a questão da entrega.

“Toda a comunicação deve se concentrar nos canais existentes dentro da plataforma para a gente conseguir de fato rastrear todo o ambiente de contato. Se alguém entrar em contato contigo falando que é um entregador, um restaurante, e pedir as suas informações pessoais, não as entregue”, explica Victor Magnani.

O segundo sinal de alerta é a cobrança de uma taxa extra: “Toda vez que há uma comunicação sobre um valor extra que não está identificado dentro da plataforma, com certeza você está diante de um golpe”, afirma Magnani.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Horários (ponto a ponto) do ônibus circular e telefones úteis Conchal

Os horários apresentados nesta tabela representam horários aproximados do tempo de percurso de um ponto ao outro; Pode ocorrer variação de até 5 minutos para mais ou para menos. Solicitamos aos leitores F5 que utilizam o transporte público em Conchal, para que nos comunique através do número de WhatsApp (19) 99153 0445, se forem encontradas divergências nos horários publicados abaixo, para que possamos editar. Os horários apresentados nesta tabela representam horários aproximados do tempo de percurso de um ponto ao outro; Pode ocorrer variação de até 5 minutos para mais ou para menos.   Os horários apresentados nesta tabela representam horários aproximados do tempo de percurso de um ponto ao outro; Pode ocorrer variação de até 5 minutos para mais ou para menos.   Os horários apresentados nesta tabela representam horários aproximados do tempo de percurso de um ponto ao outro; Pode ocorrer variação de até 5 minutos para mais ou para menos.   Os hor

Tragédia no Trânsito de Conchal Deixa Mulher Morta e Família Clama por Justiça – Outros Quatro Acidentes Aconteceram no Final de Semana no Município

Um trágico acidente ocorrido na noite deste domingo (03) abalou a cidade de Conchal, deixando uma mulher de 56 anos morta. Neide Benedita de Campos foi atropelada enquanto atravessava a pé a avenida João Paulo II. O veículo envolvido, uma BMW branca, deixou o local do acidente. Segundo relatos de familiares ao F5, Neide estava a caminho da igreja quando foi atingida pelo veículo. Apesar dos esforços do SAMU, que a socorreu e a levou ao Pronto Socorro do hospital Madre Vannini, ela não resistiu aos ferimentos e veio a óbito pouco tempo após dar entrada. O motorista da BMW fugiu do local, mas populares anotaram a placa do veículo. A polícia já identificou o proprietário, que teria emprestado o carro a um amigo no momento do acidente. O condutor, conforme apurado pelo F5 nesta manhã de segunda-feira (04), deve se apresentar à polícia. A família da vítima clama por justiça, expressando preocupação de que a conexão do veículo com uma pessoa conhecida na cidade possa influenc

Acidente envolvendo dois veículos causa a morte de duas vítimas na Rod. Prof. Zeferino Vaz em Tujuguaba (Conchal)

  Duas pessoas perderam a vida e outras duas ficaram feridas na tarde desta quinta-feira (12), em um acidente envolvendo dois veículos na Rodovia Professor Zeferino Vaz, próximo ao distrito de Tujuguaba. O acidente aconteceu por volta das 17h30min, no   Km 174+900 da rodovia, no sentido Sul, em direção a Engenheiro Coelho. Os veículos, uma Amarok e uma Saveiro, seguiam no mesmo sentido quando a colisão ocorreu. No veículo Amarok, estavam um homem e uma mulher, que, apesar de sofrerem ferimentos leves, foram socorridos pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e encaminhados ao Hospital Madre Vannini, em Conchal. Suas identidades não foram divulgadas, porém, são moradores de Conchal. Infelizmente, a tragédia se abateu sobre os ocupantes da Saveiro, onde estavam dois homens que não resistiram aos ferimentos e entraram em óbito ainda no local do acidente. Os nomes das vítimas fatais e informações sobre suas origens ainda estão sob investigação, e seus corpos for