Saque do FGTS terá limite de R$ 500 por conta e vai começar em agosto, diz Onyx


O ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni — Foto: Marcos Corrêa/Presidência da República




O ministro da casa Civil, Onyx Lorenzoni, disse na manhã desta quarta-feira (24) que o presidente Jair Bolsonaro assinará nesta tarde uma Medida Provisória que irá permitir saques de contas ativas e inativas do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) e do PIS-Pasep, começará a partir de agosto deste ano e vai até março de 2020. Lorenzoni disse que o limite máximo de saques será de R$ 500,00 por conta.

A medida será anunciada em cerimônia no Palácio do Planalto, terá a presença do presidente Jair Bolsonaro e do ministro da Economia, Paulo Guedes.

O ministro disse, ainda, que a medida vai injetar RS 30 bilhões na economia neste ano e R$ 10 bilhões no próximo ano.

"É muito importante esse momento que vamos viver hoje à tarde, porque ele vai permitir uma injeção na economia, neste ano, de mais de R$ 30 bilhões, que vai se complementar o ano que vem com mais R$ 10 bilhões", afirmou o ministro.

Segundo o ministro, todos os trabalhadores poderão retirar recursos a partir de agosto.

"Todos [trabalhadores], sem exceção. E será uma coisa opcional. O trabalhador tem toda a liberdade de usar esse recurso ou não", disse.

O FGTS foi criado com o objetivo de proteger o trabalhador demitido sem justa causa, mediante a abertura de uma conta vinculada ao contrato de trabalho. Assim, o trabalhador pode ter mais de uma conta de FGTS, incluindo a do emprego atual e dos anteriores. Com informações do ‘G1’.







Comentários

Não Perca Tempo! Venha para os Cursos 24 horas

Leia também...

Suspeito de Roubar Joalheria em Conchal é preso pela Policia Civil

Umaflex inaugura fábrica de espumas especiais em Conchal com capacidade de produção de 1500 toneladas mês

Corpo de mulher é encontrado fora da cova e seminu: “Apavorante”

Videos - Após chuvas em Conchal, infestação de pequenos sapos assusta moradores

Policia Militar prende dois por tráfico no Parque Industrial em Conchal

Adolescente de 12 anos é estuprada dentro de escola pública em SP

Mais um processo na conta do Presidente da Câmara conchalense - Ministério Público pede condenação do presidente da Câmara de Conchal (Robinho) por “gastos abusivos com combustível”

Corpo de menina torturada por pai tem 37 marcas de tiros de arma de pressão, diz Conselho Tutelar

Justiça determina bloqueio de 407 mil reais do Presidente da Câmara Municipal de Conchal Roberson Claudino Pedro (Robinho) e de Marcelo Aparecido Mandeli, ex-assessor do presidente

Todas as Publicações

Mostrar mais