Novidade!

Reclamações contra planos de saúde aumentaram mais de 10.000% em um ano, diz Procon-SP



As reclamações de consumidores contra planos de saúde aumentaram mais de 10.000% no período de um ano, passando de nove reclamações em janeiro de 2020 para 962 em janeiro deste ano, de acordo com o Procon-SP.

Segundo a entidade, as reclamações dizem respeito aos reajustes praticados pelas operadoras de saúde. Há casos reportados de reajustes de 91%, 104% e até 113%.



O Procon informou que enviou petição à ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar) manifestando sua preocupação com os reajustes praticados pelas operadoras de saúde e pedindo que o órgão regulador determine a imediata redução dos reajustes anuais aplicados a partir de janeiro aos planos coletivos para 8,14% (índice dos planos individuais).

Apesar de notificadas, o Procon comunicou que as operadoras não apresentaram justificativa do aumento das despesas médico-hospitalares, não informaram o índice de sinistralidade e nem comprovaram ter havido negociação bilateral.



Os consumidores podem realizar reclamações no site do Procon-SP.

*Com informações de Space Money.









Imperdível

Publicidade

Não Perca Tempo! Venha para os Cursos 24 horas

Leia também...

Policia Militar e fiscais da prefeitura de Conchal fecham 4 estabelecimentos por não respeitar medidas de combate ao Covid-19

Jovem tenta se desfazer de drogas e é presa pela Policia Militar em Conchal

Menor e drogas são apreendidos pela Polícia Civil no Sol Nascente em Conchal

“As pessoas precisam entender que o momento é crítico”, diz Dr. Agnaldo Piscopo sobre atual situação da pandemia em Araras, SP

Pai e filho saem para trabalhar e são baleados na zona oeste de SP

Bombeiros buscam bebê que teria sido jogado pelo pai em rio de MG

Câmara dos Deputados pede ao STF prisão do comediante Danilo Gentili

Avião com doses da vacina da Covid-19 bate em jumento que estava em pista de aeródromo da Bahia

Doria anuncia mais restrições para São Paulo nesta quarta, mas deve manter escolas abertas

Assédio moral no trabalho, o que fazer nestas situações?

Todas as Publicações

Mostrar mais