Após ser empurrado de altar, Padre Marcelo Rossi diz que registrou ‘BO’: ‘Bíblia e oração’

Religioso foi empurrado de altar por mulher durante missa em Cachoeira Paulista (SP). Padre não quis prestar queixa contra a agressora na Polícia Civil, mas caso foi registrado pela Canção Nova, que organizava o evento.



Um dia após ser jogado do altar por uma mulher, o padre Marcelo Rossi disse que Bíblia e oração são "o melhor boletim de ocorrência" para quem for alvo de calúnia, e que a queixa deve ser feita em uma "capela".

O religioso disse que não apresentaria queixa contra a mulher. Mas o caso está sendo investigado pela Polícia Civil, como lesão corporal, a partir de uma representação da Canção Nova, organizadora do evento em que o ataque ocorreu, na tarde de domingo (14).

Hoje eu fiz um BO. Padre, que BO? Bíblia e oração. Se alguém fizer calúnia contra você, faça o maior BO: Bíblia e oração. Esse é o melhor boletim de ocorrência. E onde é a delegacia? A capela”.
 
O vídeo foi postado no Youtube na manhã desta segunda e tem mais de 35 mil visualizações. Na postagem, o religioso ainda afirma que foi um "milagre" não ter se ferido na queda. Ele foi empurrado de uma altura de 1,80 metro e teve apenas escoriações.

A declaração foi depois que o religioso foi empurrado por uma mulher do altar durante uma celebração na Canção Nova, neste domingo (14). A mulher que assistia à missa furou a segurança, invadiu o altar e empurrou o padre.



Após a agressão, ele foi socorrido pela equipe médica do local e voltou a celebrar a missa. Após a celebração, ele disse que não registraria o caso contra a mulher. Apesar disso, ela foi contida pela Polícia Militar e encaminhada à Polícia Civil. O caso foi registrado como lesão corporal, mas representado pela Canção Nova.

De acordo com o boletim de ocorrência, o padre alegou que “não deseja tomar nenhuma medida legal/criminal em face da autora e que não deseja processá-la criminalmente pelas lesões sofridas”.

Conteúdo: G1


Comentários

Não Perca Tempo! Venha para os Cursos 24 horas

Leia também...

Suspeito de Roubar Joalheria em Conchal é preso pela Policia Civil

Umaflex inaugura fábrica de espumas especiais em Conchal com capacidade de produção de 1500 toneladas mês

Corpo de mulher é encontrado fora da cova e seminu: “Apavorante”

Videos - Após chuvas em Conchal, infestação de pequenos sapos assusta moradores

Policia Militar prende dois por tráfico no Parque Industrial em Conchal

Adolescente de 12 anos é estuprada dentro de escola pública em SP

Mais um processo na conta do Presidente da Câmara conchalense - Ministério Público pede condenação do presidente da Câmara de Conchal (Robinho) por “gastos abusivos com combustível”

Corpo de menina torturada por pai tem 37 marcas de tiros de arma de pressão, diz Conselho Tutelar

Justiça determina bloqueio de 407 mil reais do Presidente da Câmara Municipal de Conchal Roberson Claudino Pedro (Robinho) e de Marcelo Aparecido Mandeli, ex-assessor do presidente

Todas as Publicações

Mostrar mais