Novidade!

Após Sindicância Interna ex- diretora de educação de Conchal Mariana Mani Moura foi exonerada do quadro de servidores do município


Mariana Mani Moura - Imagem Tribuna do Povo (Araras)


Mariana Mani Moura concursada como professora de educação básica II atuou como diretora de educação em Conchal durante a gestão do ex-prefeito Valdeci Aparecido Lourenço.  Recentemente Mariana estava lotada na prefeitura de Araras como secretária de educação.

A ação do poder público municipal faz parte da auditoria que investiga possíveis irregularidades cometidas durante a gestão do ex-prefeito Valdeci.

Os motivos da exoneração não foram revelados pela prefeitura, por se tratar de seguimentos internos. No entanto, conseguimos apurar que durante a gestão de Mariana como diretora de educação em Conchal, a mesma teria cometido abusos com gastos de viagens.

Duas portarias foram publicadas no quadro da prefeitura (Mural Público). O primeiro documento trata-se da revogação da portaria 24.811 de 01/02/2017  e 25.959 de 19/12/2017 que cedeu Mariana  para prefeitura de Araras. Em suma, a mesma teve que retornar para Conchal, para só depois ser exonerada do quadro de servidores. O segundo documento publicado foi o de exoneração da servidora.. 

Seguem imagens das portarias publicadas em 20/09/2018:






Leia também: O que fez para Conchal, o deputado que você votouna eleição passada (2014)?

Imperdível

Publicidade

Não Perca Tempo! Venha para os Cursos 24 horas

Leia também...

Lago/Jd das Palmeiras - Após perseguição Polícia Militar prende criminoso e recupera veículo roubado durante patrulhamento em Conchal

Polícia Militar é acionada para conter discussão em um bar de Conchal - Homem carregava duas armas de fogo

Polícia Militar estoura ponto de preparo e distribuição de drogas em Conchal

Conchal Eleições 2020 no F5 – Veja a lista de candidatos a vereador(a) que se inscreveram para participar das entrevistas

Homem procurado da Justiça por estupro é preso em Martinho Prado

Conchal - Ministério Público emite comunicado para que candidatos cumpram as leis de prevenção à disseminação do coronavirus - O Ministério Público Eleitoral alertou que o descumprimento às orientações pode configurar a prática do delito previsto no art.268 do Código Penal

Criança de 3 anos vai parar na UTI após levar picada de escorpião no Jardim São Paulo em Conchal

Policial militar é acionado em acidente com moto e descobre morte de irmão: 'Desespero total'

Adolescente convida grupo de sem-teto para sua festa de 15 anos. Eles comeram, dançaram e se divertiram juntos

Todas as Publicações

Mostrar mais