Juntos com o prefeito de Conchal Vando Magnusson, Vice-prefeita Angela Caleffi e ex-prefeito Júnior Caleffi apoiam os candidatos a deputado federal Vanderlei Macris e o candidato a deputado estadual Cauê Macris -


Você está contente com a forma que o seu vereador está trabalhando? Você está feliz com a forma que o prefeito e vice estão administrando o município? Você gostou da administração dos ex-prefeitos ou ex-vereadores? Independente da sua resposta saiba que serão essas as pessoas que você deverá recorrer acaso queira cobrar ações do deputado que você votou.

Normalmente os candidatos a deputados possuem contatos com vereadores, ex-vereadores, prefeitos, ex-prefeitos, lideres de bairros ou formadores de opinião dentro de cada município. São esses que por serem conhecidos em sua cidade, é que vão buscar o seu voto em nome do candidato que eles desejam que sejam eleitos. A imagem do representante de cada um deles, é o reflexo daquilo que receberemos nos quatro anos subsequentes a eleição.



Juntos com o prefeito de Conchal Vando Magnusson, Vice-prefeita Angela Caleffi e ex-prefeito Júnior Caleffi apoiam os candidatos a deputado federal Vanderlei Macris e o candidato a deputado estadual Cauê Macris -



Em Conchal, tanto o deputado federal e candidato a reeleição, Vanderlei Macris (PSDB), quanto o seu filho Cauê Macris, que é candidato à reeleição para deputado estadual, sempre foram representados pelo casal.  Angela, além de ser a atual vice-prefeita, é também, a presidente do diretório municipal do Partido Social Democrático Brasileiro (PSDB). Junior foi prefeito do município entre 2009 à 2012 e já ocupou a mesma cadeira de presidente do diretório municipal. Os candidatos também recebem o apoio do atual prefeito de Conchal, Vando Magnusson,  que além de fazer parte do mesmo partido que os candidatos (PSDB), na condição de prefeito, Vando precisa amparar todos os deputados que contribuíram enviando recursos  para reconstrução de Conchal que foi assumida em 2017 completamente destruída, por conta da má administração do ex-prefeito Valdeci. 



Os deputados Vanderlei Macris e Cauê Macris, juntos, enviaram mais de 2 milhões de reais em recursosfinanceiros para Conchal entre os anos de 2015 à 2018.  Ambos os candidatos participaram da bateria de entrevistas com os políticos que buscam por votos dentro do nosso município, realizadas pelo F5 Conchal.

Todas as entrevistas, com diversos candidatos, de diversos partidos, podem ser assistidas na fanpage doF5 Conchal. Basta acessar a nossa pagina, clicar em "vídeos" e, no dispositivo de pesquisas, escrever; 
 "ELEIÇÕES".  Confira alguns trechos da entrevista com o candidato a deputado federal Vanderlei Macris.

F5 - A oposição ao seu partido costuma dizer que o senhor enquanto deputado (2015-2016), quando era outra gestão de prefeito aqui em Conchal, o senhor não fez nada para o município, por questões políticas, (abandonou o município), isso é verdade?

Vanderlei Macris - "Não é verdade, eu tenho para Conchal a mesma relação que eu tenho para com minha cidade de Americana, é ajudar! Porque eu tenho votos aqui, tenho responsabilidades com a cidade, fiz isso durante todo o tempo. Nesse período que você se refere, eu ajudei muito a Santa Casa, é muito simples você confirmar com o pessoal do Hospital e Maternidade.  Meu compromisso é com Conchal, tanto o meu, como do Cauê Macris que é meu filho. Eu já estou com vários mandatos e,muitos deles com o apoio da cidade de Conchal, então a cidade de Conchal já faz parte da minha vida política a muitos anos. Não deixo de fazer independentemente de quem está na prefeitura, porque meu compromisso é com o povo, não é  com quem está na prefeitura eventualmente, então não é verdade isso."



A equipe do F5 Conchal entrou em contato com Hospital Madre Vaninni . Conversamos com a diretora da entidade, Irmã Sueleni.  A mesma confirmou a nossa equipe, que os deputados Vanderlei Macris e Cauê Macris, enviaram recursos para aquisições de compras de equipamentos no período de 2015 e 2016. Suelleni fez questão de resaltar que somente 3 deputados contribuíram com o hospital naqueles anos, são eles Vanderlei Macris (federal),  Cauê Macris (estadual) e o Major Olímpio, que atualmente é candidato a Senador pelo Estado de São Paulo. Seguimos com a entrevista..
.
 F5 -  Uma reclamação grande aqui na nossa região é a questão do aumento dos pedágios, sabemos que o problema é dentro do estado inteiro, mas aqui as pessoas realmente criticam muito isso, o que fazer para segurar esses aumentos?



Vanderlei Macris  -  O pedágio é uma coisa que é difícil a gente encaminhar, mas se não fizer os pedágios não temos boas estradas no país, em São Paulo é o lugar que mais temos estradas de boa qualidade, talvez devemos pensar nos primeiros contratos, quando o pedágio era muito alto, aqueles do sistema Anhanguera- Bandeirantes por exemplo, que já estava vencendo o contrato, é possível que o governo refaça as contas e diminua o valor dos pedágios, isso tudo é possível ser feito, mas deixar de ter pedágios nós não vamos não, já vou dizer a verdade, não vou enganar a população, o problema é o preço, paga quem usa a estrada, não adianta você tirar dinheiro do orçamento  do estado, da educação, da saúde e da segurança pra fazer estrada, ou pra colocar  na recuperação da estrada, paga quem usa.  O sujeito que compra arroz e feijão e não tem carro, vai pagar a mesma coisa se você tiver que pega dinheiro do orçamento pra fazer obra nas estradas, então o sistema mais justo é o sistema pedagiário, agora a questão do valor tem que ser discutido, eu acho que isso merece um debate mais aprofundado...

Considerações finais

Vanderlei Macris - Neste momento aparecem muitos aventureiros na cidade, temos uma infinidade de candidatos que aparecem aqui, pagam uma churrascada para um boteco {ou} para o outro, leva os votos, {tipo} comprei paguei e não aparece mais, diferente do trabalho que nós fazemos, juntamente com o Cauê, compromissos com a cidade.  Serão 4 anos de trabalho. Por isso peço o seu voto {eleitor}, seu apoio para minha candidatura.

Sobre o candidato a deputado estadual Cauê Macris



Iniciou carreira política aos 21 anos como o 8º vereador mais votado em sua cidade natal (Americana). Reeleito para um segundo mandato, foi alçado à presidência da Câmara do município para o biênio 2010/2011. Como vereador, foi de sua autoria a primeira lei no Brasil a proibir uso de tabaco em locais de uso coletivo.

Em 2010, foi eleito deputado estadual com mais de 66 mil votos e apresentou o projeto de lei, aperfeiçoado pelo governador Geraldo Alckmin, que pune com multa e até fechamento os estabelecimentos que comercializarem bebidas alcoólicas para crianças e adolescentes. Pioneira no país, a lei é válida em todo estado de São Paulo.
Ainda em 2014, foi o mais jovem líder do PSDB no parlamento. No ano seguinte, após reeleição ao legislativo com mais de 120 mil votos, foi convidado para ser líder do governo na Assembleia Legislativa pelo governador Geraldo Alckmin.

Aos 33 anos chegou ao posto de presidente da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, eleito para o biênio 2017/2019 com 88 dos 94 votos da casa.
Em artigo publicado na Folha de São Paulo, em 6 de junho de 2017, defendeu a saída do PSDB do governo Michel Temer.





Comentários

Leia também...

Policia Civil prende seis indivíduos suspeitos de serem os responsáveis pela onda de crimes acontecidos em Conchal nos últimos meses

Policia Militar e GCM de Conchal apertam o cerco contra o crime e realizam operações em Conchal

Menina de 11 anos é estuprada por detento ao visitar pai dentro de presídio no Ceará

Relógios se alteraram automaticamente durante a madrugada e confundiram os usuários na manhã deste domingo (21)

"Censura" - PSOL partido aliado do PT pede para TSE suspender funcionamento do WhatsApp em todo país

Sancionada lei que dispensa reconhecimento de firma e autenticação de documento em órgãos públicos

Prefeitura de Conchal segue com recapeamento na Avenida João Paulo II

“Quem tem o apoio de milhões de brasileiros não precisa pagar”, disse estrategista digital de Bolsonaro

Jovens conchalenses recebem certificados de conclusão do curso da Oficina do Jornalismo F5 (2018)

ETEC abre inscrições para Vagas Remanescentes do 2º Módulo dos cursos técnicos de Administração e Recursos Humanos em Conchal

Todas as Publicações

Mostrar mais